Notícias

Cães explorados para venda são resgatados após maus-tratos em Pinhais (PR)

A Polícia Civil resgatou 18 cachorros das raças yorkshire e shih-tzu que eram explorados para reprodução e venda em Pinhais, no Paraná. Os cães, que viviam em condições deploráveis, foram salvos na quinta-feira (31).

Foto: Divulgação

O delegado responsável pela investigação, Matheus Laiola, afirmou ao portal UOL que os cães “estavam em local insalubre, com ausência de sol e de local adequado para se proteger da chuva”.

“Estavam magros, com doença de pele e problemas dentários. Um conjunto de situações que caracterizava maus-tratos”, relatou o policial.

Além do crime de maus-tratos, a dona do local, de 46 anos, infringiu uma legislação municipal que proíbe criadouros na região urbana. A mulher assinou um termo circunstanciado na delegacia e foi liberada. Ela responderá pelo crime de maus-tratos a animais e por falta de licença ambiental. Os crimes, porém, são de menor potencial ofensivo e, por isso, não resultam em prisão.

Além de responder na Justiça pelo crime, a mulher foi multada. Ela terá que pagar R$ 500 por animal, num total de R$ 10 mil.

Os cachorros, incluindo filhotes, foram resgatados e encaminhados para entidades de proteção animal.

De acordo com o delegado, a mulher permaneceu em silêncio na delegacia e alegou que só se manifestaria em juízo.

Mais de mil animais, entre domésticos e silvestres, foram resgatados pela Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente na Região Metropolitana de Curitiba desde janeiro. A maior parte deles sofreu maus-tratos. Cerca de 30 canis foram alvo das operações policiais. Em 2018, cerca de 100 animais foram salvos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Cadela manca para fingir que está machucada e ganhar carinho

Resgatada após ser explorada para reprodução e venda de filhotes, Chewie é uma yorkshire de seis anos que, depois de viver a vida toda presa em uma jaula, foi morar com uma família que lhe dá amor e todos os cuidados necessários.

Instagram/ snacktimechewie

Apesar de todo carinho que recebe, a cadela é muito ciumenta e não aceita ver os outros animais da casa recebendo a atenção de sua tutora.

Para tentar fazer com que toda a atenção seja voltada para ela, Chewie passou a fingir que está machucada quando vê sua tutora dando carinho aos outros cães. Ela também usa o truque para ganhar petiscos. As informações são do portal O Documento.

Ao ver Rikki Perez, sua tutora, com outro cachorro, a cadela começa a mancar imediatamente. “Ela milagrosamente melhora quando Willa sai da sala ou para de receber carinho”, conta Rikki.

O suposto machucado, no entanto, fica curado assim que a cadela recebe a atenção que gostaria, seja por meio de carinho ou de um petisco.

Para registrar as atitudes inusitadas e inteligentes de Chewie, Rikki criou um perfil para a cadela no Instagram.  


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Cachorrinha yorkshire idosa morre de traumatismo craniano após ter sido jogada em lixeira

Foto: Pennsylvania SPCA
Foto: Pennsylvania SPCA

Uma cachorrinha idosa da raça yorkshire terrier morreu quatro dias depois de ter sido encontrada em uma lata de lixo na Filadélfia, Estados Unidos, com traumatismo craniano grave.

A Sociedade da Pensilvânia para a Prevenção da Crueldade aos Animais (SPCA) deu a notícia em um post comovente no Facebook compartilhado na segunda-feira (07), revelando que a “cachorrinha chamada Pringles não resistiu aos ferimentos, apesar dos imensos esforços empenhados para salvá-la”.

Pringles foi encontrada dentro de uma lata de lixo por uma pessoa que passava pela região na última quinta-feira (03), depois que o transeunte ouviu barulhos vindos de dentro da lixeiro, debaixo de montes de lixo acumulados.

A pessoa rapidamente chamou a Equipe de Controle e Cuidado com Animais da Filadélfia, e o cadelinha ferida foi transportada para a ONG SPCA local para atendimento.

Muitos moradores do estado ficaram comovidos e revoltados com a história, após sua divulgação pela mídia local.

Logo após Pringles ter sido encontrada, o diretor de operações e aplicação da lei na ONG SPCA da Pensilvânia divulgou um comunicado dizendo: “Nossa equipe no Shelter Hospital está fazendo todo o possível para salvar a vida de Pringles, que está em um estado muito delicado”.

A cachorrinha sofreu ferimentos graves e, em vez de procurar ajuda para ela, alguém a jogou fora como se ela fosse lixo. Graças a uma pessoa de bom coração que alertou as autoridades, ela pode ser resgatada. Esperamos dar a Pringles uma segunda chance na vida, ela merece”.

