Notícias

Filhote de baleia-jubarte é encontrado morto em Xangri-Lá (RS)

Divulgação/BM Patram

Uma baleia-jubarte filhote foi encontrada sem vida na praia de Xangri-Lá, lo litoral do município que leva o mesmo nome no Rio Grande do Sul.

O animal mede aproximadamente cinco metros e a causa da morte ainda é desconhecida. Ele foi encontrado por banhistas.

Amostras foram recolhidas pelo Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos (Ceclimar).

Baleias da espécie jubarte já enfrentaram o risco crítico de extinção devido a caça. Atualmente enfrentam outros perigos como a poluição e pesca.

​Read More
Notícias

Cavalo abandonado mobiliza veranistas e moradores de Xangri-lá (RS)

Moradores e veranistas tentaram dar um pouco de conforto ao animal. Foto: João Vitor Santos / clicRBS

A cena é chocante: magro, quase cadavérico e bufando, um cavalo está agonizando desde quarta-feira (26) em uma ruela de Xangri-lá, no Litoral Norte do RS. Indignados com a situação, moradores e veranistas tentavam, nesta manhã, dar um pouco de conforto ao animal.

– Eu só queria pegar o dono desse cavalo que fez isso com ele – bradava o dentista de Montenegro, Saulo Dulubio Rodrigues da Silva, 61 anos.

Ele e a mulher, Marta, viram o animal agora de manhã e correram atrás de baldes com água. Só que o cavalo sequer tinha forças para beber. Saulo ainda tentou arrastar o bicho para a sombra, com ajuda de outro vizinho. Acabou se machucando. Foi aí que tiveram a ideia de buscar um guarda-sol. Enquanto isso, Marta batia de casa em casa atrás de uma mangueira para tentar refrescar o “bichinho”.

– Infelizmente, esse tipo de coisa é comum aqui. Acontece todo ano – reclamou Marta.

Em meio às tentativas de reanimação, Cláudio Salinas gritava, indignado:

– Desde ontem, esse animal está aí. Ligamos para o 190, da Brigada Militar, e não vieram. Disseram que era com a prefeitura. Ninguém apareceu.

Em meio à confusão, a reportagem fez contato com a Patrulha Ambiental da Brigada Militar. O policial que atendeu disse que não tinha conhecimento do fato e que não poderia deslocar ninguém porque todas as viaturas estavam atendendo outras ocorrências.

Procurada pela RBS TV, a prefeitura também informou que desconhecia o fato. Cerca de uma hora depois, uma equipe da Vigilância Sanitária chegou ao local para avaliar a situação.

Fonte: Zero Hora

​Read More
Notícias

Grupos de baleias são avistados no litoral do RS

Pequenos grupos de baleias foram avistados no litoral gaúcho na tarde deste sábado. Em Capão da Canoa, Imbé e Nova Tramandaí, os animais foram vistos em alto-mar em grupos de dois ou três. Os animais emocionaram os turistas que se deslocaram para o litoral em função do feriadão de 20 de setembro.

De acordo com a 1ª Companhia do 1º Batalhão Ambiental de Osório, a presença de baleias é comum nessa época do ano. Em um período de deslocamentos, elas sairiam da Argentina para se alimentar nas águas mais quentes do litoral do Rio Grande do Sul. “Elas se aproximam da costa para para acasalar e dar à luz e costumam parar perto da arrebentação das ondas para descansar”, explica o soldado Ferraz da Polícia Ambiental.

Baleia é avistada em Xangri-Lá, no litoral gaúcho. (Foto: Aline Fernandes Vargas/Terra)

Por volta das 16h30 deste sábado, uma baleia apareceu em Xangri-Lá, no litoral gaúcho. De acordo com Aline Fernandes Vargas, que estava no local, o animal estava bem próximo da praia. “Ela estava perto da arrebentação, os surfistas estavam quase ao lado dela”, conta.

Com informações de Zero Hora e Terra 

​Read More
Notícias

Cidade do RS vai implantar microchip em cães, gatos e cavalos

A Prefeitura de Xangri-Lá, no Rio Grande do Sul, inicia nos próximos dias a primeira fase do registro de identificação de animais através da implantação de microchips. Os dispositivos serão implantados primeiramente nos equinos do município e, posteriormente, na população canina e felina. A iniciativa integra um programa de controle populacional e guarda responsável, desenvolvido pela Vigilância Sanitária local.

O equipamento possui um software que registra um número para cada animal. A informação é do secretário de Saúde de Xangri-Lá, Paulo Roberto Maciel. Ele ressalta que os tutores dos animais não terão nenhuma despesa. A iniciativa é considerada pioneira, pelo menos na região. O veterinário Marcelo Lopez, diretor da Vigilância Sanitária, explica que o microchip tem o tamanho de um grão de arroz, e é feito em biovidro; que será implantado nos animais por meio de aplicadores subcutâneos. A durabilidade, em média, do aparelho é de mais de 100 anos. No registro vão constar dados dos tutores e dos animais e que, na Secretaria da Saúde, servirão para desenvolvimento de programas de prevenção de riscos à saúde do ser humano, a exemplo de zoonoses e até de acidentes.Segundo o Secretário, “os dados serão fundamentais para o planejamento de políticas de saúde pública, além de possibilitar o conhecimento atualizado das populações equinas, caninas e felinas”.

Para o veterinário, “o programa vai servir para que os tutores sejam mais responsáveis com seus animais”. Ele espera também reduzir o percentual de animais perdidos, abandonados ou que sofram maus tratos.

De acordo com o secretário, o animal “chipado”, que for encontrado na rua, terá seu tutor notificado e orientado sobre a sua responsabilidade. “Em caso de reincidência, poderá ser multado. Abandonar animais na rua é crime, previsto na Lei Municipal N° 377 de 2000, e poderá resultar em multa e processo por crime ambiental”, explica. O veterinário afirma ainda que a implantação do microchip não prejudica o bem estar dos animais.

Fonte: Jornal Integração

​Read More