Notícias

Tutora coloca banner em avião e oferece sete mil dólares de recompensa para encontrar seu cão

Foto: Emilie Talermo
Foto: Emilie Talermo

Uma tutora que vive em São Francisco, nos Estados Unidos está oferecendo uma recompensa de 7 mil dólares para quem encontrar seu cachorro da raça pastor australiano, roubado enquanto estava do lado de fora de um mercado.

Emilie Talermo até contratou um avião para voar com uma faixa sobre a cidade na esperança de encontrá-lo.

Talermo disse na quinta-feira (19) que está fazendo tudo o que pode para encontrar seu cachorro, Jackson, desde que foi roubado no sábado (14) em frente a uma mercado no bairro de Bernal Heights.

“Sou apenas uma pessoa e realmente preciso de ajuda para divulgar as informações de Jackson”, disse Talermo.

O vídeo gravado pelas câmeras de vigilância do supermercado mostra um homem de capuz se aproximando do banco onde Jackson estava amarrado.

Talermo e suas amigas distribuíram milhares de panfletos com a foto do cão que pesa 12 kilos de pelo branco, preto e cinza e olhos azuis brilhantes.

Ela também criou um site, bringjacksonhome.com, onde está oferecendo uma recompensa de 7 mil dólares, “sem perguntas”, e até abriu uma conta para o cachorro “de olhar doce” no Tinder.

Foto: Twitter
Foto: Twitter

“Ele está sempre comigo. É um amor muito real o que temos um pelo outro”, disse Talermo, com a voz embargada. “Eu só preciso de ajuda para encontrá-lo”.

Ela contratou um avião por 1.200 dólares para colocar um banner com o endereço do site de busca que circulou por São Francisco e Oakland por duas horas na quinta-feira (19).

Para ajudar a financiar sua busca pelo cachorro, Talermo lançou uma campanha de arrecadação de fundos no site GoFundMe, onde arrecadou mais de 7 mil dólares desde terça-feira (17). Ela planeja doar o dinheiro extra para o abrigo Rocket Dog Rescue.

Talermo disse que adotou Jackson, que tem lindos olhos azuis e 5 anos de idade em Nova York (EUA). Eles se mudaram então, para Los Angeles e depois para São Francisco.

“As pessoas que conheci ao longo dos anos conhecem meu amor por esse cachorro. Estou impressionada e comovida com o apoio de todos”, disse ela. As informações são da AFP.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Sobrevivente de câncer reencontra cão que foi roubado dela há três anos

Foto: Ana Campos
Foto: Ana Campos

Um cão leal finalmente encontra sua tutora amada que nunca parou de procurar por ele, embora Semper tenha desaparecido há três anos.

E a história de como eles conseguiram se encontrar novamente além de real, é épica.

O cão da raça husky siberiano entrou pela primeira vez na vida de Kameroun Mares no momento em que ela mais precisava de amor e companheirismo.

Mares estava fazendo tratamento para leucemia linfoblástica aguda. Foi logo após a quimioterapia no verão de 2013 que ela conheceu o jovem cão e decidiu torná-lo parte de sua família.

Foto: Ana Campos
Foto: Ana Campos

Ela o batizou de Semper Fidelis – “Sempre fiel” em latim – e o chamava de Semper.
“Ele sempre foi fiel a mim”, disse Mares ao The Dodo. Mas, por mais fiel que Semper fosse, algo ainda conseguiu separar Mares de seu amado cão.

Em 2016, Mares teve que ir para a Califórnia (ela morava na Flórida) para tratamentos médicos adicionais e sua colega de quarto na época concordou em cuidar de Semper. Mas Mares recebeu um telefonema da amiga que ela nunca esperava. “Ela me disse que ele havia desaparecido”, conta Mares.

Quando ela voltou, procurou por toda parte por Semper. Mesmo quando ela teve que se mudar para a Califórnia no final daquele ano, ela continuou contatando abrigos na Flórida procurando incansavelmente por ele.

Foto: Ana Campos
Foto: Ana Campos

“Durante um ano, continuei procurando mesmo morando na Califórnia, postando em sites de animais perdidos, ligando para as 15 clínicas veterinárias onde eu costumava levá-lo quando morava lá, ligando para ONGs, abrigos”, disse Mares. “[Eu] postei informações sobre ele no Facebook, fóruns de cães perdidos, páginas e grupos. Todos os dias eu esperava por um telefonema de alguém falando que o encontrou. Seu microchip estava registrado em meu nome desde que ele tinha 3 meses, eu ainda não tinha notícia alguma. Eu estava preocupada com ele, e sentia muito sua falta”.