Foto: Pennsylvania SPCA
Foto: Pennsylvania SPCA

A organização não divulgou quanto tempo eles acreditavam que Pringles esteva dentro da lata de lixo antes que ela fosse encontrada.

Uma vaquinha online para arrecadar fundos para o tratamento da cachorrinha, foi posteriormente lançada no Facebook. Mais de 3 mil dólares foram levantados para Pringles.

No entanto, na segunda-feira, a organização anunciou que Pringles havia falecido.

A SPCA postou no Facebook: “Estamos muito abalados com o falecimento de Pringles, esperamos que todos encontrem conforto no fato de que ela não morreu em uma lata de lixo assustada e sozinha, mas em vez disso estava cercada de amor, o melhor tratamento médico disponível e o apoio de muitas pessoas que de comoveram com sua história pelo mundo todo”.

“Embora Pringles não esteja mais conosco, nossa luta para encontrar justiça para ela continua. Pringles foi descartada como um pedaço de lixo, mas lutou para ser encontrada, apesar de seus ferimentos. No pouco tempo que a conhecemos, ela conquistou o coração de muitos e seu espírito de luta nos encorajou a todos a acreditar que talvez um milagre fosse possível e ela se recuperasse. Não era para ser assim e, enquanto hoje lamentamos, continuaremos lutando por Pringles”, dizia o post.

A SPCA revelou que os tutores da cachorrinha foram identificados e que as acusações contra eles estão pendentes.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Cachorro amarrado em moto é arrastado por tutora no meio do trânsito

Um pequeno cachorro da raça yorkshire terrier foi filmado sendo arrastado pela moto scooter de sua tutora, depois que ela amarrou o cão no veículo e alegou ter esquecido o que tinha feito.

As imagens comoventes foram capturadas por outro motorista que passava na estrada Zhangshui, no município de Puyan, em Taiwan.

O vídeo mostra a tutora do cachorrinho, Wu, 62 anos, pegando a moto e saindo, aparentemente “esquecendo” que a coleira do cachorro estava presa à sua moto.

O animal de 10 anos luta para correr rápido o suficiente para acompanhar a moto à medida que ela aumenta a velocidade.

As patas do cachorrinho são arrastadas ao longo do asfalto até não poder mais ficar de pé e cair subitamente de costas.

Outros motoristas podem ser ouvidos passando rapidamente, enquanto a tutora continua a arrastar o cão exausto pela estrada.

Como Wu diminui a velocidade para entrar em uma fila de trânsito, o cão tenta se levantar, mas não consegue.

Embora o vídeo termine aí, Wu foi interrompida depois de arrastar o Yorkshire terrier cerca de 30 metros, segundo relatos dos espectadores.

Ela foi imediatamente denunciada à polícia e ao Centro de Controle de Doenças de Animais (órgão responsável pelos animais) do condado.

Foto: AsiaWire
Foto: AsiaWire

Em uma declaração ao diretor do centro, Tung Meng-chih, Wu afirmou que havia dado banho seu cachorro e amarrado a coleira do animal à sua scooter para que pudesse secar ao sol sem se afastar.

Ela disse que tinha esquecido que o animal estava lá e que depois partiu com pressa para um compromisso.

O diretor Tung, revelou que Wu está sendo investigada pela Lei de Proteção Animal de Taiwan, que permite uma multa entre £ 77 (cerca de 391 reais) e £ 388 (em torno de 1.970 reais), mesmo em casos de acidentes.

Foto: AsiaWire
Foto: AsiaWire

A punição pode subir para £ 1.940 (aproximadamente 9800 reais) se os investigadores decidirem que suas ações foram deliberadas.

O cão sofreu ferimentos não fatais nas patas e no corpo, mas foi considerado em condição estável.

Foto: AsiaWire
Foto: AsiaWire

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Jovem é suspeita de matar cachorro em petshop de Assis Chateaubriand (PR)

Uma funcionária de uma pet shop é suspeita de matar um cachorro da raça Yorkshire em Assis Chateaubriand, no oeste do Paraná, na quinta-feira (30). Segundo a Polícia Civil, a jovem, de 19 anos, disse que teve uma crise nervosa.

“Ela alegou que ficou nervosa quando dava banho no animal porque teria sido mordida. Ela pegou o cachorro e bateu a cabeça dele em um balcão”, contou o delegado André Mendes.

Foto: Pixabay / Ilustrativa

A jovem suspeita do crime, a proprietária do pet shop e a tutora do animal prestaram depoimento à Polícia Civil ainda na quinta-feira. Os nomes das três mulheres não foram divulgados pela polícia.

Depois de prestar depoimento, a jovem assinou um Termo Circunstanciado por maus-tratos contra animais com agravante de morte, e foi liberada. Ela deve participar de uma audiência no fórum criminal de Assis Chateaubriand.

