Notícias

Campeão vegano da WWE fala sobre seus motivos para seguir o estilo de vida compassivo

Tyler Bate, aos 19 anos, se tornou o mais jovem campeão de WWE ao levantar o título no Reino Unido. Ele também se destaca por ser vegano, apesar do estilo de vida não ser comum entre os atletas de luta livre.

O campeão vegano no ringue, erguendo outro lutador
Foto: JOE

Bate, em entrevista exclusiva para a JOE, falou sobre a motivação por trás do seu estilo de vida vegano. “A maior coisa, para mim, foi fazer uma conexão entre animais domésticos e outros animais. Eu nunca comeria meu gato, então porque deveria ser bom comer outros animais, que possuem o mesmo nível de sensibilidade que os gatos?”, indagou o atleta, agora com 22 anos.

Embora o principal motivo para aderir ao veganismo tenha sido o bem-estar animal, Bate também sentiu benefícios físicos. “Minha qualidade de sono melhorou. As pessoas não pensam muito sobre isso, mas é o aspecto mais importante para a recuperação física”, contou o atleta. Ele também destacou uma melhora em sua energia e digestão.

“Quando um animal é morto, ele libera hormônios de estresse – como o cortisol. Ao comer estes animais, uma pessoa come estes hormônios, e isso tem um efeito negativo sobre o corpo humano”, afirmou ele.

O treinamento de um lutador de WWE é diferente do treinamento de um velocista. Ao contrário de alguns esportes, a luta livre é mais voltada a um nível consistente de força, um desempenho constante.

Bate garante que sua dieta baseada em vegetais apenas melhorou sua saúde, não prejudicando em nada seu desempenho no esporte.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Lutador Austin Aries fala sobre seu estilo de vida vegano e os benefícios para o corpo

Por Sophia Portes / Redação ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais)

Fonte: VegNews

Em uma entrevista recente para o Marrior Traveler, o lutador de WWE Daniel Solwold Jr., mais conhecido como Austin Aries, falou sobre seu estilo de vida vegano. Ele disse que a transição para o veganismo começou há 16 anos “por razões de saúde, benefícios ambientais e o aspecto de compaixão dos animais”.

Aries falou que um dos motivos de se sentir confiante no ringue é a ingestão de proteína em pó à base de plantas. O lutador diz ainda que aprendeu a pedir o Big Mac vegano no McDonald´s do Japão: basta pedir para trocar a carne por tomate, um pedido que, segundo ele, é visto com desdém e estranheza nos fast foods nos Estados Unidos.

Austin Aries garante que os produtos feitos à base de animais não são necessários para se obter músculos e que comer alimentos à base de legumes e vegetais é, também, bom para o orçamento. “É errado dizer que comer saudável é caro. O caro é comer convenientemente”, conta Aries.

​Read More