Foi quando Mares decidiu pedir ajuda. Ela contratou uma investigadora particular, Ana Campos, para ajudar a rastrear seu amado cão.

“Ela comprou uma inscrição vitalícia no AKC Reunite (registro de microship)”, disse Campos ao The Dodo.

Foto: Ana Campos
Foto: Ana Campos

“Um ano depois, alguém sugeriu que ela checasse seu chip AKC Reunite novamente.

Então ela foi para a Humane Society em maio de 2017 e eles verificaram on-line. Foi quando ela descobriu que um ano antes, em 11 de abril de 2016, uma mulher adicionou seu nome ao chip de Semper”.

Aparentemente, a outra empresa de chips não verificou se um proprietário já estava registrado no chip de Semper. Campos descobriu que alguém havia colocado Semper na Craigslist à venda por 200 dólares e é por isso que ele nunca apareceu, apesar de toda a busca de Mares.

Finalmente, no outro dia, Semper se reuniu com Mares – e tanto o cachorro quanto Mares ficaram emocionados. Mares começou a chorar de alegria e Semper ficou tão excitado que não conseguia parar de pular.

“Ser capaz de desempenhar um papel nesta reunião tão bonita e estar presente nesse momento foi um dos melhores dias da minha vida”, disse Campos.

Semper está se acomodando muito bem em sua família, fazendo longas caminhadas em torno de seu novo bairro na Califórnia e se divertindo com Mares (cujo câncer está felizmente em remissão).

“Ele ainda se lembra de seus comandos e truques que eu ensinei a ele”, disse Mares.

“Meu favorito especial é o comando ‘vá para casa’ … digo-lhe: ‘Semper, vá para casa. Onde está a casa? Vá para casa'”. E Semper encontra a porta exata.

“Eu o vejo como uma extensão de mim e do meu coração”, disse Mares. “Estou feliz por tê-lo de volta em meus braços”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Histórias Felizes, Notícias

Cachorro que foi roubado da casa de tutora a reencontra depois de dois anos

Foto: MKP "Schaslivі tvarini"
Foto: MKP “Schaslivі tvarini”

No início deste mês, voluntários de um abrigo de animais na Ucrânia receberam na entidade um cão enorme em situação de rua, com lindos e tristes olhos azuis, magro ao extremo e assustado, olhando para ele via-se claramente que a vida nas ruas não tinha sido gentil com o cachorro.

Seu corpo desequilibrado-se sobre as patas e a pele sarnenta com tufos de pelos faltando, sugeriam algumas das muitas dificuldades que ele possivelmente havia enfrentado até ali.

A equipe de resgate estava determinada a encontrar para aquele cão sofrido um novo lar feliz – sem perceber, é claro, ele já tinha um. E esse alguém estava sentindo muito a falta dele.

Foto: MKP "Schaslivі tvarini"
Foto: MKP “Schaslivі tvarini”

No dia em que o cachorro foi trazido, sua foto foi tirada e postada on-line para procurar por possíveis adotantes.

Dada sua condição de saúde prejudicada e o tempo que seria necessário para tratar e curar o animal, talvez parecesse improvável que o pobre cão atraísse muito interesse – mas a tristeza em seus olhos chamou a atenção.

Em poucas horas, o post foi compartilhado centenas de vezes por pessoas ao redor do mundo.

Essas ações nas mídias sociais fizeram toda a diferença.

Foto: Galina Lekunova
Foto: Galina Lekunova

Apenas dois dias depois, o abrigo foi contatado por uma mulher cujo cachorro havia sido roubado de seu quintal em 2017. Alguém havia enviado o post do abrigo para ela e a mulher havia ficado impressionada com a semelhança entre o cachorro na foto e o seu amado cão desaparecido.

“Ela estava procurando por seu cachorro há dois anos”, disse Galina Lekunova, que trabalha no abrigo, ao The Dodo. Mas aquele cão tão sofrido e judiado poderia ser realmente ele?

No dia seguinte, um encontro foi organizado para confirmar a suspeita – e logo ficou óbvio que era de fato um reencontro. E um post sincero e emocionado resultou do encontro:

“Lágrimas de alegria pela manhã!” o abrigo escreveu sobre aquele momento, chamando a reunião de “milagre”.

O cachorro, cujo nome é Lord, havia esperado tanto tempo por aquele dia. Ele estava finalmente de volta aonde ele realmente pertencia, sua família, e tudo isso graças a ajuda de estranhos que insistiam em espalhar o post sobre ele online.

“Agradecemos a todos que compartilharam nosso post”, escreveu o abrigo. “Graças a vocês que a vida do cachorro foi salva, e a paz voltou para a alma de sua tutora!”.