A Polícia Civil solicitou imagens de câmeras de segurança da petshop para poder concluir o inquérito.

Esse foi o segundo caso de crime de maus-tratos investigado pela Polícia Civil em um período de 15 dias. Há duas semanas, um homem matou um cachorro para se vingar da ex-mulher. Ele alegou que estava drogado quando decidiu enforcar o animal dentro de casa. O caso foi encaminhado à Justiça.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. Doe agora.


 

​Read More
Notícias

Cachorro idoso morre dias depois de ser estuprado por dois criminosos

Um cachorro da raça yorkshire, de 14 anos, que foi estuprado por dois criminosos após ser sequestrado por eles durante um furto à casa da tutora dele, não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso aconteceu em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, e foi denunciado pela ONG Fada Amparo Animais de Rua (FAAR).

Frederico morreu na clínica veterinária (Foto: Reprodução / Diarinho)

Frederico, como era chamado o cão de porte micro, que pesava apenas 4 kg, foi sequestrado e estuprado no dia 30 de março. As informações são do portal Diarinho.

Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que dois criminosos saíram da casa. Um deles carregava uma televisão nos braços, enquanto o outro levava uma bolsa e o cachorro. Eles fugiram usando um carro branco.

Desesperada, a tutora do animal pediu ajuda de Anete Bittencourt, da FAAR, para encontrar Frederico. Dias depois ele foi localizado em Tijucas, bastante machucado devido à violência sexual que sofreu.

O cachorro foi encontrado por um cabeleireiro, que levou o animal a uma clínica veterinária e avisou Anete. “Peço orações para Frederico, ele esta muito mal; suspeita de ter sido violentado e está muito machucado. Estou muito triste e com muito ódio destes marginais. Que tristeza tão pequeno e velhinho sofrer este abuso”, escreveu Anete no Facebook após o cachorro ser encontrado.

No entanto, apesar dos esforços, o cachorro não sobreviveu. Uma denúncia foi registrada em uma delegacia. Anete pede que os criminosos respondam pelo crime de maus-tratos a animais. Eles ainda não foram identificados, mas a protetora garante que não iá descansar até encontrá-los.

​Read More
Você é o Repórter

Yorkshire que toma remédio controlado está desaparecido em SP

Um cachorro macho da raça yorkshire está desaparecido em São Paulo. Ele fugiu de casa no dia 31 de março. Como toma remédio controlado diariamente, precisa ser encontrado com urgência. Informações sobre o paradeiro dele podem ser repassadas através do telefone contido na imagem abaixo.

​Read More
Notícias

Cão fiel fica ao lado de menina perdida em plantação até a ajuda chegar

Após ser encontrada,Remy conta que seu cão ficou ao seu lado a noite toda | Foto: Missouri State Highway Patrol
Após ser encontrada,Remy conta que seu cão ficou ao seu lado a noite toda | Foto: Missouri State Highway Patrol

Remy Elliott, de 3 anos, havia desaparecido da casa de sua família em Qulin, Missouri (EUA) na semana passada deixando todos aflitos. Equipes de resgate procuravam desesperadamente por ela por todo lado. O que eles não sabiam na época, era que, apesar de estar perdida, a criança nunca esteve sozinha. Ela tinha um amigo fiel ao seu lado: seu cão.

Por volta das 20 hs na quinta-feira, a mãe de Remy, Timber Merritt, ficou horrorizada ao perceber que sua filha havia se afastado de casa. Depois de procurar pelas redondezas e não encontrar nenhum sinal da menina, Merritt então pediu ajuda. Logo, as autoridades locais, juntamente com cerca de 100 voluntários, estavam vasculhando a área atrás de Remy.

Somente na manhã seguinte, 12 horas depois, é que Remy foi encontrada em segurança, toda encolhida no meio de um milharal.

Ali mesmo, aninhado ao lado da menina, estava o cachorro da família, um yorkshire terrier chamado Fat Heath. Durante toda a noite longa e escura, ele manteve Remy a salvo.

Fat Heath o cão fiel, não saiu do lado de sua dona 1 minuto | Foto: Missouri State Highway Patrol
Fat Heath o cão fiel, não saiu do lado de sua dona 1 minuto | Foto: Missouri State Highway Patrol

A mãe de Remy, claro, ficou aliviada. Mas, embora possa ter sido um pesadelo para Merritt, sua filha lidou com a situação melhor do que se poderia imaginar, tudo graças ao seu cãozinho.

