Notícias

Especialistas dizem que 17 espécies de tubarão estão ameaçadas de extinção

O Grupo Especialista em Tubarões da União Internacional para a Conservação (IUCN) divulgou, na última quinta-feira (21), que 17 das 58 espécies avaliadas foram classificadas como ameaçadas de extinção.

“Nossos resultados são alarmantes”, disse Nicholas Dulvy, que preside o grupo de 174 especialistas de 55 países.

“Os tubarões que são especialmente lentos no crescimento, procurados e desprotegidos da pesca excessiva tendem a ser os mais ameaçados.”

Na lista vermelha de extinção também está o mako shortfin, que nada de 40 km a 70 km / h –  o mais rápido de todos os tubarões.

Considerados uma iguaria na China e em outras regiões da Ásia, o mako shortfin e mako longfin, são perseguidos e caçados por sua carne e barbatanas

“Hoje, uma das maiores pescarias de tubarão em alto mar é a do mako”, disse Dulvy à AFP. “É também um dos menos protegidos.”

O tubarão-anjo-da-cara-branca, o tubarão-anjo-da-argentina e o tubarão-anjo-albino entraram pela primeira vez na lista como “criticamente ameaçados”.

A Lista Vermelha

De acordo com o Daily Mail, uma proposta será votada em maio para listar o mako shortfin no Apêndice II da CITES, o que regularia sua pesca.

O Shark Specialist Group pede “limites imediatos de pesca nacionais e internacionais, incluindo proibições completas de desembarque das espécies avaliadas como ‘ameaçadas’ ou ‘criticamente ameaçadas'”.

​Read More