Duas chimpanzés são salvas na República Centro-Africana. O resgate foi realizado pela Peace4Animals e a Liga de Ação dos Elefantes (EAL). (Foto: EAL)
Notícias

Vítimas de traficantes, duas chimpanzés são salvas na República Centro-Africana

A Liga de Ação de Elefantes (EAL) e a Peace 4 Animals (Paz para Animais, em tradução literal) foram responsáveis em facilitar o resgate e a realocação de duas fêmeas chimpanzés que acabaram de ser evacuadas da República Centro-Africana, país devastado pela guerra local.

Duas chimpanzés são salvas na República Centro-Africana. O resgate foi realizado pela Peace4Animals e a Liga de Ação dos Elefantes (EAL). (Foto: EAL)
Duas chimpanzés são salvas na República Centro-Africana. O resgate foi realizado pela Peace4Animals e a Liga de Ação dos Elefantes (EAL). (Foto: EAL)

Os animais foram vítimas de crimes contra a vida selvagem e sofrem também com o tráfico de animais, Aimi e Annie, como foram chamadas as chimpanzés, estão agora salvas e em reabilitação no santuário de Chimfunshi, na Zâmbia. Elas estão junto com outros quatro chimpanzés, e o apoio logístico foi fornecido pela Kenya Airways.

Outra chimpanzé fêmea, nomeada de Vicky, foi deixada para trás porque o responsável se recusou a liberar a custódia do animal. mas as organizações seguem tentando resgatá-la.

A fundadora da Peace 4 Animals e da World Animal News (WAN) (Notícias Mundiais sobre Animais, em tradução literal), Katie Cleary, disse em entrevista para a WAN: “Somos tão abençoados em fazer parceria com a Elephant Action League neste importante resgate de chimpanzés. Orações para Vicky e todos os outros animais que precisam de resgate! Inicialmente, esperava-se que os chimpanzés fossem resgatados no início de 2017, mas, infelizmente, não foram salvos devidos a um surto de distúrbios civis onde foram localizados”, disse.

Após o resgate, as chimpanzés foram levadas para um santuário, na Zâmbia. (Foto: WAN)
Após o resgate, as chimpanzés foram levadas para um santuário, na Zâmbia. (Foto: WAN)

Annie Olivecrona é da EAL e é a responsável por esse resgate, que pensava com tristeza que todos os chimpanzés estavam mortos. Felizmente, não estavam, e a equipe da EAL iniciou um novo plano para resgatar os animais.

“Todos os chimpanzés estão felizes e comeram muita comida e brincaram com seus novos brinquedos em suas gaiolas e dormiram felizes nas camadas de grama seca e grossa com cobertores”, disse Olivecrona à WAN. “Eu raramente vi ou ouvi chimpanzés felizes e mais contentes na chegada e é tão bom que esses incríveis e adoráveis ​​personagens agora tenham um lar eterno e possam estar com outros de seus parentes pelo resto de suas vidas!”

​Read More