Notícias

Grupo cria vaquinha para tratamento de cão baleado no Rio de Janeiro

Os constantes tiroteios no Rio de Janeiro evidenciam a onda de violência na cidade e deixam vítimas por todos os lados. Em janeiro, uma foto feita pouco depois de uma troca de tiros na Rocinha, na Zona Sul do Rio, causou comoção nas redes sociais: um homem foi clicado com um cachorro que havia sido baleado. Por conta disso, um grupo se mobilizou e decidiu criar uma campanha de financiamento coletivo para cobrir os custos para o tratamento do animal, chamado Taz.

Cachorro foi atingido em tiroteio na Rocinha, na Zona Sul do Rio (Foto: MAURO PIMENTEL / STR)

O grupo Vítimas de Conflitos, em parceria com a página Alerta Leblon, no Facebook, criou a campanha pra arcar com os R$ 2.290,00 necessários para todo o tratamento veterinário de Taz. Além dos gastos com a internação em uma clínica, o dinheiro vai servir para o tratamento da doença do carrapato, curativos, ração, exames e transporte às consultas veterinárias. O tutor do cachorro Taz não tem condições de arcar com o tratamento.

De acordo com a campanha, incialmente, Taz não precisará passar por uma cirurgia, que só será feita caso haja infecção ou complicações.

O intenso confronto registrado na Rocinha na quinta-feira, dia 25 de janeiro, deixou moradores impedidos de sair ou entrar na comunidade, avenidas próximas interditadas e terminou com um policial morto e outro ferido, além de um morador que também foi baleado.

Fonte: Extra

​Read More
Notícias

Cães são baleados durante tiroteio em comunidade do Rio de Janeiro

Dois cachorros foram baleados durante um tiroteio entre criminosos e policiais militares na comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro. Cinco pessoas também ficaram feridas.

Cachorro é carregado no colo após ser baleado (Foto: Mauro Pimentel/AFP)

Em uma foto registrada pelo fotógrafo Mauro Pimentel, da AFP, é possível ver o momento em que um morador da comunidade carrega um cão nos braços após ele ter sido atingido por uma bala perdida. O jovem levava o cachorro para uma clínica veterinária para que ele pudesse receber atendimento médico. As informações são do portal JC Online.

Outro caso foi exposto pela administradora Vanessa Martins. Ela fez uma publicação em rede social por meio da qual relatou ter resgatado um cachorro que vivia em situação de rua na comunidade. Além de ter sido baleado, o cão foi diagnosticado com uma doença provocada por carrapatos e está com câncer.

​Read More
Notícias

Moradores resgatam bicho-preguiça na Rocinha (RJ)

Animal foi levado para uma casa até a chegada dos bombeiros Reprodução / Rede Record
Animal foi levado para uma casa até a chegada dos bombeiros
Reprodução / Rede Record

Moradores da Rocinha, na zona sul do Rio, resgataram um bicho-preguiça das ruas da comunidade no domingo (7). O animal foi encontrado pela moradora Maria Clara dos Santos na última terça-feira (2), mas na ocasião os bombeiros não foram até o local.

“Encontramos o animal na rua, e é uma rua movimentada, com muitos carros e motos. Ligamos para os bombeiros, mas eles não vieram”.

Após uma segunda ligação, os moradores conseguiram uma visita dos bombeiros. Um vídeo mostra os profissionais se negando a resgatar o animal e se retirando do local. Momentos depois, as imagens feitas por um cinegrafista amador mostram o animal sendo resgatado pelos moradores. O bicho-preguiça estava preso a fios de alta tensão e resistiu ao resgate. Depois de pouco tempo, uma moradora conseguiu levá-lo para uma árvore.

Maria Clara levou o animal para sua casa, como melhor forma de preservá-lo. Na terceira tentativa de contato, uma equipe dos bombeiros foi ao local equipada com material para levar o bicho-preguiça. O animal será levado para seu ambiente natural. Os bombeiros alertam para o procedimento correto ao encontrar animais silvestres em áreas urbanas.

“O ideal é entrar em contato com o Corpo de Bombeiros, uma equipe irá tomar as devidas precauções”.

Fonte: R7

​Read More