Você é o Repórter

Protetora pede ajuda para pagar transporte de cão até novo lar em SP

Snoopy, o cachorro das fotos abaixo, foi adotado, dormia no sofá e na cama, via TV com seu tutor, e por ter destruído um tapete de porta e uma sapatilha foi devolvido sem piedade aos 10 meses. Uivou muito, e está no quintal hoje com sua mãe e com outro cachorro, até ter a sorte de um lar, que pode acontecer devido ao interesse de uma pessoa em adotá-lo. Finalmente ele terá tudo de volta… todo mimo que perdeu, como TV que ele ama, por exemplo. No entanto, a nova tutora mora em Sorocaba e, por isso, a protetora de animais responsável por Snoopy precisa de ajuda para pagar o taxi dog que levará o cão até o novo lar. O taxi dog custará R$ 380,00 com o Pedro, e R$ 420,00 com a Cristina. Logo a nova família de Snoopy vai mudar para Curitiba, e aí será mais difícil para levá-lo. Interessados em colaborar devem entrar em contato com Giselle Sarbouck Pastorello através do número 11 9 70915379.

​Read More
Você é o Repórter

Cachorra covardemente abandonada em avenida da Zona Sul de SP precisa de carona para Ibiúna (SP)

Cristina
cristina.avarese@batuquepromo.com.br

Foto: Divulgação

A cachorra foi abandonada em uma avenida movimentada na Zona Sul de SP com metades das mãos e uma pata traseira amputadas. Um protetor poderá ficar com ela, mas ele mora em Ibiúna (SP) e precisa que alguém leve a cachorra até lá.

Quem puder levar ou pagar um transporte para a pobre cachorrinha que mal consegue andar, entre em contato com Teka – (11) 96416-6019.

​Read More
Notícias

Vira-lata apaixonado escapa de táxi-dog a caminho da castração

Olívia recebeu visitas e carinho durante todo o dia ontem, mas seu olhar atento procurava por Xerife, que ainda não havia aparecido Foto: Alexandre Guzanshe
Olívia recebeu visitas e carinho durante todo o dia ontem, mas seu olhar atento procurava por Xerife, que ainda não havia aparecido
Foto: Alexandre Guzanshe

Depois da primeira noite dormindo em família – com a amada Olívia Palito e seus 10 filhotes, Xerife desapareceu. O cão vira-lata, que há mais de três meses montou vigília na porta de uma residência na Rua Turquesa, no Bairro Prado, à espera de viver junto à cadela, foi acolhido pela funcionária pública Tatiana Azeredo Coutinho Ferreira, tutora de Olívia, para estar de prontidão às 7h de ontem, quando seria levado por um táxi-dog. Ele seria encaminhado para adoção. Mas Xerife não chegou nem mesmo a conhecer o novo lar. Apanhado pelo táxi-dog na porta da casa onde Olívia mora desde fevereiro, para seguir a uma clínica no Bairro Cidade Nova, onde seria castrado, tomaria banho e faria teste de leishmaniose, o cão fugiu quando a motorista abriu a porta do veículo. A fuga impôs um novo capítulo à saga entre Xerife, também conhecido por Lord Voldemort (personagem de Harry Porter), e a cadela Olívia. Na casa da funcionária pública, a pergunta é: “Será realmente o destino do cão viver ao lado da ‘amada’?” A família ainda acredita que o vira-latas irá voltar e tenta achar uma solução para que os dois não mais se separem.

O desafio, até então, era lidar com o triângulo amoroso entre o casal e o cão Kurt Cobain – cachorro de 11 anos que também mora na casa de Tatiana e “morre de ciúmes” do rival Xerife. Além do mais, com a ninhada de 10 filhotes, Tatiana não via condições de abrigar mais um animal em casa. A funcionária pública conta que foram várias as tentativas de conseguir um lar adotivo, sem sucesso. “O que ele queria mesmo era ficar aqui. Sempre fica batendo a patinha no portão, pedindo para a gente abrir e faz festa quando vê Olívia. Mas já temos muitos cães”, justifica.

