Notícias, ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Populares despejam peixe na câmara em protesto

Dezenas de populares de Lordelo, em Paredes, acompanhadas pelo presidente da Junta de Freguesia, despejaram ontem cinco baldes de peixe morto em frente à Câmara de Paços de Ferreira.

Esta iniciativa, que se repetiu em frente às instalações da AGS, concessionária responsável pelo sistema de água e saneamento pacense, e da ETAR local, foi apresentada como uma forma de protesto para com o que dizem ser descargas poluentes que matam centenas de peixes do rio Ferreira.

A morte de peixes no rio Ferreira, sobretudo numa zona que atravessa a cidade de Lordelo, é um problema que se arrasta há vários anos e que recorrentemente causa transtorno naquela localidade de Paredes.

Umas vezes é a água que aparece turva, noutras é a espuma que cobre todo o leito que causa a indignação da população. A última situação aconteceu no fim-de-semana passado. “Houve descargas na sexta-feira, no sábado e no domingo”, garante o presidente da Junta de Freguesia de Lordelo.

Joaquim Mota não tem dúvidas de que a descarga poluente é feita pela ETAR localizada em Arreigada, Paços de Ferreira, e que recolhe e trata todo o saneamento da Capital do Móvel. Apesar das acusações da Junta de Lordelo, a Câmara de Paços de Ferreira assegura que a ETAR cumpre todos os requisitos impostos por lei.

Fonte: DN PORTUGAL

​Read More