Notícias

Empreendedor planeja servir um bilhão de refeições veganas em escolas

Foto: Livekindly/Reprodução
Foto: Livekindly/Reprodução

Vince, fundador da empresa de energia vegana Ecotricity e presidente do clube de futebol livre de carbono, Forest Green Rovers (FGR) – tem como meta aumentar o número de refeições veganas servidas nas escolas do Reino Unido.

O empresário afirma que os produtos produzidos na nova fábrica – incluindo hambúrgueres e pratos prontos veganos – estarão sob o selo Little Green Devils, lançado inicialmente pela FGR (time de futebol) em 2018.

Vince declarou em um comunicado que gostaria que fossem servidas refeições veganas em todas escolas pelo menos uma vez por semana. “Trata-se de fazer as crianças comerem alimentos mais saudáveis, que podem ser veganos e sem glúten”, declarou ele.

Além de ser saudável, Vince lembra que há também o envolvimento do futebol, o que segundo ele, pode incentivar os jovens a se envolverem.

Todas as refeições serão livres de óleo de palma, glutamato monossódico e ingredientes artificiais, assim como os 14 principais alérgenos alimentares, de acordo com a Vegan Food and Living.

O novo empreendimento de Vince se baseia no sucessos anterior de outras organizações veganas, como a ProVeg. No ano passado, como parte do programa School Plates, a organização sem fins lucrativos trabalhou com escolas primárias em todo o Reino Unido para convencê-los a oferecer refeições sem carne.

Mais de cem escolas fizeram parceria com a ONG, implementando as “segundas-feiras sem carne”, além de opções vegetarianas diárias. “As escolas podem desempenhar um papel fundamental no incentivo aos seus alunos em criar hábitos alimentares saudáveis desde o início”, declarou a ProVeg.

A dra. Melanie Joy – autora de Why We Love Dogs, Eat Pigs e Wear Cows (Por que mamos cachorros, comemos porcos e usamos vacas, na tradução livre) e co-fundadora da ProVeg International – acrescentou: “Se pudéssemos melhorar a saúde dos alunos, ajudar a protegê-los de doenças fatais a longo prazo, reduzir nosso impacto no meio ambiente e economizar dinheiro ao mesmo tempo, por que não? ”

No mundo todo as escolas estão se tornando mais receptívas ao veganismo. Na Califórnia, um novo projeto de lei – co-patrocinado pelo PCRM (Comitê de Médicos pela Medicina Responsável) – se ofereceu para financiar refeições escolares veganass em todo o estado.

“Levar refeições veganas para as escolas ajudará os alunos a criar hábitos alimentares saudáveis que durarão a vida toda”, disse o Dr. Neal Barnard, presidente da PCRM.

O médico atesta que esses alimentos não só ajudam os alunos a manter o foco e a energia na sala de aula, mas também reduzem o risco a longo prazo de doenças cardíacas, diabetes tipo 2, obesidade e outras doenças crônicas.

​Read More