Você é o Repórter

Resgatado, gato que vive isolado precisa de um lar verdadeiro, em Porto Alegre (RS)

Katya Leitzke
kleitzke@uol.com.br

Dando sequência ao trabalho para melhorar a condição de vida dos gatos da Gláucia, estamos procurando com urgência um lar definitivo para o Teo. Postem em blogs, redes sociais e repassem, por favor.

Teo é um gato amarelo que viveu na rua a vida toda. Circulava nas imediações do Centro de Saúde onde a Glaucia trabalha. Conforme foi ficando mais velho, Teo foi se tornando cada vez mais amistoso e carente, e chegou ao ponto de entrar no Centro para se esfregar nas pessoas e até mesmo subir no colo para ganhar carinho de quem estivesse sentado.

Obviamente que nem todos gostaram dessas atitudes amistosas do Teo e bastou uma reclamação para que a diretoria do local determinasse que ele fosse retirado de lá. A SEDA não pode assumí-lo, então, ele foi para a casa da Glaucia antes que alguém lhe fizesse algum mal.

Mas Teo precisa de um lar definitivo. Hoje ele passa o dia todo fechado em um pequeno espaço, sem poder olhar pra fora e sem receber o carinho que tanto gosta. A Glaucia não tem condições, tempo e estrutura para fazer a adaptação necessária entre ele e os outros 23 gatos, então, ele fica totalmente sozinho.

Está tão carente que foi muito difícil fazer fotos para divulgação, pois basta entrar no local onde ele fica para que venha se esfregar na gente, miar e pedir carinho. Teo já é um vovozinho, tem 16 anos, mas continua muito ativo.

Está castrado e será entregue desverminado e sem pulgas. Precisa de um lar seguro, onde possa ter seu cantinho e ter contato com pessoas, que ele ama. Nas fotos ele está magro, devido aos dias em que a Glaucia passou sem ração, mas agora, com as doações feitas, ele já está comendo bem novamente.

Se você não puder adotar o Teo, por favor, repasse aos seus contatos para aumentarmos suas as chances de adoção.

Contato: Katya Leitzke kleitzke@uol.com.br ou (51) 9985-3753

​Read More
Notícias

Coincidências levam cão de volta para a casa, em Sorocaba (SP)

Fabiana encontrou um cachorrinho com a pata ferida. Não conseguia andar. O socorro foi imediato. Vítima de atropelamento, o animal foi levado ao veterinário. A um quilômetro dali, a tutora do cachorro começava a ficar muito triste. Ela não sabia para onde “Dudu” havia fugido. Ana Beatriz, de 7 anos e o pai, seo Moacir procuraram bastante mas não acharam nada. O dashund Dudu estava longe e tinha até um novo nome. Téo.

Foto: Reprodução/ JE

Fabiana já pensava em adotá-lo. Mas ela sabia que alguém poderia estar sofrendo de saudade. A tristeza da filha deixou seo Moacir preocupado e ele acabou se tornando um investigador. Nas horas vagas ia de casa em casa, de loja em loja. Imprimiu 50 cartazes com um apelo desesperado. Postes, muros, o apelo da família estava por toda parte. Foram quatro dias de angústia. Mas Dudu estava sendo bem cuidado.

Quis o destino que Fabiana, ao sair em viagem, errasse o caminho. Ela passou bem em frente a um dos cartazes e parou para ler. Estava chegando ao fim o drama de um casal que, como em muitos lares, tem uma criança triste, sem conseguir entender como é que um animalzinho desaparecesse de uma hora para outra. Fabiana tocou a campainha, se apresentou, mostrou o Téo, agora Dudu novamente. E a alegria invadiu a casa.

E essa história teve ainda mais uma coincidência: na hora da entrega do cachorro, o marido de Fabiana e seo Moacir descobriram que já se conheciam. Eles haviam se encontrado um dia antes, em Salto de Pirapora a trabalho. E o mais curioso: enquanto os dois conversavam, Fabiana chegou a ligar para o marido para falar sobre o cãozinho. Ele nem imaginava que o tutor estava bem na sua frente!

Veja o vídeo.

Fonte: JE

​Read More
Você é o Repórter

Cão filhote muito dócil aguarda adoção em Santo André (SP)

Patricia Guedes Pietri
patricia_pietri@yahoo.com.br

Foto: Divulgação

Este é o Téo , lindo filhotão resgatado pela Lacir e estava sem lugar pra ir, como a Xuxa foi adotada ele veio ficar no lugar dela, porém a Xuxa não está se adaptando em sua nova casa, provavelmente será devolvida, por isso peço ajuda urgente: que me ajudem a divulgar esse lindão o mais depressa possível, espero muito aparecer uma ótima família pra esse fofíssimo ser bem amado até o fim da vidinha dele.

Téo tem porte pequeno, 6 meses, se crescer será bem pouco, super dócil, até por ser um filhote não é tão bagunceiro, mas gosta bastante de brincar, está castrado e vermifugado.

Para adotar:

patricia_pietri@yahoo.com.br
Cel (11) 8332-0403

​Read More
Você é o Repórter

Téo, um lindo filhote de olhos azuis

Edu Egyto
eegyto@yahoo.com.br

imagem do Téo, um cãozinho de olhos azuis

Encontramos o Teo há 2 meses em um trecho da Avenida 7, na região oceânica de Niterói, que leva às praias de Camboinhas e Piratininga, no Rio de Janeiro.

Sua condição estava muito ruim, mas agora, com os cuidados e carinhos, ele está saudável e brincalhão.

É um filhote muito alegre, adora brinquedos e ossinhos. Gosta de fazer companhia e de tirar uns cochilos por perto. Tem uma boa relação com outros cães, aqui também vive a Ursula, uma cadelinha que adotamos no ano passado, e os dois brincam juntos na maior paz.

Não podemos ficar com ele e procuramos um lar bacana para o nosso amigo. É fundamental para quem queira adotá-lo que não se zangue ao vê-lo dormir às vezes em sua cama, é que o Teo gosta de se aconchegar em nossos panos, com o nosso cheiro. ehehe

O Teo tem aproximadamente 4 meses e meio de idade e pelo que tudo indica terá um porte médio para grande. É S.R.D. e está vermifugado. Ainda não conseguimos a vacinação, mas estamos cuidando disso.

Agradeço aos que puderem ajudar na divulgação!!

Seguem os meus contatos:

Cel.: (21) 8747-5900    Email: eegyto@yahoo.com.br

​Read More