Notícias

Ibama vai investigar se óleo contaminou foz do rio São Francisco

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) vai investigar se a foz do rio São Francisco, em Alagoas, foi contaminada pelas manchas de óleo que estão atingindo diversas localidades no Nordeste.

Pontal do Peba, em Alagoas (Foto: Divulgação/Assessoria Prefeitura de Piaçabuçu)

Uma vistoria será realizada após manchas de óleo serem encontradas, segundo o Ibama, o a 150 metros da margem da foz do rio.

Apenas em Alagoas, 11 municípios e 17 praias foram afetados pelo petróleo. No último final de semana, foi encontrada contaminação nas praias de Piaçabuçu e Lagoa do Pau, em Coruripe. A presença do óleo também foi registrada na cidade de Feliz Deserto.

Em todo o Nordeste, 132 praias já foram afetadas pelo óleo. A origem do vazamento está sendo investigada e as praias estão sendo submetidas a procedimentos de limpeza.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Tubarão-touro é morto por pescadores no Rio São Francisco (SE)

Por Sophia Portes / Redação ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais)

Jornal de Penedo

Um tubarão-touro, também conhecido como tubarão-cabeça-chata, foi capturado e morto por pescadores no rio São Francisco, em Saramen, Sergipe.

A covardia praticada pelos pescadores é crime previsto em lei, com pena de detenção de três meses a um ano, além do pagamento de multa. Além disso, trata-se de uma espécie quase ameaçada, o que afeta diretamente a população de peixes daquela região, causando um desequilíbrio em seu ecossistema.

Os tubarões-touro podem viver tanto em água salgada como doce e podem chegar a atingir 3,5 metros de comprimento.

Jornal de Penedo

 

Jornal de Penedo
​Read More
Notícias

Plano para salvar macacos prevê corredor ecológico

Especialistas defendem a criação de corredores ecológicos no Nordeste para evitar o desaparecimento do macaco-prego-galego (Cebus flavius) e do guariba-de-mãos-ruivas (Aloutta belzebul), espécies originárias da Mata Atlântica nordestina, que estão ameaçadas de extinção pela redução de seu hábitat.

O pesquisador Marcos Fialho, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), diz que a sugestão deve fazer parte do plano de ação para a preservação de espécies, que está sendo preparado pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros (CPB) e pela diretoria de Conservação de Biodiversidade do instituto.

A criação de corredores para a manutenção das espécies passou a ser defendida após estudo realizado entre 2006 e este ano, e contou com a participação de pesquisadores do CPB e das unidades do Ibama da Paraíba e de Alagoas. Os cientistas mapearam as duas espécies nos estados ao norte do Rio São Francisco para identificar a causa da redução dessas populações.

Concluíram que as espécies estão desaparecendo por causa da devastação e da fragmentação do hábitat. As informações coletadas em campo sustentam também uma série de outras sugestões para preservação dos macacos, incluindo aí um projeto que visa a promover um forte trabalho de educação ambiental entre as populações da Região da Zona da Mata e do agreste nordestino, muitas das quais caçam macacos para se alimentar.

Fonte: Terra

​Read More