Notícias

Suspeitos de provocar queimadas na Amazônia são identificados no Pará

Três suspeitos de provocar queimadas na floresta amazônica no estado do Pará foram identificados pela Polícia Civil. Mandados de busca e apreensão foram cumpridos na casa dos suspeitos na quinta-feira (29).

Foto: Victor Moriyama/AFP)

Dois dos homens são irmãos e donos da fazenda Ouro Verde, em São Félix do Xingu, localizada dentro da Área de Proteção Ambiental Triunfo do Xingu, na jurisdição da Amazônia Legal. O terceiro é gerente da propriedade. Um deles foi preso em flagrante com um revólver calibre 38, sem porte legal.

No local, foram encontrados trabalhadores em situação análoga à escravidão. As informações são do Estado de Minas.

O diretor de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará, delegado José Humberto Melo, informou que as investigações concluíram que os homens derrubaram e incendiaram mais de 5 mil km de mata e que um deles pode ter contratado mais de 50 pessoas para derrubar 20 mil hectares na fazenda Ouro Verde.

Os três vão responder por danos à área de proteção ambiental, poluição, queimadas e associação criminosa.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More