Agora, a angústia passou a ser outra. Na tarde de ontem, Tatiana e a mãe, a dentista aposentada Cleuza Azeredo Coutinho, de 69, tentavam imaginar onde estaria Xerife. “Para onde ele pode ter ido? Ele é um cão difícil, arredio. Quando a moça veio buscar, explicamos isso a ela. Agora, para voltar, vai ser difícil, porque vai ter que passar pelo Túnel (da Lagoinha) e pela Via Expressa”, conjecturou Cleuza. Pela manhã, Tatiana passou três horas percorrendo o Bairro Cidade Nova, na tentativa de encontrar Xerife, sem sucesso. “Vou voltar lá com Olívia, para ver se eles sentem o cheiro um do outro”, disse.

Tatiana mora em Brasília e vem para Belo Horizonte nos fins de semana. Está decidida de que, na viagem de volta, vai levar Kurt para o Distrito Federal. Nas entrelinhas, dá a deixa para que a mãe adote Xerife e ponha fim ao sofrimento do vira-lata, que vive à espera de Olívia na grade marrom da casa no Prado.

FUGA Essa não foi a primeira vez que Xerife fugiu, depois de ser retirado da porta da casa de Olívia. No bairro, a história já é conhecida e muita gente tentou levar o cão pra casa, mas ele se recusa. “Uma vez, levei ele para vacinar e o veterinário contou que umas seis pessoas já levaram ele à cliníca, na tentativa de adotá-lo, mas ele sempre fugia”, lembrou Tatiana. Na quarta-feira, ele escapou da coleira de um agente de endemias do Centro de Controle de Zoonoses da prefeitura, que foi ao local capturá-lo, depois de denúncias anônimas de que poderia atacar os pedestres. Dona Cleuza não esconde o carinho que tem pelo animal, mas explica a dificuldade em ficar com o bicho, por questões de saúde. “Não estou muito bem. Esse tanto de cachorro dá muito trabalho. Vamos ver se ele vai voltar”, deixa o assunto no ar.

As protetoras de animais que estavam intermediando a adoção de Xerife e os tratamentos na clínica no Bairro Cidade Nova também estão preocupadas com o futuro de Xerife. Uma delas, que preferiu não se identificar, disse temer pela situação em que o bicho se encontra. “No Prado, pelo menos, ele já conhecia o bairro, as pessoas. Agora está em um lugar estranho. Estamos angustiadas, porque não sabemos como e o quê ele está passando”, disse. As protetoras estão avaliando quais providências serão tomadas junto ao serviço de táxi-dog, contratado para buscar Xerife. “A motorista foi alertada de que ele era arisco e não se precaveu para evitar que ele fugisse. Foi uma irresponsabildiade”, avalia.

Fonte: EM

​Read More
Você é o Repórter

Labradora grávida e doente precisa de ajuda para tratamento, em SP

Rita de Cassia
rita_cassia.bibi@hotmail.com

Foto: Divulgação

Não dava mais para esperar, vamos resgatar a labradora e as duas ameaçadas, todas estão grávidas. Mas antes precisamos de ajuda, pois depois as ajudas somem e não é justo a protetora ficar com essa despesa, queue vai ser bem grande. A protetora em questão não quer se identificar  mas a conheço e é de confiança.

Já temos o taxi dog e R$ 200,00, mas precisamos de muita ajuda com ração de adulto e etc. Elas são grandes e vamos fazer um brechó de roupas sociais inclusive ternos para ajudar. Endereço de entrega da Rua Jornalista Sebastião Rodrigues , 31 Cidade Lider.

Banco Itaú
Agencia 0285
Conta corrente 34527-8
Cpf 076.188,168.9

Podem mandar os comprovantes para mim no email acima.

​Read More
Você é o Repórter

Filhotes são abandonados em terreno baldio, em SP

Sibele
sibele.garcia@itau-unibanco.com.br

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Eles estão em um terreno na Zona Leste, São Mateus, em SP e ainda não foram resgatados. Dá muita dó, tem uma protetora que vai lá e dá comida e às vezes vermífugo. O dono do terreno não liga para eles, pelo contrario.

Tenho um taxi dog que pode levar aonde for. Todos são meigos, carentes, bonzinhos. Estão sendo judiados no terreno em que estão, mal conseguem comer. Quem quiser eu trato e depois entrego bonitinho, me ajude a divulgar por favor.

Contato: Sibele (11) 87831111/ 22025410

​Read More
Você é o Repórter

Gato filhote sofre em local de abandono de animais em balsa, em SP

Raquel Rignani
raquelpxr@yahoo.com.br

Foto: Divulgação

Todos que começaram o trabalho na balsa alguns se cansaram, outros que  ficaram com animais e estão cuidando, mas ainda há muitos animais.

