Notícias

Animais tutelados por funcionários dos Correios viram selos

Animais tutelados por funcionários dos Correios passaram a fazer parte da “Série América: Animais Domésticos”. As melhores fotos dos animais foram transformadas em 30 selos. O tema foi definido pela União Postal das Américas, Espanha e Portugal – Upaep, da qual os Correios fazem parte.

Foto: Correios/Reprodução

Para emissão dos selos foi realizado um concurso interno com os funcionários, que enviaram fotos dos animais que tutelam. Foram analisadas 1,7 mil fotografias. As informações são do portal OP9.

A série é composta por 15 cachorros, 10 gatos, um coelho, um peixe, uma galinha, um trio de periquitos australianos e uma calopsita. Os selos foram produzidos a partir de técnicas de fotografia e computação gráfica.

A emissão tem tiragem de 600 mil selos, com valor de R$ 1,55 cada, que podem ser adquiridos nas agências e no site oficial dos Correios.

​Read More
Notícias

Doença cerebral pode ter sido a causa da morte do urso Knut

(da Redação)

Knut, com um ano e aos três anos, à dir. e esq., respectivamente. Viveu 4 anos confinado e infeliz no zoo de Berlim. Foto: John MacDougall/AFP

A morte de Knut no sábado passado pode ter sido causada por uma doença cerebral, segundo comunicado oficial do zoo de Berlim (Alemanha), onde ele vivia desde o seu nascimento, há quatro anos. “Os primeiros resultados da necrópsia apontam para significativas alterações cerebrais, o que poderá explicar a morte inesperada do urso Knut. Os patologistas não encontraram qualquer alteração em outros órgãos”, afirma o comunicado.

Os resultados ainda são preliminares. O Instituto Leibniz irá demorar ainda alguns dias até concluir os testes bacteriológicos e dos tecidos dos órgãos do urso. O Zoo de Berlim prometeu tornar pública a conclusão final da necrópsia. Knut morreu no sábado (20) aparentemente após uma crise epiléptica diante de cerca de 600 pessoas, como noticiado na ANDA.

A AFP adianta que os serviços postais alemães vão emitir selos em homenagem a Knut e as lembrança relacionadas com ele tornaram-se um autêntico negócio. A exploração da imagem de Knut rendeu em apenas quatro anos, mais de cinco milhões de euros para o zoo de Berlim. Como a cobiça humana não tem limites, o Jardim Zoológico de Neumuenter reinvindicou uma parte desses lucros, argumentando que tinha emprestado ao zoo de Berlim o pai de Knut, Lars.

O presidente da Federação alemã do Bem-Estar Animal, Wolfgang Apel, afirmou que o Zoo de Berlim estava demasiado ansioso para que Knut acasalasse. Mas partilhar o seu espaço com três fêmeas (incluindo a mãe, Tora) era “puro stress”, uma vez que os ursos polares estão habituados a viver isolados no seu estado selvagem.

O Zoo de Berlim irá erguer um monumento em homenagem a Knut, disse Thomas Ziolko, presidente dos Amigos do Zoo de Berlim. “Knut continuará a viver no coração de muitos visitantes, mas é importante construir um memorial para as gerações futuras para preservar a memória deste animal com uma personalidade única”, afirmou.

Nota da Redação: Reafirmamos a nota anterior e repetimos aqui: Triste vida e triste morte de Knut.

​Read More