Notícias, ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Plano tenta evitar extinção dos golfinhos do Sado, em Portugal

O Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB) quer travar o declínio dos golfinhos do Sado e para isso tem a decorrer um plano que visa melhorar o estatuto de conservação dos animais.

“A população de roazes-corvineiros do Sado, a única no país, corre risco de extinção. A fazermos alguma coisa por ela é agora”, disse à agência Lusa Marina Sequeira, do ICNB. 
 
“Neste momento são apenas 25 indivíduos, sobretudo idosos. O número de golfinhos não parou de decrescer durante últimos 20 anos”, acrescentou.

Foto: Reprodução/Renascença
Foto: Reprodução/Renascença

 
“Envelhecidos, os animais têm dificuldades de reprodução e para além disso enfrentam, no seu habitat, perturbações que não facilitam o crescimento e a manutenção da população”. 
 
“Por isso”, explica a bióloga, “o plano de acção foi elaborado com diversas entidades – mais de 30 até agora – que participam na vida do estuário. A participação activa de todos os intervenientes é fundamental”.  
 
Para além disso, ressalta, “o plano não é estanque no que respeita a colaboração de instituições e a promoção de acções: entidades que ainda não colaboram podem, em qualquer momento, começar a trabalhar conosco”.
 
Marina Sequeira esclarece que “o plano prevê ações dirigidas à população de golfinhos, ao seu habitat – que têm que ver com a melhoria das condições ambientais do estuário do Sado – e um grande conjunto de ações de educação e sensibilização ambiental”. 
 
A responsável explicou que será levado a cabo um extenso trabalho de caracterização e monitorização da população de roazes, que até agora se resumia a trabalhos de investigação – teses de mestrado e de doutoramento – válidos individualmente mas soltos e descontinuados no conjunto. 
 
Geograficamente, as ações vão estender-se a todas as áreas frequentadas pelos roazes: a Reserva Natural do Estuário do Sado (RNES), a área marítima para sul, até Tróia, e para oeste, até à serra da Arrábida. 
 
Os objetivos gerais do plano de ação para os golfinhos do Sado deverão ser concretizados até 2013: “O plano foi apresentado publicamente em Maio e algumas acções começaram já a decorrer, mas as mais importantes – sobretudo as que têm que ver com a monitorização e caracterização da população – vão desenvolver-se a partir de 2010”. 
 
O orçamento previsto para esse período é de 2,5 milhões de euros.
 
A população de roazes-corvineiros do Sado é a única no país e uma das poucas no mundo. A espécie está contemplada na diretiva comunitária Habitats e os Estados-membros são obrigados a desenvolver programas de proteção específicos para elas.  
 
Também o Plano de Ordenamento da Reserva Natural do Estuário do Sado prevê a elaboração deste plano de ação.

Fonte: Renascença

​Read More