“Ela disse que não estava com medo porque o Fat Heath estava lá”, disse Merritt à imprensa. “Se ele não estivesse lá, acho que ela teria ficado aterrorizada”, desabafa a mãe aliviada

​Read More
Notícias

Família tenta identificar suspeito de sequestrar filhote de cachorro

Uma família tenta identificar o suspeito de sequestrar um filhote de cachorro da raça yorkshire em Ribeirão Preto (SP). A cadela foi levada em um carro após escapar da casa dos tutores no bairro Jardim Palma Travassos, na zona leste da cidade.

Larinha foi sequestrada em Ribeirão Preto (SP) (Foto: Luiz Henrique Ferreira Cardozo/Arquivo Pessoal)

Câmeras de segurança de uma casa vizinha mostram o momento em que o suspeito para o carro no meio da rua e tenta pegar o animal. Por meio das imagens, o tutor da cadela diz ter conseguido identificar a placa do veículo. Um boletim de ocorrência foi registrado.

O empresário Luiz Henrique Ferreira Cardozo Filho conta que a cadela chamada Larinha, de cinco meses, fugiu de casa ao aproveitar um momento da distração da mulher dele. “Ela estava chegando em casa e não percebeu que a cachorrinha saiu quando ela abriu o portão”, diz.

Cardozo Filho conta que o casal deu falta do animal imediatamente e passou a procurá-lo dentro de casa. Passados cinco minutos, eles foram até a rua na expectativa de encontrá-lo, mas não havia nenhum sinal do paradeiro da cadela.

No dia seguinte ao desaparecimento, uma vizinha contou ao casal que tinha visto um suspeito na rua. A mulher contou que chegou a abordar o homem, que estava com o carro no meio da rua tentando pegar a cachorrinha. Ao perguntar se o animal era dele, o homem respondeu a ela que sim.

No vídeo das câmeras de segurança é possível ver quando o homem estaciona o carro prata na esquina, desce e tenta atrair a atenção do animal. Como não consegue pegá-lo, ele entra no veículo e sai dirigindo.

Segundo a testemunha, ele conseguiu pegar a cachorra mais à frente no quarteirão da Rua Marisa, colocou-a no carro e foi embora.

Fonte: G1

​Read More
Histórias Felizes

Yorkshire idoso abandonado em lixeira conhece a bondade humana

Foto: Stephani Broviak/Facebook

Ele finalmente está seguro e em boas mãos. Ele ficará sob os cuidados do Leave No Paws Behind, Inc., onde iniciará sua recuperação.

Após o resgate, o yorkshire foi levado para o Baldwin Park Animal Care Center no Sul da Califórnia (EUA), para descansar e se fortalecer. Acredita-se que ele tenha em torno de 12 anos. Stephani Broviak compartilhou a história do filhote que foi claramente negligenciado e cujos dentes estão em más condições.

Foto: Stephani Broviak/Facebook

O Yorkie será transferido para a instituição de caridade assim que sua espera de 10 dias por um microchip acabar em 1º de Março. A Leave No Paws Behind está procurando um lar temporário amoroso para ele no Sul da Califórnia, reportou o One Green Planet.

​Read More
Você é o Repórter

Cão yorkshire está desaparecido na região de Turvo / Piedade (SP)

Leonardo Pizzotti Faiçal
lpfaical@gmail.com

Divulgação

O lindo cachorrinho da imagem se chama Billy. Ele é da raça yorkshire e fugiu no sábado (06) na região entre Turvo e Piedade, no interior de SP. Ele tem pelo longo e estava usando um lacinho dourado. A família está oferecendo uma recompensa no valor de R$ 1 mil para quem encontrá-lo e entregá-lo em segurança aos tutores. Quem tiver informações sobre o Billy pode entrar em contato com o Leonardo através do telefone: (11) 98546-7080.

​Read More
Notícias

Cão é resgatado após viver durante cinco anos preso num porão

Um cão de seis anos foi encontrado preso dentro de um porão em Villers-Semeuse, na região de Ardenas, França. Segundo voluntários da LISA (Liga pelos Interesses da Sociedade e do Animal), que encontraram o animal, este vivia trancado há cinco anos.

Cão da raça yorkshire estava irreconhecível quando foi resgatado (Foto: LISA)

Após receber uma denúncia de uma associação local de protecção de animais, a LISA encontrou o cão, de raça Yorkshire, no meio de excrementos, quase cego e coberto com cerca de três quilos de pelo, que nunca lhe tinha sido cortado, avançou o jornal francês L’Ardennais.

Cão foi salvo após viver cinco anos preso em porão (Foto: LISA)

“Cinco anos a viver no meio do lixo. Cinco anos a viver como um objecto que foi colocado num armário. Não latia, não reclamava. Esperava pacientemente que a porta se abrisse para um pouco de luz e comida”, pode ler-se no site da Liga pelos Interesses da Sociedade e do Animal.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

Fonte: Sábado

​Read More