Notícias

Prefeitura de Maringá (PR) vai notificar tutores que deixarem animais soltos

Os tutores de bois e cavalos terão prazo de 60 dias para recolher os animais soltos em Maringá (PR) sob pena de notificação, multa e apreensão do animal. O prazo foi definido em uma reunião nesta quinta-feira (10) entre o prefeito em exercício, Cláudio Ferdinandi, e representantes de secretarias municipais, órgãos de segurança e Ministério Público.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Umberto Crispim, há casos de tutores que rompem o cercamento dos fundos de vale e utilizam a área de preservação para a alimentação de animais. A prática tem causado a destruição de mudas e comprometido o trabalho de reflorestamento, bem como coloca em risco à segurança de pedestres e motoristas.

“A administração municipal faz um trabalho de cercamento, plantio de mudas e calçamento ecológico nos fundos de vale, mas infelizmente há casos de bois e cavalos nestas áreas, prejudicando o trabalho de recuperação ambiental e exigindo ainda mais recursos públicos para consertar os estragos, além de protegê-los”, lamenta Crispim.

Fonte: O Diário

​Read More