E os dois permaneceram juntos, abraçados, com a promessa eterna de nunca mais se separarem. Ambos, emocionados.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA


 

​Read More
Você é o Repórter

Família procura cachorrinha desaparecida após roubo de veículo em São Paulo (SP)

Elaine
mimoslacos@hotmail.com

Essa cachorrinha da raça Lhasa Apso estava dentro de  um automóvel  que foi roubado no bairro do Parque do Carmo Itaquera, zona leste de São Paulo.

O veículo foi encontrado no bairro Iguatemi completamente destroçado, porém sem a cachorrinha, o que deixou sua família desesperada já que ela está em tratamento e precisa de medicações. Caso alguém tenha alguma informação sobre a cadelinha,  entre em contato com a Elaine por telefone ou Whatsapp.

Divulgação
Divulgação

Contato: Elaine
(11) 940235367
Whatsapp (11) 997793287

​Read More
Destaques, Notícias

Cão sequestrado reencontra sua tutora 9 anos depois graças a microchip

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/Cascade
Reprodução/Cascade

Uma amante de animais dedicada conseguiu se reunir novamente com o cão tutorado por ela nove anos após ele ter sido sequestrado.

Embalando seu cão cuidadosamente depois de quase uma década, imagens tocantes mostram Kelly Twin explicando como caiu em lágrimas quando descobriu que o cão Foster ainda estava vivo, informou o Mirror.

Ela admitiu que tinha perdido toda a esperança de encontrá-lo depois que ele foi sequestrado, em 2007, de estábulos nos quais ela cuida de cavalos.

O cão Foster foi encontrado em Harlow, Essex a mais de 34 milhas de distância de sua residência.

Kelly recebeu um telefone de uma funcionária da organização de cuidados animais RSPCA que dizia que uma velha senhora havia morrido e ela havia deixado um cão sob os cuidados do grupo. Depois, descobriu-se que o cão era Foster.

Foster desapareceu dos estábulos onde a Twins mantém cavalos perto de sua casa em White Notley, perto de Braintree, Essex, em maio de 2007.

Ela o havia deixado temporariamente trancado em um celeiro, pois teve que ir para casa e quando voltou, 40 minutos depois, descobriu que Foster, juntamente com duas motos, havia desaparecido.

“Na época, não havia uma grande quantidade de roubos e furtos de cães e a polícia disse que não sabia de nada. Foi horrível. Percorremos vários locais e colocamos folhetos que ofereciam uma recompensa para quem o encontrasse”, contou.
Gradualmente, ela foi perdendo a esperança de rever o cão.

Mais tarde, descobriu-se que Foster, com quatro anos de idade, acabou sob os cuidados de uma senhora idosa.

Ele tinha sido microchipado antes de desaparecer, por isso quando a mulher morreu, ele foi entregue ao RSPCA, que foi capaz de identificar a antiga tutora.

O grupo contatou a família na última semana para lhes dar a ótima notícia. Twins admite que inicialmente estava nervosa, pois se preocupada com a possibilidade de Foster não se lembrar dela e do restante da família.

“Meus amigos disseram que poderiam dizer que ele sabia quem eu era pela maneira como ele lambeu meu rosto. Quando chegamos, nós não estacionar em frente a casa, mas ele sabia onde ir e correu diretamente para ela”, relatou.

A filha de Twin, Daisy, era apenas um bebê quando Foster desapareceu. Agora, ela tem 10 anos e os dois formam um par inseparável.

“É uma daquelas histórias que você nunca esperar ouvir. É um pouco surreal, estávamos tão preocupados que pensamos que ele estava morto.”

Westley Pearson, diretor do grupo Claims at Animal Friends, disse: “o microchip obrigatório em cães entrou em vigor em abril deste ano e espera-se que isso vá dissuadir os roubos de agora em diante”.

​Read More
Notícias

Cachorro sequestrado é devolvido após apelo de tutora nas redes sociais

Foto: Divulgação/Facebook
Foto: Divulgação/Facebook

Um cão da raça Pinscher, identificado como Bob, foi roubado na noite de ontem (09), por volta das 21 horas, no bairro Satélite, zona Leste de Teresina e devolvido 12 horas depois que a tutora publicou um apelo nas redes sociais.

A tutora do cachorro publicou o vídeo de dois homens em uma moto preta tirando a camisa para pegar o cachorro que estava do lado de fora. Segundo a família, o animal tinha fugido quando o portão abriu para um veículo entrar e ao procurá-lo viu que ele tinha sido roubado.

