Notícias

Vaquinha resgatada consegue andar graças a cadeira de rodas feita especialmente para ela

Foto: WQAD
Foto: WQAD

Esta vaquinha está se divertindo e correndo por todo lado apesar de ter nascido com uma deformidade severa nas patas traseiras. Tudo graças a um conjunto de rodas adaptado especialmente ao seu corpo e um “pai” que não desistiu dela.

Jered Camp, de Maregno, Iowa (EUA), passa suas tardes fazendo tarefas domésticas, limpando e certificando-se de que sua filha Angel, de um ano de idade, coma seus vegetais (que ela tanto aprecia) adequadamente.

“Ela adora brócolis. O brócolis é com certeza sua comida favorita”, diz Jered.

Angel é uma mini-vaca que tem apenas um ano de idade e é fã absoluta de brócolis, a vaquinha é mimada o suficiente para comer na sala de estar da casa de Jered.

“Ela é uma zebu em miniatura que se assemelha a um tipo de boi asiático”, diz Jered. “As pessoas pensam neles com as grandes corcundas nas costas”.

Foto: WQAD
Foto: WQAD

E, assim como qualquer criança, com a ajuda do pai, Angel está “reinando” no lugar, ou mais ou menos isso.
Angel nasceu com pernas traseiras deformadas. Seus tutores originais tentaram conseguir sua ajuda, mas depois que o veterinário lhes disse que não havia nada que pudessem fazer cirurgicamente, ele indicou que o melhor a fazer seria matar Angel.

Mas então Jered teve uma excelente ideia para seu bebê resgatado. Ele conseguiu para ela uma par de rodas customizadas.

“A cadeira de rodas que ela recebeu veio da Walkin’ Wheels. Eles normalmente usam as cadeiras de rodas para cães”, diz Jered.

Agora o segundo conjunto de pernas improvisadas dá a Angel uma segunda chance na vida. Com o pai por perto, Angel está pronta para conquistar todos os obstáculos pelo caminho que tentam atrapalhar, e ela não está fazendo isso sozinha.

Foto: WQAD
Foto: WQAD

“Aqui é o Iowa Farm Sanctuary. Nós resgatamos animais de fazenda aqui no Meio-Oeste americano”, diz Jered.

O terreno de mais de 10 acres é o lar de 60 animais que Jered chama carinhosamente de “milagres desajustados”.

“Esses animais são vítimas de acidentes, negligenciados e abandonados nas mesmas situações que acontecem com animais domésticos”, disse Jered, “e estamos aqui para fornecer-lhes segurança e abrigo”.

Foto: WQAD
Foto: WQAD

Agora que esta família tem mais duas pernas e duas rodas maiores, há apenas um requisito fundamental: cada membro tem que ter a vontade de avançar junto com os demais.

“Todo mundo passa por lutas”, disse Jered.

“Todo mundo tem alguma coisa que precisa superar. Ver Angel superar suas dificuldades, superar a impossibilidade de andar e agora poder desfrutar da liberdade de ir para onde quiser em sua cadeira de rodas, é uma história realmente inspiradora, e eu acredito de verdade que as pessoas também encontram paz e motivação ao conhecer as vitórias de angel”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Home [Destaque N2], Notícias

Cão rejeitado por ter necessidades especiais encontra família que o ama como ele é

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Instagram/Duncanlouwho
Instagram/Duncanlouwho

Duncan foi encontrado abandonado no Colorado (EUA), vagando com suas pernas dianteiras. Suas pernas traseiras estavam unidas embaixo de seu corpo, completamente sem uso. Este cão era claramente muito especial, e consequentemente, precisava de uma atenção singular.

As pessoas que encontraram Duncan entraram em contato com o  Panda Paws Rescue, um centro resgate de cães com necessidades especiais em Washington, para ver se o grupo estaria disposto cuidar de dele.

O centro concordou imediatamente e, assim, Duncan voou com seus salvadores para Washington na esperança de encontrar uma vida melhor.

Instagram/Duncanlouwho
Instagram/Duncanlouwho

Antes mesmo de chegar ao Panda Paws, Duncan conseguiu uma família que queria adotá-lo. Tudo estava pronto até que ele conheceu o casal que administra o centro: Gary Walters e sua esposa, Amanda.

Duncan formou um vínculo especial com o casal desde o início e quando a família que deveria adotá-lo veio ao seu encontro eles também notaram isso. “Eles nos disseram que sentiam que ele deveria ficar conosco”, disse Walters.

Walters estava originalmente preocupado que eles não seriam capazes de dar a Duncan o tempo de que ele precisava e merecia porque seu estabelecimento era muito novo. Ele não achava que deveriam mantê-lo, mas Duncan e Amanda o convenceram do contrário.

