Destaques, Notícias

Prefeitura mata cães a pauladas em cidade da Argentina

Por Danielle Bohnen  (da Redação – Argentina)

“Los Cuencos”, como é vulgarmente conhecida a “carrocinha” na cidade de Puerto Madryn, em Chubut, na patagônia argentina, saem durante a noite recolhendo os cães que vivem nas ruas.

Foto: Reprodução

Os animais são mortos a pauladas. Os que conseguem fugir, são encontrados andando desorientados com a cabeça sangrando. Outros são enterrados vivos.

Fossa onde os animais são jogados para serem enterrados (Foto: Reprodução)

Pablo Rey, diretor do Centro de Zoonoses, não permite a entrada de voluntários no local, ainda justifica o sacrifício cruel culpando as ONGs por não retirarem os cães capturados.

Os animais que estão aguardando a morte nas gaiolas frias e imundas da instituição recebem seu alimento em meio a sua própria urina.

Cão aguardando seus dias na imundice de sua gaiola

Os responsáveis pelo massacre desses animais:

Pablo Rey, diretor no Zoonoses
Carlos Eliceche, intendente da cidade de Puerto Madryn, Chubut, Argentina. Responsável pela ordem do sacrifício dos cães. Aspira ao cargo de Governador da Província.
Carlos Lázaro, vice-intendente. É o co-autor da ordem de sacrifício. Aspira ao cargo de intendente.
​Read More