Notícias

Universidade indiana vai servir quase um milhão de refeições veganas por ano no campus

Foto: Universidade Gautam Buddha (GBU)
Foto: Universidade Gautam Buddha (GBU)

A Universidade Gautam Buddha (GBU), com sede no norte da Índia, assinou recentemente um compromisso de parar de servir carne no campus e servir 960 mil refeições veganas por ano. A universidade aderiu ao compromisso da Green Tuesday Initiative (Iniciativa da Terça-Feira Verde), uma campanha organizada pelo grupo vegano Vegan Outreach, baseado no Estados Unidos, para ajudar instituições a adotarem práticas mais favoráveis ao clima e aos animais.

“Assumimos o compromisso da Iniciativa da Terça-feira Verde porque queremos reduzir nosso impacto no meio ambiente”, disse Shri Bachchu Singh, secretário da GBU. “Uma das maneiras mais fáceis de fazer isso é fazer pequenas alterações na comida servida no campus. Esperamos que outras universidades sigam nosso exemplo e se tornem mais ecologicamente corretas. ”

No início deste ano, a ONG Vegan Outreach trabalhou com a Lovely Professional University – uma das maiores universidades particulares da Índia, com mais de 30 mil estudantes – para ajudar a escola a reduzir o uso de laticínios em 14%. Além da universidades Lovely e GBU, dez outras instituições de ensino assumiram o compromisso da Terça-feira Verde.

“De indivíduos a grandes instituições, todos estão começando a fazer a conexão entre criação de animais para consumo e a mudança climática”, disse Aneeha Patwardhan, diretora de programas da ONG Vegan Outreach India. “Aplaudimos essa crescente conscientização e estamos aqui para apoiar qualquer pessoa que queira agir sobre essas questões”.

Fora da Índia, várias das principais universidades se comprometeram a parar de servir carne bovina este ano, incluindo a Universidade de Helsinque e a Universidade de Coimbra – as universidades mais antigas da Finlândia e de Portugal, respectivamente.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More