“Cheguei naquela noite e Amanda estava sentada na cama soluçando, contando uma história sobre como ele era especial. Ela disse que sentiu em seu coração que nossa casa seria seu lar para sempre”, relatou.

Instagram/Duncanlouwho
Instagram/Duncanlouwho

Depois de perceber que Duncan estava destinado a ficar com eles, o casal o adotou oficialmente em sua família. Ironicamente, Duncan é agora muito apegado ao seu tutor e ele e Walters são completamente inseparáveis.

“Ele me escolheu, acho que é possível dizer isso, e mudou minha vida. Sempre tive cães, mas nunca um de que me aproximei tanto como ele”, disse Walters.

Quando Duncan chegou a sua nova casa, suas pernas traseiras estavam fundidas em forma de X sob seu corpo e torciam sua coluna. Elas teriam eventualmente lhe provocado uma dor vertebral severa e por isso sua família tomou a decisão de amputá-las.

Até agora, porém, Duncan realmente não parecia notar isso. Ele não tem absolutamente nenhuma ideia de que é diferente e pode fazer tudo o que um cão de quatro patas pode fazer e ainda mais.

Ele se recusa a usar uma cadeira de rodas e parece se dar bem com suas duas pernas dianteiras. Duncan salta, corre, desce escadas e pode correr tão rápido e tão longe quanto quiser. Absolutamente nada fica em seu caminho.

Instagram/Duncanlouwho
Instagram/Duncanlouwho

“É uma brincadeira comum quando as pessoas o veem pela primeira vez, normalmente dizem algo como: ‘Ele só tem duas pernas?’ ou “O que aconteceu com suas pernas?” Nós sempre dizemos, “Shhhhh, não diga a ele! Ainda não lhe dissemos nada e ele não sabe “, disse Walters.

Duncan também luta com outras questões médicas, também, incluindo dificuldade com seu peso e uma condição cardíaca chamada cardiomiopatia do Boxer, que pode causar desmaios e até mesmo insuficiência cardíaca. Duncan “morreu” e foi ressuscitado duas vezes e sua família trabalha incansavelmente para cuidar dele e mantê-lo tão saudável quanto possível, informou o The Dodo.

“É MUITO importante, se você tem um animal diferente, fornecer os cuidados veterinários apropriados e procurar aconselhamento profissional. Animais com necessidades especiais exigem muito trabalho e uma enorme dedicação”, afirmou Walters.

Duncan é um cão amoroso, brincalhão, obstinado, obcecado por comida que ainda tem que notar que é um pouco diferente dos outros cães ao seu redor. Ele é feliz do jeito que é e sua família também o ama exatamente assim.

“Sua personalidade e vontade de sobreviver são contagiosas”, ” relatou Walters.

De fato, seus milhares de seguidores no Instagram são inspirados por ele todos os dias. “Ele mudou a vida de milhares de pessoas com sua atitude de nunca desistir”, completou o tutor.

​Read More
Notícias

Bode sem mobilidade das pernas ganha cadeira de rodas e supera passado de crueldade

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Farm Sanctuary
Farm Sanctuary

Um bode que perdeu a mobilidade de suas pernas traseiras depois de suportar terríveis maus-tratos de um açougueiro tem desfrutado de um novo sopro de vida e ganhou uma cadeira de rodas para ajudá-lo em seu recomeço.

Benedict fazia parte de um grupo de 170 animais resgatados em Hudson Valley (EUA) há um ano, onde havia corpos de animais entre os que estavam vivos.

Muitos recebiam lixo para comer em vez de alimentos apropriados. Eles eram mantidos amontoados na parte de trás de uma propriedade e vários estavam em estado grave e precisavam receber tratamento médico.

Farm Sanctuary
Farm Sanctuary

Benedict perdeu o uso de suas pernas devido a um parasita não tratado que causou danos graves em sua coluna vertebral.

“Ele estava compreensivelmente muito assustado e muito fraco e simplesmente entrou em colapso quando nos viu. Quando melhorou, porém, ele se abriu conosco e mostrou-se incrivelmente amigável”, disse  à CBS News Susie Coston, diretora do abrigo Farm Sanctuary, que resgatou os animais.

Farm Sanctuary
Farm Sanctuary

Ao recordar o cenário em que os animais foram encontrados ela acrescentou: “Havia corpos por toda a propriedade em diferentes estágios de decomposição e muitos deles eram de cabras. Os animais viviam em meio à imundície e comiam coisas que realmente não deveriam, como lixo”.

Segundo o Daily Mail, a mudança do bode tem sido surpreendente. “Todos os animais podem ser amigáveis, mas Benedict era visto apenas como uma espécie de produto. Na verdade, ele provavelmente foi tratado de maneira pior do que um produto. Quando ele ganhou uma vida digna, se transformou neste bode muito especial e engraçado”, concluiu Coston.

​Read More