Notícias

Panda sai da lista de animais em perigo de extinção

23
Divulgação

O panda gigante, que por anos foi símbolo da fragilidade da natureza frente à devastação provocada pelo homem, está um pouco mais a salvo. O animal não consta mais na lista das espécies em perigo de extinção.

Relatório da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN) tirou o antigo status de “em perigo” do panda gigante e o classificou como “vulnerável”. Segundo a instituição, a reclassificação reflete o aumento da presença do animal nas florestas do sul da China.

A população de pandas selvagens saltou de 1.596 em 2004 para 1.864 em 2014. O resultado foi alcançado com o trabalho de agências chinesas impondo proibições à caça e expandindo reservas florestais.

Organizações de proteção dos animais saudaram a recuperação do panda. “É um sucesso significativo de conservação após anos de esforços por parte do governo chinês, de comunidades e de ONGs”, disse Glyn Davies, diretor-executivo da ONG de proteção das florestas.

O ativista alertou, contudo, para a queda global de cerca de 52% nas populações de mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes em todo o mundo entre 1970 e 2010.

Fonte: Notícias UOL

​Read More
Notícias

Cão sai para fazer xixi e acaba salvando a vida de um homem desconhecido, nos Estados Unidos

05
Divulgação

Em abril deste ano, no meio de uma tempestade de neve que acontecia bem cedo pela manhã em uma cidade de Flagstaff, no Arizona, Estados Unidos, quando John Paul Roccaforte foi acordado por seu cão Izzy, que, apesar da neve, queria sair para fora de casa fazer xixi.

Divulgação
Divulgação

Agitado com o barulho de Izzy, o outro cão de John, também quis ir para o lado de fora, porém Marley queria mais do que apenas fazer xixi, ele escutou algo que chamou sua atenção.

Para John tudo parecia estar calmo e quieto na floresta próximo da sua propriedade, como sempre foi. Mas Marley sabia que naquele dia tinha algo diferente por ali.

“Ele começou a correr bem próximo a cerca, latindo. Marley é realmente sensível às coisas, e eu poderia dizer que ele estava realmente sentindo alguma coisa. Eu olhei para fora, mas não vi nada na escuridão, então eu comecei a voltar para dentro. Logo em seguida escutei uma voz vindo bem de longe, da floresta”, contou o tutor do cão ao site The Dodo.

Marley sentiu e percebeu o que ninguém mais poderia, um caminhante perdido na floresta e já à beira da morte.

John seguiu os chamados e ao encontrar um homem quase congelando chamou o 911. A polícia chegou logo para salvar o jovem que estava perdido ali por tempo suficiente para já não conseguir mais nem andar e com roupas que mais combinavam com um dia na praia.

A equipe conseguiu regatar o homem, mas admitiram que quem realmente o salvou foi o cão que percebeu sua presença na floresta e que era ao Marley que o homem deveria agradecer por ter sobrevivido.

“Um dos oficiais me disse, ‘Marley é o herói deste caso’. Aquele cara teria definitivamente congelado até a morte caso Marley não percebesse sua presença. Foi incrível. Ele realmente nos avisou que algo estava acontecendo ali”, contou o tutor orgulhoso de seu cão. As ações de Marley naquele dia receberam elogios de toda a comunidade da região.

John disse ainda que embora tenha achado surpreendentemente o fato de Marley ter salvado a vida de um estranho, ele lembra que o próprio cão também foi resgatado ainda quando filhote.

“Nós o pegamos de Second Chance Center for Animals, um abrigo aqui em Flagstaff. Ele é realmente um bom cão. Ele tem um sentido tão aguçado de consciência do que está acontecendo ao seu redor. Nós realmente adoramos cães resgatados. E eles realmente precisam ser adotados. Este é um exemplo que Marley deu todos nós”, finalizou John.

Divulgação
Divulgação

Fonte: Portal do Dog

​Read More
Notícias

Polícia apreende 19 pássaros silvestres em Bauru (SP)

Aves estavam em uma casa na área rural da cidade; responsável foi multado em R$ 23.500

No total, foram apreendidas 19 aves canoras. (Divulgação/SSP)

Policiais militares ambientais apreenderam 19 pássaros silvestres em uma casa na área rural de Bauru, a 326 km de São Paulo, no último domingo (27). Apesar de o responsável ter apresentado uma autorização do Ibama, várias espécies que estavam presas em gaiolas e alçapões não constavam na lista, e outros não tinha anilhas identificadoras. Por isso, ele foi multado em R$ 23.500.

Os policiais chegaram ao local após notarem que havia uma gaiola com pássaros em frente à casa, com dois alçapões acoplados que funcionavam para capturar outras aves. Outras três gaiolas, todas com pássaros, estavam penduradas em árvores nas imediações.

No total, foram apreendidas 19 aves canoras: seis canários da terra, um bico de veludo, um bicudo cinza, um bico de prata, um bico de pimenta, cinco coleirinhas, um trigueirinho, um saí azul e preto, um tico-tico rei e um sangrinho. Segundo a Secretaria de Secgurança Pública de São Paulo, elas foram fotografadas e devolvidas “temporariamente” ao responsavel “por falta de local adequado na delegacia”.

Fonte: R7


​Read More