Notícias

Projeto obriga CCZ de Campinas a dispor de cadastro online de animais para adoção

(da Redação)

A Câmara Municipal de Campinas votará nesta quarta-feira, 20 de abril, o projeto de lei 116/10 do vereador Vicente Carvalho (PV), que pede que o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) disponibilize cadastros dos animais disponíveis para adoção pela internet. O objetivo da iniciativa é ampliar as chances de os animais encontrarem um lar por meio do uso da web.

Há anos o CCZ de Campinas disponibiliza um site para este fim, mas somente após a apresentação do PL a ferramenta passou a ser efetivamente atualizada. Por este motivo, o vereador Vicente Carvalho motivou-se a manter a proposta, tendo em vista o grande benefício que ela trará no sentido de otimizar as doações de cães e gatos do CCZ.

De acordo com o vereador, a ampliação do número de doações que a internet pode proporcionar é uma solução para o problema de superlotação que os funcionários do órgão alegam enfrentar. “O CCZ atribui a responsabilidade de inúmeros resgates às entidades de proteção animal, sob alegação de que a capacidade máxima está superada. A proposta vem, portanto, auxiliar o órgão municipal a reduzir o número de animais em suas dependências”, justifica Vicente.

Conforme o texto do projeto, o CCZ poderá utilizar o próprio site ou fazer parcerias com outros existentes. Com auxílio da internet, o órgão assumirá a responsabilidade de dispor as fichas de cadastros dos animais recolhidos em Campinas, bem como o histórico deles e foto ilustrativa. A meta é levar todas as informações necessárias ao internauta, que poderá “escolher” o amigo de sua preferência pela rede. “A facilidade com essa ferramenta provavelmente diminuirá o sofrimento dos animais que esperam um lar e agilizará o processo para a adoção deles, pois ao dirigir-se ao CCZ o cidadão já terá ideia de qual amigo irá adotar”, argumenta o vereador.

​Read More
Você é o Repórter

CCZ de Campinas será obrigado a oferecer atendimento veterinário gratuito aos animais da população carente

Vicente da UPA
imprensa.vicentedaupa@gmail.com

Com 23 votos favoráveis, a Câmara Municipal de Campinas (SP) aprovou nesta quarta-feira (01/12), em segunda discussão, projeto de autoria do vereador Vicente da UPA (PV), que prevê o atendimento veterinário gratuito aos animais tutelados por pessoas de baixa renda. De acordo com a proposta, caberá ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) a responsabilidade pelo atendimento de consultas e encaminhamento dos animais aos procedimentos cirúrgicos, quando necessários. As despesas geradas por estas prestações de serviços correrão por conta de verbas destinadas à Secretaria de Saúde do município.

Segundo o vereador, a proposta vem em consonância com a orientação de governo do Executivo. “A Prefeitura diz que atende primeiro os que mais precisam. O nosso projeto é direcionado justamente a esta população à qual o prefeito faz menção, já que as pessoas carentes possuem animais de estimação e muitas vezes não têm condições de zelar por eles como deveria”, justificou Vicente.

Vicente Carvalho argumentou que o modelo de gestão atual onera as ONGs, já que o município não dispõe de um programa para atendimento dos animais que estão sob os cuidados da população de baixa renda, obrigando o terceiro setor a suprir esta carência. “As ONGs que militam em prol dos direitos dos animais acabam arcando com a responsabilidade do Poder Público, que dispõe de verbas orçamentárias para promover programas de apoio. O terceiro setor não tem recursos para este tipo de projeto, mas a Prefeitura tem. É para o Executivo que os cidadãos pagam impostos e é dele que devem cobrar o atendimento de suas necessidades. Não é certo que esta responsabilidade recaia sobre as ONGs que atuam por mera liberalidade e amor à causa”, declarou o vereador.

A proposta segue agora para a sanção do prefeito, Dr. Hélio de Oliveira Santos (PDT).

​Read More