Notícias

Rodeio é cancelado graças aos protestos de ativistas pelos direitos animais

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Um evento de rodeio cruel e popular foi cancelado depois que ativistas pelos direitos animais que protestavam contra o evento entraram em conflito com os cowboys (peões de rodeio) “confrontadores e agressivos”.

O New Zealand Rodeo Club da Nova Zelândia disse que o evento anual foi encerrado devido a pressões financeiras e voltaria em 2021 com um foco mais familiar e diferente do atual.

A organização de direitos animais, Safe, havia pressionado as autoridades pedindo pelo fechamento do rodeio, alegando que a prática era cruel com os animais e não era apoiada pela maioria da população do país.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

“O público está demonstrando sua opinião com suas carteiras (não indo aos eventos) e os clubes estão sem dinheiro agora”, disse o porta-voz da ONG, Will Appelbe, ao site Stuff.

Applebe disse que ativistas filmaram animais sendo brutalmente abusados no evento Mid Northern Rodeo em 2017, o que fez com que os patrocinadores retirassem seu apoio.

Quando os manifestantes foram ao evento e filmaram os animais este ano, eles tiveram um caloroso confronto com cowboys.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

“Os cowboys foram bastante agressivos, especialmente no evento de Mid Northern no ano passado, eles gritavam, ameaçavam e diziam insultos horríveis”, disse Appelbe.

Enquanto os ativistas acreditam que as revelações de crueldade com animais afetaram os patrocinadores, a secretária da Associação de Rodeio do Norte do Norte Barbara Woolhouse disse que os manifestantes pelos direitos animais estão assustando-os.

Ela alegou que os manifestantes estavam ligando para os patrocinadores mais de 100 vezes por dia e criticando as empresas por apoiarem os rodeios.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

“Também acontece o contrário – temos pessoas que vêm até nós e dizem isso em nossa cara”, disse Woolhouse.

Woolhouse estava convencida de que o Rodeio do Norte cuidava de seus animais e lhes proporcionava muita “sombra e água”.

O que a representante da associação de rodeios convenientemente não mencionou foram as terríveis atrocidades a que os animais são submetidos nesses rodeios abomináveis, onde eles são perseguidos, laçados, esporeados, amarrados, derrubados, curucados, tem seus órgãos genitais apertados com cordas para que possam “pular” e dar o show.

Rodeios são práticas de crueldade explícita contra seres indefesos e qualquer nação que apoie ou seja audiência para esse tipo de atrocidade está atentando contra os direitos animais.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More