Você é o Repórter

Matéria sobre crescimento de rodeios no RS causa indignação

Eduardo Cotliarenco

cotliar@gmail.com

(para Juliana Bublitz –  juliana.bublitz@zerohora.com.br)

Senhora Juliana, 

Foi com pesar que li sua matéria no site ZH sobre a vinda de mais rodeios ao estado, agora em estilo country. Lamentável que sua reportagem trate a questão de forma bastante banal ao mencionar a polêmica de disputa de beleza entre tradicionalistas e moderninhos desta prática. 

Em nenhum instante a reportagem aborda o que está por trás deste circo de gente ignorante que acredita tratar-se de um esporte ou um show de habilidades humanas: a tortura dos animais utilizados de forma vil e egoísta para a diversão das mentes inconscientes. 

Apenas para exemplificar, tod@s sabem que os touros e cavalos usados nesta prática cruel têm seus escrotos apertados violentamente, para que fiquem fora de controle e aparentem agressividade. 

Práticas como esta só demonstram que ainda vivemos em um total atraso em relação aos direitos dos animais (eles existem, sim) e na compreensão de que são senscientes (sentem dor e medo, amor e alegria) porque possuem sentimentos iguais aos dos seres humanos. 

Portanto venho repudiar o tom de sua notícia, pois omite a crueldade que envolve o rodeio.  É repulsivo também que o grupo RBS ainda nade no atraso ao raramente abordar o tema com a seriedade merecida. 

Curiosamente, nesta matéria não foi aberto espaço para comentários, pois, certamente, receberiam o repúdio de milhares de pessoas preocupadas com a causa animal no estado. Absurdo que a humanidade mantenha como diversão a dor e a morte de animais indefesos. É uma cegueira que acomete a maioria das pessoas e matérias como a sua servem para manter a população na ignorância, pois este é o tempero vendido por uma empresa de comunicação quase monopolista no estado do RS. 

Estou enviando esta manifestação para vári@s amig@s, vereadores e jornalistas séri@s, de quem espero, diferentemente da senhora, exponham esta celeuma de forma exemplar. 

P.S.: Amig@s, por favor, acessem o link com o teor da matéria citada:

http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Geral&newsID=a2837500.xml

​Read More