Notícias

Jujuzão e outros animais estarão disponíveis em feira de adoção

A ONG Salve se Puder realiza mensalmente uma feira de doação de cães e gatos em um espaço cedido pelo autoposto Lótus, em Sorocaba. O objetivo é encontrar lar para os animais que são abandonados nas ruas e que são recolhidos, provisoriamente, por protetores. Na edição de maio foram adotados 27 cães e 12 gatos.

Foto: Divulgação

A ONG não conta com abrigo para animais e atua como parceira dos protetores que precisam doar cães e gatos. A presidente da Salve se Puder, Cristina Tagliassachi Hubner explica que os animais para adoção são cadastrados previamente e devem estar vermifugados na ocasião da feira. Os animais que não conseguem um lar voltam para a pessoa responsável e aguardam a próxima feira de doação. Cristina informa também que todos os animais adotados na feira têm direito a uma consulta grátis com veterinários parceiros da entidade e a Ong prioriza os animais que foram abandonados nas ruas ou em portas de casas, terrenos e construções.

Flávia Ramires sabe bem o que é recolher animais da rua mesmo quando não há espaço para mais um animal. O cachorro da foto foi abandonado há cerca de um mês pelos antigos tutores e ela e o namorado resolveram resgatá-lo. Cuidaram dele, aplicaram vacina contra raiva e a chamada V8 – que previne 6 tipos de doenças: adenovírus (tipo 1 e 2), leptospirose (2 sorotipos), cinomose, hepatite infecciosa canina, parvovirose e coronavirose – e procuraram por diversas entidades que pudessem promover um novo lar para o bichinho. Acabaram por cadastrá-lo para próxima feira da Ong Salve se Puder. O veterinário que atendeu o cachorro disse que ele deve ter aproximadamente um ano.

Flávia conta que ele é extremamente dócil e pesa 13 quilos. Ela espera que na próxima feirinha, nos dias 11, 12 e 13 de junho, o animal encontre finalmente tutores que possam cuidar dele com carinho e que continuem promovendo a saúde do animal como ele merece e como ela e o namorado vêm promovendo.

Apesar de toda essa boa vontade, para Flávia é impossível cuidar de mais esse cão, pois ela já tem três animais: o schnauzer Bóris e as poodles Susi e Fifi, que vivem dentro de casa. O Jujuzão – nome provisório dado pelo casal ao simpático cachorro – fica no quintal, por conta do tamanho. Mas ela se preocupa com a segurança do cachorro a cada vez que precisam abrir o portão. Como ele vive solto no quintal pode fugir e acabar sendo atropelado.

Se você está interessado em adotar o Jujuzão e continuar com os cuidados que a Flávia tem dispensando ao bichinho, mande um e-mail para <ela@jcruzeiro.com.br> que colocaremos em contato com a protetora. Ela conta que mesmo sendo provisório, o Jujuzão já atende pelo nome. Ele já tem até carteirinha de saúde!, comemora ela. O que falta mesmo é um lar.

Se não for adotado antes da feira, Jujuzão será um dos animais disponíveis para adoção no autoposto Lótus. A Ong também esclarece aos protetores interessados em se cadastrar que animais de grande porte devem permanecer na feira acompanhados de seus cuidadores, já que a Salve se Puder não conta com cercados que comportem grandes animais.

As pessoas que pretendem doar animais devem se cadastrar até uma semana antes da feira, através do telefone (15)9765-8577, de segunda a sexta-feira, das 9 às 12 e das 14 às 17 horas. Os doadores devem apresentar RG, CPF e comprovante de endereço no dia da feira.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul


​Read More
Notícias

ONG de Sorocaba faz doação de animais neste final de semana

Nesta sexta (9), sábado (10) e domingo (11), sempre das 8h às 17h, no estacionamento do Posto Lotus (Av. Dom Aguirre), a ONG “Salve se Puder” realiza feirinhas para a doação de cães e gatos, em Sorocaba. Os animais são totalmente sadios e bem cuidados e estão à procura de um lar.

Imagem: s/c

Atuando em Sorocaba desde 2006, a ONG “Salve se Puder” é uma organização não governamental sem fins lucrativos, de caráter ecológico, educacional, assistencial e fiscalizador, com a finalidade de lutar pelos direitos dos animais e por um meio ambiente saudável.

