Notícias

Novas revelações sobre o mistério no resgate dos cães que sobreviver​am ao tsunami

Por Marli Delucca  (da Redação)

Novas revelações do vídeo que comoveu pessoas de todo o mundo, e sobre o resgate dos cães.

Todos que se emocionaram com o drama dos cães ficaram aliviados com a notícia de que eles haviam sido resgatados por Kenn Sakurai.

Entretanto, passados dez dias da filmagem do vídeo, Sakurai se recusa a informar tanto aos meios de comunicação como aos protetores independentes e instituições de proteção animal, o paradeiro dos cães.

Pouco tempo antes de Sakurai ter divulgado em seu perfil público no Facebook o resgate dos cães do vídeo, o Grupo JEARS – Japan Earthquake Animal Rescue and Suppor, havia enviado voluntários ao local para a realização do resgate. Ao chegar em Arahama, mas não encontraram os cães e no abrigo mais próximo dali não havia nenhum cão parecido como vídeo.

De acordo com entrevista cedida ao site Global Animal, Sakurai confirma que resgatou os cães, mas não quis qualquer informações a respeito das condições atuais dos animais. Segundo ele, há muitos animais ainda precisando de ajuda e as pessoas devem se preocupar em resgatá-los, já que os dois cães do vídeo estão bem.

Segundo o Global Animal, a TV Fuji internacional emitiu o seguinte comunicado:

“Fuji Television tem recebido inúmeras consultas sobre os dois cães que a nossa equipe de filmagem encontrou nas ruínas do terremoto/tsunami. Como explicamos em nosso noticiário, pouco depois, ambos foram resgatados por um grupo de proteção animal que tem o conhecimento profissional a respeito de resgate de animais.  O cachorro marrom está indo muito bem. O cão branco era muito fraco no início, mas lhe foi dada uma injeção IV ,e atualmente está com um veterinário. Ambos os cães tinham microchips, e seus respectivos responsáveis foram identificados. Muitos animais ainda estão vivendo nas ruínas à procura de seus tutores. A Fuji Television está aliviada que o nossa reportagem tenha repercutido, culminando no resgate de, pelo menos esses, dois cães”.

Os cães

Um detalhe notado por algumas pessoas que assistiram ao vídeo é que poderia haver três cães e não dois. Ao analisar as imagens, pode-se notar um cão malhado, que vai ao encontro do repórter, o cão branco deitado, que aparece do lado esquerdo da tela e um terceiro preto, do lado direito (pode-se ver apenas o contorno de suas orelhas). Porém, nem Sakurai, nem a Fuji souberam responder sobre sua existência.

O caso

Durante uma filmagem realizada pela emissora de televisão japonesa, a Fuji, na região Arahama, quatro dias após o terremoto que atingiu o país, o cinegrafista capturou uma das imagens mais comoventes da tragédia: um cão em solidariedade com seu amigo, ferido pela catástrofe, o acompanhava e demontrava gestos de afeto.

Assista ao vídeo:

​Read More