Eu fui apenas fazer o taxi dog mais não tem como não se envolver. Deste local já tirei  17 gatos estou dividindo com 2 amigas.

Não pude chegar lá e ver a situação e não voltar mais é uma desgraça total.

Há cadela com o rosto totalmente  coberto com uma casca grossa, um pit bull que apanha nas ruas e está machucado, cadelas abandonadas, velhinhos passando fome e cavalos também.

Mas hoje preciso de uma pessoa para cuidar deste filhote, castrar e doar como estou fazendo com os gatos e 2 cães, então não posso mesmo, já estou com 45 gatos sob meus cuidados.

Quem puder por favor  entre em contato, não vamos esquecer os animais que foram jogados para morrer neste inferno.

Contato: Raquel (11) 9880754

 

​Read More
Você é o Repórter

Poodle sofre por viver amarrado dia e noite em ferro velho, em São Bernardo (SP)

Denise
denisegrotti@uol.com.br

Foto: Divulgação

Esse cão na Vila Esperança, em São Bernardo do Campo, SP, há alguns meses. É de porte médio. Ele vive amarrado perto de sua casinha, num lugar descoberto e não dão água, nem comida para ele. Passo lá todos os dias e coloco um pouco de ração e água.

Falei com seu tutor, um senhor que me disse que não o solta porque, estando amarrado, ele late quando chega alguém e protege o seu negócio (venda de ferro velho ). Tem lixo por toda parte, inclusive ratos, pois outro dia, estava colocando ração para ele e vi um rato enorme passando.

Quem puder oferecer a ele um lar temporário, eu ajudo no banho e tosa, pois ele tá imundo e fedendo demais, coitadinho!

Depois, podemos providenciar a castração. Já conversei com o senhor e ele concordou em doar o cão. Quem se oferecer para resgata-lo, posso me encontrar com a pessoa na avenida Tiradentes, que é bem perto desse bairro.

Contato: Denise – denisegrotti@uol.com.br ou (11) 9629-3633

​Read More
Você é o Repórter

Cão abandonado na rua por tutor precisa de ajuda para tratamento, em SP

Sandra Cruz Cavalcante
amigosdepelos@gmail.com

Foto: Divulgação/ Sandra Cavalcante

Esse pobre peludo foi abandonado oito meses atrás, seu tutor se mudou e não o levou. Esses meses,tenho dado água e comida, para o Boby, mas não é  tudo que esse peludo precisa. Agora foi atacado por outros peludos na rua e está muito machucado, tendo muita febre por causa da infecção.

Estou com uma divída enorme de clínica veterinária e o Boby,vai precisar ficar mais alguns dias internado. Depois que tiver alta vou ter que levá-lo para meu abrigo. Estou precisando muito de ajuda.

A diária, sem os medicamentos, é R$ 15,00, o taxi dog é R$ 90,00 e a medicação R$ 25,00 .

Segues os dado para quem puder ajudar nas despesas do Boby, seu estado é grave, pois ele corre o risco de perder a pata.

Contato: Sandra ( 11 ) 5611-1795 / 9773-6589

Banco Itaú
Ag : 0736  C/C: 61306-8  CPF: 112.986.098/10

Banco do Brasil
Ag : 4213-7  C/C: 8844-7  CPF: 112.986.098/10

Caixa Econômica Federal
Ag: 4139 TIPO: 013 C/p :25328-5 CPF: 112.986.098/10

​Read More
Você é o Repórter

Cocker precisa de ajuda para não voltar às ruas, em SP

Fabiana Correa
ghatyhster@gmail.com

Foto: Divulgação/ Fabiana

A Antonella vai resgatá-lo, falta apenas o taxi dog. Apenas isso para que ele seja salvo. Por Deus, quem ajuda no taxi? A Guida que fará por 200 reais.

Eu venho pedindo há meses o resgate desse cocker. O Eduardo esperou até onde pode porque o cachorro não gosta da filha dele. Ele o pegou da rua e tentou de tudo, mas ele me ligou dizendo que não da mais. Até quarta é rua. É rua mesmo! Ele disse que a filha dele está em primeiro lugar. Ele me disse que  no ataque ele teve que defender a filha e acabou machucando a boca do cachorro.

Vamos tentar ajudar o animal e o Eduardo. Eles precisam de nós.

