Notícias

Galos explorados em rinhas são encontrados e suspeito é preso na Bahia

Foto: Polícia Civil

Quarenta galos explorados em rinhas foram encontrados em Jequié, no sudoeste da Bahia, na última segunda-feira (11).

Um homem suspeito de forçar os animais a participarem dos confrontos foi preso. As rinhas submetem os galos a sofrimento físico e psicológico, alterando inclusive o comportamento desses animais.

O homem estava no local onde os galos foram localizados. Junto dele foram encontrados ainda medicamentos para as aves, comumente usados para que esses animais continuem suportando mais brigas violentas.

O delegado Moabe Macedo Lima informou ao G1 que o homem é suspeito de organizar rinhas na cidade de Jequié.

A prisão aconteceu durante uma operação da Polícia Civil, realizada em parceria com Departamento de Polícia Técnica (DPT) e o Instituto Do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA). O objetivo da operação é combater crimes ambientais.

O flagrante ocorreu em um terreno. No local, dentre os remédios encontrados, estavam medicamentos que potencializam o comportamento agressivo dos galos e esporas artificiais para causar mais lesões durante as rinhas.

Galos, no entanto, não são animais agressivos. Assim como qualquer ser vivo, eles se tornam bravos como forma de defesa às agressões as quais são submetidos.

Foto: Polícia Civil

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More