De acordo com Luana Melo, tutora do cão, uma pessoa compareceu na casa dela para devolver o cachorro. “O rapaz disse que viu no Facebook e reconheceu porque já tinha visto ele aqui na frente da minha casa e veio deixa-lo de volta. Ele não disse onde o tinha encontrado”, afirmou.

Ela disse que já ouviu que há pessoas roubando os animais para vender, mas que o dela não iria servir. “Ele é castrado, tem doença de pele e está velhinho, não ia dá lucratividade para eles”, argumentou.

Fonte: Cidade Verde

​Read More
Notícias

Cão cego é levado por criminosos durante furto a casa no litoral de SP

Foto: Vinicius Marques/Arquivo Pessoal
Foto: Vinicius Marques/Arquivo Pessoal

Um cão cego foi levado por criminosos durante o furto a uma residência, na sexta-feira (29), em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Além do animal, os suspeitos levaram roupas, aparelhos eletrônicos e vários outros objetos. O caso foi registrado nesta segunda-feira (1º) na Delegacia Sede da cidade.

O engenheiro civil Vinicius Marques, de 40 anos, proprietário do imóvel, conta que a esposa saiu de casa às 11h para ir ao cabeleireiro e ao mercado. Quando voltou, por volta das 15h, percebeu que a residência havia sido invadida.

“Arrombaram o portão da frente, soltaram os cachorros e depois derrubaram a porta da sala para entrar em casa. Eles levaram o cachorro que estava dentro de um cestinho, que é o mais velho. Também furtaram televisores, DVD, joias, cafeteira, computador, impressora, tablet, celulares, dinheiro, perfumes e todas as minhas roupas. Só não levaram roupas de mulher”, conta Marques.

Marques revela que é possível ver marcas de pneus em seu quintal, indicando que, provavelmente, os criminosos entraram com um carro no local e colocaram nele todos os pertences do casal. O engenheiro diz que achou estranho levarem o Dino, cachorro que mora com o casal há cerca de 15 anos.

“Ele estava com fralda, é cego de um olho, tem catarata. É da raça pinscher, de cor preta. Ele é bem pequeno, pesa menos de um quilo, tem muitos pelos brancos, anda muito pouco e não consegue beber água sozinho. Eu não sei se eles fizeram isso para depois pedir alguma coisa em troca ou foi maldade mesmo”, lamenta Marques. Além de Dino, há outros três cachorros mais novos na casa, que não foram levados pelos criminosos.

O engenheiro mora há cerca de sete anos na casa, localizada na Avenida Juscelino Kubitscheck de Oliveira, no bairro Vila Caiçara, e nunca tinha sido furtado. Mas, segundo ele, casos como o dele têm sido frequentes na região. Ele tentou fazer um Boletim de Ocorrência durante o fim de semana, mas, por conta da morosidade, diz que deixou para registrar o caso nesta segunda-feira, na Delegacia Sede de Praia Grande.

Fonte: G1

​Read More
Você é o Repórter

Tutor procura poodle roubado na Zona Norte de SP

Davi Ferreira Prado

Em 05 de maio de 2013 o Tutti foi levado por assaltantes na Vila Guilherme, Zona Norte de São Paulo. Faz bastante tempo, mas o tutor dele ainda tem esperanças de encontrá-lo e inclusive oferecem recompensa para quem o trazer de volta. O que o diferencia é o latido bem fino/estridente. Ele é todo branquinho, tem manchas no focinho e nas duas patinhas da frente, decorrência de ácido úrico, e os olhos são cor de mel. O porte é médio, na época não era castrado e ele não tem rabo. Se você o encontrar, entre em contato com o Davi através do telefone abaixo.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação) 

Contato: Davi, tel. 11 99541-1086.

​Read More
Notícias

Cães são sequestrados duas vezes na mesma residência em Mogi das Cruzes (SP)

Esse é o segundo cachorro furtado da dona de casa (Foto: Natália Rodrigues/Arquivo Pessoal)
(Foto: Natália Rodrigues/Arquivo Pessoal)

Há quatro dias a dona de casa, Natália de Oliveira Rodrigues, de 18 anos, não dorme direito, vive com enxaqueca e anda triste pela casa onde mora no Jardim Universo, em Mogi das Cruzes (SP). É que no dia 26 de fevereiro seu cão da raça Yorkshire Terrier foi sequestrado do quintal de sua casa.

A vítima viu toda a ação e não conseguiu deter o criminoso. “O nome dele é Luan, mas também atende por Fufu. Estou preocupada porque ele sofre de ansiedade e toma remédio. Sem mim ele não come e não bebe água. O Fufu é emotivo”, diz desesperada. “Acho estranho sequestrarem um cachorro”.