Sabemos o gênio da maioria dos cockers e que muitos não suportam crianças. Imaginem depois de meses em uma casa viver nas ruas de novo.

Contato com Fabiana no email acima.

​Read More
Você é o Repórter

Cachorro deitado na rua sem conseguir se levantar precisa ser resgatado em SP

Guida Arisa
guidaarisa@gmail.com

Agora que todo mundo sabe que trabalho com animais, vivem me enviando fotos de animais que precisam de ajuda. Estou sem carro hoje, porque está sendo vistoriado no detran, e não tenho como fazer o táxi-dog de graça.

A D. rose, a servente da escola onde estudei pediu socorro. Ela disse que esse cachorrinho está caído no chão e não se levanta. Está tremendo muito e não quer nem comer.

Por favor, gente, alguém pode resgatá-lo? Ele está na rua Olga de Souza Queiroz, do outro lado da rua, em frente ao mercadinho J. Z. Furlanetto

Acesse aqui o mapa do local.

Contato: Guida (11)  3923-625411/ 8213-5783

​Read More
Você é o Repórter

Protetor faz rifa para ajudar cadela que foi operada em SP

Wandercy
wandercy-gomes@uol.com.br

Xuxinha já passou no oftalmologista e precisou ser operada. Ela está se recuperando bem, mas preciso de ajuda para leva-la para retirar os pontos. O taxi dog custa R$ 60,00. Então estou rifando uma cesta de produtos para arrecadar o valor necessário para continuar cuidando dela. (Leia mais sobre o caso de Xuxinha na ANDA).

Os números em vermelho já foram escolhido.

Relação dos produtos:

– 1 sabonete liquido Cronos = 41,00

– 1 Creme para as mãos = 12,90

– 1 Caixa de sabone Macadamia com 5uni. = 14,70

– 1 Toalha Japonesa = 8,90

– 1 Refli sabonete liquido Erva doce = 22,80

– 1 Desodorante Biografia fem. completo = 17,50

– 1 uma caixa de sabonete/presente de frangoesa romã c/6 = 19,90

– 1 Cesta Decorada = 12,90

Valor total dos produtos R$ 150,60

Valor de cada número: 10,00 (dez reais)

Vamos lá a Xuxinha não pode esperar.

Conta para Ddepósitos

Banco Itaú
Agência 0748
C/C 57485-2
Wandercy Gomes

FAVOR ENVIAR O COMPROVANTE.

Contato: Wandercy – Cel.(11) 9396-6075/ Nextel: (11) 7761-8164 ID: 11*1001545 – wandercy-gomes@uol.com.br

​Read More
Você é o Repórter

Cachorros precisam de ajuda para serem retirados de área que será desativada em SP

Raquel Rignani
raquelpxr@yahoo.com.br

Eu fui até a ponte Nordestino para buscar a tal cachorrinha da patinha amputada, porém não a encontrei. Tirei fotos do local onde o Edson colocou água e um cobertor para ela. Entrei embaixo da ponte, onde ele disse que ela se esconde, mas também não a encontrei lá. Falei com o Antonio, que trabalha na obra, e ele disse que, depois que o Edson foi até lá, ele já procurou a cachorrinha várias vezes e nunca a viu.

Mas tem um problema gigante lá.

O local é utilizado para guardar material de asfaltamento de rodovias e será desativado na próxima semana e lá há 4 cães adultos e mais 3 filhotes. Um desses cães tem doença de pele, está em estado crítico.

Falei com a Antonella e ela disse que pagará o táxi-dog e pode assumir a mãezinha, porém sem os filhotes, pois não tem onde colocá-los, já que dispõe de apenas uma vaga porque teve um cão adotado recentemente. Os outros cães adultos e os filhotes alguém precisará assumir.

Tirei foto de todos e espero que eles possam sair de lá, pois, quando os funcionários sairem de lá na semana que vem, de um lado haverá a rodovia Ayrton Senna, e do outro lado, a Av. Guarulhos, o que significa dizer que, provavelmente morrerão de fome ou atropelados.

Cão com problema de pele precisa muito de ajuda. Foto:Divulgação

Contatos:
Angélica Reiki e Airton
Protetores, Taxi Dog e Resgates.
Fones: (11) 2369-7400
Claro:  (11) 9223-0599
Tim:     (11) 6425-4654

​Read More