Notícias

Filhote de tamanduá-bandeira é encontrado em rodovia da Bahia

Foto ilustrativa

O filhote de tamanduá-bandeira, encontrado pela Polícia Rodoviária Federal no km 506 da BR-101 na manhã desta quinta-feira, perto de Itabuna, será encaminhado para o centro do Ibama em Vitória da Conquista ou Porto Seguro.

O filhote passeava tranquilamente, aparentemente procurando alimento ou a mãe. Por ser um filhote e de hábitos lentos, e estar nas margens da rodovia, seria presa facil, por isso a PRF o levou para a Ceplac.

Fonte: A Região

Nota da Redação: Diariamente animais são recolhidos em rodovias ou em áreas urbanas. O motivo é a perda cada dia maior dos espaços de habitats naturais. O filhote de tamanduá-bandeira pode ser inclusive órfão, pois é comum o atropelamento de animais nas estradas. É necessário e urgente que as autoridades governamentais implementem políticas efetivas para proteger as espécies.

​Read More
Notícias

Ação visa sensibilizar sobre a necessidade de conservar a natureza em Curitiba (PR)

Quem passou pelo centro ou shoppings de Curitiba (PR) nos últimos dias pode ter se deparado com bichos da fauna brasileira. Arara-azul, onça-pintada, tamanaduá-bandeira, mico-leão-da-cara-preta e até um peixe-boi circulam livremente pelas ruas da cidade desde a terça-feira, 16. A ação é resultado da parceira da Fundação O Boticário de Proteção à Natureza com o Festival de Teatro de Curitiba para sensibilizar as pessoas sobre a necessidade de conservar a natureza e comemorar o Ano Internacional da Biodiversidade.


Mico-leão-da-cara-preta: sem teto por nossa culpa (Foto: Divulgação/Bem Paraná)


Até sábado, 20, atores vestidos de pelúcias alusivas a estes cinco animais ameaçados de extinção vão andar pela cidade, como se não tivessem lugar para morar. “A ação vai gerar curiosidade e levar uma mensagem implícita muito importante. Esses animais estão ameaçados de extinção principalmente pela destruição do seu habitat natural. A nossa proposta com essa intervenção urbana é chamar as pessoas a refletirem sobre o que temos feito com a “casa” deles e de todos nós”, afirma a diretora executiva da Fundação O Boticário, Malu Nunes.

No sábado, a partir das 20 horas, todos os bichos estarão reunidos no Marco Zero do Largo da Ordem. A Fundação O Boticário vai transformar o espaço numa “Floresta Urbana”, com projeções em três dimensões de cachoeiras, animais e árvores da Mata Atlântica. Haverá inclusive imagens de macacos pulando de galho em galho, ou melhor, de prédio em prédio.

Será a primeira vez que Curitiba terá uma apresentação da chamada projeção volumétrica. “A linguagem eletrônica, projeções e mídia se misturam e recriam 3 dimensões. As projeção das imagens na fachada de edifícios públicos é calculada para substituir o conjunto arquitetônico pelo contexto do vídeo”, explica Bernardo Medeiros da Costa, diretor da Go2nPlay Studios.

Toda intervenção foi idealizada pela Go2nPlay Studios e a Go1nstig. As atividades no Largo da Ordem começam a partir das 12 horas. Estão programadas apresentações musicais e atividades lúdicas para as crianças.

Fonte: Bem Paraná

​Read More