Ela registrou o boletim de ocorrência nesta sexta-feira (28) dois dias depois do crime. A dona de casa conta que à noite viu um homem estranho saindo do quintal com o cachorro no colo. “Eu tentei correr atrás dele, mas não consegui. Ele subiu em uma moto e fugiu pelo bairro”, lembra. Há cinco anos Natália ganhou o cachorro de aniversário. “Está muito difícil porque eu era muito apegada com ele. Estou muito preocupada”, afirma.

Natália acha que o sequestro do animal foi premeditado. “A posição das câmeras de segurança de casa foram misteriosamente modificadas. Acho que fizeram isso para a ação não ser registrada. Não conseguimos flagrar nada do sequestro”, diz. O local não tinha sinais de arrombamento, segundo o boletim de ocorrência.

Natália lembra ainda que essa é a segunda vez que um animal é sequestrado de dentro de casa. Há um ano, um SRD da dona de casa também foi levado por criminosos. “Eu morava há uma semana em outra casa quando aconteceu a primeira vez. Gosto muito de animais. Tenho também uma gata que peguei na rua”.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

População se une para encontrar cachorro roubado de hippie

(Foto: Facebook / Reprodução)
(Foto: Facebook / Reprodução)

Milhares de pessoas de Caxias do Sul (RS) e região se mobilizam nas redes sociais desde a tarde da última sexta-feira. O objetivo da campanha, disseminada via Facebook, é nobre: encontrar Babilônia, cãozinho que há mais de 5 anos faz companhia ao hippie Seco pelas ruas da cidade. O animalzinho teria sumido na noite anterior.

Ao Terra, Seco, 38 anos, afirmou que ele e o cão foram separados enquanto dormiam na última quinta-feira. Os trabalhos de artesanato e até as roupas também lhe teriam sido tirados de forma sorrateira na rua Júlio de Castilhos, região central. “Irmão, eu estava cansado, sem dormir direito há cinco dias, e resolvi descansar um pouco antes do show do Chimarruts. Me encostei na mochila e, quando acordei, só estava eu embaixo das cobertas”, disse o rapaz através do telefone do amigo Marrer Bueno Al Abed, que estabeleceu o contato entre ele e a reportagem.

Mas nenhum bem material tem a mesma importância para o homem de estilo de vida minimalista do que o animalzinho. Babilônia é um cachorro de pequeno porte, mistura de pinscher com vira-lata. Leva no pescoço adornos feitos pelo dono, como um colar de conchinhas.

A solidariedade de amigos e anônimos tem mantido Seco firme e forte à procura de Babilônia. “Me deram arame para eu fazer meus trabalhos e umas meninas me trouxeram roupas”. O hippie também posou para uma foto empunhando um pequeno cartaz. Na imagem, disseminada pelas redes sociais, clama por ajuda para encontrar seu companheiro de quatro patas.

Fonte: Terra

​Read More
Notícias

Filhote de cachorro é sequestrado de residência em Sarandi (PR)

Um filhote de cachorro da raça Shih-tzu foi sequestrado de uma residência na noite dessa segunda-feira (23) no Parque Alvamar II, em Sarandi (PR).

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), o sequestro foi realizado na Rua Rio Cantu. A tutora do cachorro, de 32 anos, contou que se ausentou da residência por menos de uma hora e quando retornou constatou que a cachorra de cor marrom, que atende pelo nome de ‘Bia’, havia sido levada.

O portão permanecia fechado e trancado, sendo que o animal poderia ser retirado pelo vão das grades do portão.

Fonte: O Diário

​Read More
Você é o Repórter

Tutor procura poodle levado em assalto na Vila Guilherme, em SP

David Ferreira Prado
davi.ubb@hotmail.com

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Fui assaltado em frente de casa na Vila Guilherme/Zona Norte de São Paulo, por dois marginais no dia 5 de maio. Eles levaram o carro, mas o que mais me entristeceu, foi que dentro estava meu cachorrinho, e eles não deixaram que o tirasse.

Por favor, se alguém vir ou souber de alguma coisa, ajudem, avisem. Minha mãe (que está muito triste também) está disposta a dar uma recompensa para quem nos trouxer Tuti de volta.

O que diferencia ele é que as duas patas de traz são um pouco mais curtas, pois quando ele era filhote foi atropelado, e ficou esta pequena sequela, além do latido bem fino/estridente, tinha manchas no focinho e nas duas patinhas da frente, decorrência de ácido úrico. E os olhos do Tutti são cor de mel.

Contato: David – Tel.: (11) 2909-2272 / Cel.: 9 9541-1086 / Facebook / Vídeo com matéria no Programa Espetacular da Record

​Read More