Notícias

Mutirão de castração em Jundiaí (SP) atende 300 animais em três dias

Foram atendidos 300 animais, mas a expectativa era de que 600 fossem castrados

O Mutirão de Castração realizado nos últimos três dias pela Prefeitura de Jundiaí (SP) no Varjão apresentou um resultado positvo, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde.

Cerca de 300 animais foram atendidos, intensificando o controle populacional, qualidade de vida para os cães e conscientizando a população sobre a guarda responsável. No entanto, a expectativa da prefeitura ao anunciar esse mutirão era castrar 600 cachorros.

De acordo com o médico veterinário e coordenador do mutirão, Jonathann França Ribeiro, o número de atendimento ficou dentro do esperado e os animais que não foram levados nesta primeira etapa poderão ser atendidos na próxima ação prevista para maio.

“Verificamos uma ótima aceitação. O número de faltas ficou dentro do esperado, uma vez que o Jardim Novo Horizonte é muito extenso, o que dificulta o transporte dos animais”, enfatizou o veterinário, lembrando que do total de animais vacinados, cerca de 50 foram levados por Organizações Não Governamentais (ONG’S) de Jundiaí e o restante também poderá ser levado posteriormente.

O mutirão castrou e tatuou um código de identificação em cães e gatos fêmeas, de 6 meses a 10 anos de idade. A ação foi realizada a partir de convênio da Prefeitura com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, que contemplou Jundiaí com uma verba de R$ 78 mil. Foram atendidos apenas animais cadastrados pela secretaria de Saúde durante censo realizado em novembro de 2010.

Durante o censo, os moradores foram informados sobre os procedimentos e agora em fevereiro foram avisados do dia e horário que os animais seriam atendidos. As cirurgias transcorreram dentro da normalidade, sem registro de reações adversas. “Os tutores dos animais foram informados pelos agentes de saúde sobre os cuidados a serem adotados no pré e pós-operatório”, frisou Ribeiro.

Abandono é crime

O abandono de animal é um problema de saúde pública e a administração desenvolve diversas atividades para conscientizar a população e conferir qualidade de vida aos animais. Jundiaí conta com cerca de 110 mil animais e estima-se que 5% deles estejam em situação de abandono.

A identificação promovida no mutirão vai ampliar de 2.500 para mais de três mil animais o cadastro municipal de cães e gatos identificados para coibir o abandono. O abandono de animal é crime, com penalidade que varia de três meses a um ano de reclusão. Com a identificação será possível localizar o proprietário do animal para fazer a devolução ou adotar medidas dentro da lei para impor as penalidades.

Fonte: Rede Bom Dia

​Read More