Atualmente, a ONG não recebe nenhum tipo de apoio financeiro de empresas ou poder público, sendo exclusivamente mantida pelos membros da diretoria. A “Salve se Puder” não possui sede própria e conta apenas com um pequeno canil na cidade, onde estão cães idosos resgatados pela ONG e disponíveis para adoção.

A ONG “Salve se Puder” tem parceria com veterinários que auxiliam no trato dos animais e se utiliza de lares provisórios para abrigar animais adultos saudáveis e filhotes.

Mais informações:

Local: Posto Lotus – Av. Dom Aguirre, 1835
Jd. Santa Rosália
(15) 9765-8577

Fonte: VIVAcidade


​Read More
Notícias, ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Feira quer doar 64 animais de estimação

Será realizada neste final de semana, de amanhã (14) até domingo (17), mais uma feira de doação de animais promovida pela ONG “Salve se Puder”. Para esta edição, estarão à espera de um lar 28 gatos e 36 cães, totalizando 64 animais. A feira de doação será no auto-posto Lotus, na avenida Dom Aguirre, próximo do Corpo de Bombeiros, no Jardim Santa Rosália, em Sorocaba (SP) das 9h às 17h na sexta-feira e no sábado, e das 9h às 14h, no domingo.

A entidade não possui abrigo e por ese motivo, todos os animais que estarão na feira vêm sendo tratados, provisoriamente, pelas pessoas que os encontraram. E é essa mentalidade que a presidente da ONG, a veterinária Cristina Tagliassachi Hübner, espera incentivar. Ela orienta as pessoas que encontram um animal nas ruas e querem ajudá-lo, a assumirem responsabilidade por ele, dando-lhe um lar provisório, tratando-o (vermifugação e vacinação), para depois cadastrá-lo nas feiras de doação, quando haverá possibilidade de encontrar um lar definitivo para ele. ”É preciso abrir a mente, pois existem muitos animais à espera de um lar como a nossa casa. Um animal sem raça definida, e mesmo adulto, será, sem dúvida, um companheiro tão bom quanto um filhotinho de raça”, diz Cristina.

A feira de doação será realizada neste final de semana em um auto-posto, em Sorocaba (Imagem: Reprodução/Jornal Cruzeiro do Sul)
A feira de doação será realizada neste final de semana em um auto-posto, em Sorocaba (Imagem: Reprodução/Jornal Cruzeiro do Sul)

Ela alerta, ainda, que o abandono de animais em terrenos, construções, e mesmo em portas de casas é crime, e quem for flagrado poderá ser preso. “Caso você não possa adotar um animal, cuide dele, castre, vacine, e procure um tutor responsável ou uma das feiras de adoção”, finaliza.

Todos os animais adotados na feira terão direito a uma consulta grátis com veterinários parceiros da entidade. Mas quem quiser levar um amigão, ou amigona de quatro patas para casa, deve ter no mínimo 18 anos, apresentar RG, CPF, comprovante de endereço e assinar um “Termo de Responsabilidade”, onde constarão os dados do responsável, do animal e do adotante, além do Art. 32 da Lei de Crimes Ambientais nº 9605/98, que tipifica como crimes o abandono e os maus tratos, prevendo pena de 3 meses a um ano, além de multa. Na feira, os novos tutores dos bichinhos de estimação receberão orientações sobre guarda responsável e cuidados iniciais que os animais necessitam. Os interessados passam por uma breve entrevista antes de efetuar a adoção. São considerados espaço físico e composição familiar, entre outros fatores.

Como se cadastrar para feira

As pessoas que pretendem doar animais devem se cadastrar até uma semana antes da feira, através dos telefones 9765-8577, 9759-0417 e 9759-0418, de segunda a sexta-feira, das 9 às 12 e das 14 às 17 horas. Os doadores devem apresentar RG, CPF e comprovante de endereço no dia da feira.

Mas para participar das feiras os animais devem estar vermifugados, e vale frisar que os que não conseguem um lar voltam para a pessoa responsável e aguardam a próxima feira de doação.

Os animais de grande porte deverão ser acompanhados dos seus cuidadores e com guia, pelo fato da ONG não possuir cercados que os comportem.

Os cadastros dos animais para doação da feira do mês de setembro podem ser feitos até 4 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 9 às 12 e das 14 às 17 horas através dos mesmos telefones.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

​Read More