Notícias

PL que prevê criação de Samu para animais é aprovado em Santos (SP)

Reprodução/Pixabay/Imagem Ilustrativaato-p

Os vereadores de Santos, no litoral de São Paulo, aprovaram um projeto de lei que prevê a criação de um serviço de atendimento móvel veterinário, denominado “SamuVet”, que prestará socorro a animais em vias públicas da cidade.

Aprovado em segunda votação na última terça-feira (15), o projeto segue para análise do prefeito, que decidirá pela sanção ou pelo veto.

Animais atropelados nas ruas do município terão prioridade de atendimento caso a proposta se torne lei, além daqueles que estejam em situação de risco ou tenham sido maltratados.

De autoria do vereador Sérgio Santana (PL), o serviço funcionará 24 horas. Um veículo especializado será usado no atendimento dos animais e contará com maca, caixa de transporte e materiais para emergência. Uma carreta será acoplada ao automóvel para atender animais de grande porte.

O SamuVet não poderá, porém, ser acionado diretamente pela população. Os atendimentos serão realizados mediante demandas repassadas pela Guarda Municipal, pela sessão de Zoonoses ou pela Coordenadoria de Defesa da Vida Animal (Codevida) de Santos.

Após prestar socorro ao animal, a equipe da área de medicina veterinária irá avaliar a necessidade de cirurgia ou tratamento especializado. Os resgatados poderão ser encaminhados ao setor de zoonoses.

Para o autor da proposta, o SamuVet tem o objetivo de preservar a vida dos animais através dos atendimentos de urgência e emergência. Serviços similares já existem em Florianópolis, Salvador e São Paulo.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Bragança Paulista (SP) conta com serviços voltados ao bem-estar animal

Ações de controle populacional, por meio de castrações e de socorro emergencial a animais feridos ou doentes, que vivam em situação de rua, são executadas pela prefeitura


A cidade de Bragança Paulista, no interior de São Paulo, conta com o Castramóvel e o SAMUVET, dois serviços que visam promover o bem-estar dos animais domésticos.

Foto: Prefeitura de Bragança Paulista

O Castramóvel é um ônibus equipado com centro cirúrgico que faz a castração de animais da cidade. O número de esterilizações, segundo a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, está em processo de expansão em 600%. O serviço ofereceu 2.550 cirurgias em um ano. Os animais também foram identificados através de microchips.

De acordo com informações da prefeitura, o programa tem como público alvo, prioritariamente, animais abandonados e tutelados por famílias de baixa renda. Interessados em castrar animais devem fazer um cadastro na Secretaria do Meio Ambiente.

A castração combate crias indesejadas, reduzindo o abandono, elimina problemas de comportamento e doenças, como câncer e infecções, prologando a vida do animal.

A população da cidade pode contar ainda com o Atendimento Móvel de Urgência Veterinária – SAMUVET. O serviço, que funciona 24h, atende animais abandonados doentes ou feridos, e pode ser acionado, apenas em casos de emergência, pelo telefone (11) 94304-1312, por meio de ligação ou WhatsApp.

Após serem resgatados pelo SAMUVET, os animais são levados para o Abrigo Municipal de Cães e Gatos, onde recebem tratamento, são vermifugados, castrados e vacinados. Quando estão recuperados, eles são disponibilizados para adoção.

Mais informações sobre os serviços oferecidos pela administração municipal podem ser obtidas na Secretaria do Meio Ambiente, localizada no Parque Luiz Gonzaga da Silva Leme (Jardim Público), na Rua Madre Paulina, Centro, nº 301, pelo e-mail smma@braganca.sp.gov.br, ou ainda através do telefone (11) 4034-6780.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Vereador sugere crianção de SamuVet para socorrer animais em Porto Ferreira (SP)

Divulgação
Divulgação

O vereador Élcio Arruda (PMDB) solicitou ao Executivo municipal, por meio de indicação, um estudo detalhado aos departamentos competentes da Prefeitura para uma futura criação do serviço para socorro de animais acidentados no município.

O Samu Vet, como o serviço é denominado, prevê o resgate dos animais por uma equipe treinada. Os animais receberiam os primeiros cuidados, como curativos e medicamentos, além de pequenas cirurgias.

Em suas considerações o parlamentar pontuou que existem dezenas de animais que são acidentados semanalmente nas ruas da cidade.

Para o vereador, um veiculo e equipe apropriada seria de grande valia para salvar a vida dos animais. E ainda, o projeto poderia ser executado em parceria com ONGs, veterinários e voluntários, diminuindo assim seu custo.

Mencionou ainda Arruda que o município já possui o Centro de Zoonoses, o que também facilitaria a instalação de uma sala de curativos e pronto socorro.

O vereador ainda buscou informações junto à prefeita Renata Braga e ao Diretor de Saúde Geraldo A. Ribeiro, se existe a possibilidade da criação de um projeto como o sugerido no futuro, e se o departamento responsável poderia fazer um levantamento dos custos mensais da projeto e valores para aquisição de um veículo para socorro, orientação e castração de cães e gatos.

