De olho no planeta

China anuncia construção de cidade com mais de 1 milhão de espécies de plantas

A China anunciou a construção do primeiro município florestal do planeta. Trata-se de uma cidade sustentável, que receberá o nome de “Forest City”, na qual serão plantadas mais de um milhão de espécies de plantas. O objetivo é combater danos ambientais.

Imagem: Stefano Boeri Architetti Milan/Reprodução

O projeto prevê a criação de uma cidade com mais de 175 hectares, que seja capaz de produzir a própria energia de forma autossustentável e que implemente medidas que evitem a poluição do ar. As informações são do portal Razões Para Acreditar.

O município está sendo construído no norte de Liuzhou, na região montanhosa de Guangxi, ao sul do país, e servirá de lar para até 30 mil pessoas. Na região, a população desfrutará de todos os serviços disponíveis em uma cidade normal, como escolas, hospitais, lojas, restaurantes, hotéis, entre outros.

Qualquer construção que for feita na cidade, desde edifícios até casas, deverão ter as fachadas repletas de plantas, para que seja possível melhorar a qualidade do ar, manter os ambientes mais frescos e criar uma espécie de isolamento acústico natural para inibir ruídos externos.

O objetivo é combater a poluição do ar através da absorção de CO2 – cerca de 10 mil toneladas por ano – e por meio da produção de oxigênio – aproximadamente 900 toneladas anuais.

Imagem: Stefano Boeri Architetti Milan/Reprodução

A cidade servirá ainda como habitat para diversas espécies de pássaros e pequenos animais, contribuindo com a biodiversidade local.

Para produzir energia, o plano é instalar painéis solares nos telhados dos imóveis, que farão a captação de energia renovável suficiente para levar luz à cidade.

O responsável pelo projeto é o reconhecido escritório de arquitetura Stefano Boeri Architetti,. A expectativa é que Forest City seja inaugurada em 2020.

​Read More