“Este projeto já existe em algumas cidades e os resultados são fantásticos. Para podermos colaborar com os custos, solicitei ao deputado estadual Jorge Caruso (PMDB) e federal Alex Manente (PPS) recursos para aquisição de uma van, que englobaria também o castra-móvel e combate a maus-tratos a animais, principalmente cães e gatos”, comentou o vereador Élcio.

Fonte: Porto Ferreira Hoje

​Read More
Notícias

Samuvet reforça atendimento a animais abandonados em Pouso Alegre (MG)

Divulgação
Divulgação

Um serviço de transporte de animais abandonados que precisam de socorro médico está em funcionamento em Pouso Alegre (MG). Batizada de Samuvet, a unidade móvel dá suporte à clínica veterinária que atende animais abandonados. Cerca de 50 ligações para resgate são recebidas.

“A demanda aumentou com o Samuvet porque o atendimento também mais ágil. Ao mesmo tempo que a pessoa contata o Samuvet, eu sou contatado e nós chegamos ao mesmo tempo na clínica”, explica o veterinário José Roberto da Silva.

O Samuvet começou a funcionar há três semanas e é coordenado pelo Centro de Bem Estar Animal, órgão municipal que acolhe animais abandonados e coloca para adoção. Ao receberem uma chamada de resgate, o centro faz a triagem para atender os casos mais graves, uma vez que a capacidade de atendimento ainda é pequena diante da demanda na cidade.

A cachorrinha Clara foi uma das primeiras pacientes. Ela foi atropelada na sexta-feira (1) e teve que amputar uma das patinhas. O município ainda não tem como arcar com as despesas de cirurgias mais complexas como as delas e, nesses casos, conta com o apoio de protetores de animais.

“A gente faz bingo, pede doações, faz campanha, o que a gente puder fazer por eles a gente faz”, diz o protetor Isac Rafael de Avelar Silva.

O Samuvet atende 24h por dia animais de pequeno porte que estão na rua. O veículo apenas realiza o transporte. Na clínica veterinária é que o animal recebe os cuidados. De lá, o animal é levado para o Centro de Bem Estar, onde é castrado e colocado para a adoção. O serviço é contatado pelo (35) 99818-5130.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Aperto nas contas faz Cachoeirinha (RS) diminuir atendimento de Samu para cachorros

Serviço foi lançado em janeiro de 2015 Foto: Divulgação / Prefeitura de Cachoeirinha
Serviço foi lançado em janeiro de 2015
Foto: Divulgação / Prefeitura de Cachoeirinha

Em operação desde janeiro de 2015, o SamuVet de Cachoeirinha vai diminuir os serviços oferecidos no resgate de animais. Devido à queda na arrecadação de um fundo que mantém a iniciativa, o Samu Veterinário atender apenas cães atropelados ou vítimas de maus-tratos. A lista passa a excluir o cuidado com cachorros comunitários ou doentes abandonados em vias públicas.

O Fundo Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Fundema) está com arrecadação 50% menor do que o previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA). Segundo o município, isso acontece por que diminuiu o pedido de licenças ambientais, o que explica a queda na entrada de recursos.

SamuVet

O SamuVet iniciou os trabalhos em 27/1 desse ano. Mais de 200 animais já foram atendidos. O serviço pode ser acionado em casos de cães atropelados ou vítimas de maus tratos pelos telefones 3441-4312 e 3439-3287 (das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira). O telefone 153 (Guarda Municipal) deve ser utilizado fora do horário comercial.

Fonte: Radar Metropolitano

​Read More
Notícias

SamuVet completa uma semana de atendimento a animais em Florianópolis (SC)

O Samuvet, ambulância da Diretoria de Bem Estar Animal de Florianópolis, completou uma semana de funcionamento na sexta-feira (8). O serviço atende animais de rua em risco de vida e responde chamados da PM, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal.

De acordo com o idealizador do projeto e diretor do Bem-Estar Animal, Eduardo Cavalazzi, três atendimentos foram feitos até agora, sendo que um foi uma remoção de uma cadela Pit Bull abandonada e outros dois de atropelamento de animais que, infelizmente, morreram no local.

A cadelinha resgatada é uma Pit Bull Terrier de pelagem cinza que foi abandonada perto de uma escola. Algumas crianças acabaram deixando-a estressada, e por isso o Dibea teve de ser acionado. Apesar disso, Cavalazzi garante que ela não é violenta.

– Ela estava com medo e estressada pelas crianças, que ficavam em cima dela. Mas ela não mordeu ninguém e nem atacou. Ela é inclusive bastante tranquila com outros animais. Mas é uma cachorrinha assustada que foi abandonada – explica.

A Pit Bull será colocada para adoção na página Adote um Amigo, mantido pelo Dibea e pela Prefeitura Municipal de Florianópolis.

Fonte: Tudo Sobre Floripa

​Read More