Histórias Felizes, Notícias

Gatinha filhote se encanta ao ver a chuva pela primeira vez

Foto: Morgan Smith
Foto: Morgan Smith

A família de Betty a adotou há seis meses em uma clínica veterinária local, então ela ainda está aprendendo tudo sobre sua nova casa. Betty é uma gata de Interior, mas adora ver o mundo através de suas janelas e, às vezes, sua tutora a leva para fora e a deixa brincar lá supervisionada por alguém como um tratamento especial.

Como Betty estava olhando pela janela recentemente, aconteceu algo que ela nunca tinha visto antes – começou a chover.

“Eu a vi espiando pela porta da tela totalmente confusa”, disse Morgan Smith, mãe de Betty, ao The Dodo.

Foto: Morgan Smith
Foto: Morgan Smith

Smith decidiu levar Betty para fora e deixá-la experimentar a chuva em primeira mão e sua reação foi absolutamente inestimável.

“Ela estava muito confusa”, disse Smith.

Betty tentou freneticamente pegar as gotas de chuva, impressionada e ao mesmo tempo chocada com a água que caía do céu.

Eventualmente, Smith levou Betty de volta para dentro – mas isso não a impediu de continuar tentando descobrir toda a situação da chuva.

Foto: Morgan Smith
Foto: Morgan Smith

“Quando eu a levei de volta para dentro, ela correu direto para a porta novamente para tentar pegar a chuva”, disse Smith.

Eventualmente, Betty se acalmou e seguiu em frente com seu dia, mas sua família mal pode esperar para ver o que acontecerá na próxima vez que chover.

Para assistir o vídeo de Betty descobrindo a chuva clique aqui.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Cabra fica apavorada ao ser perseguida por filhotes de gato brincalhões

Foto: ViralHog
Foto: ViralHog

Este é o momento divertido em que dois gatinhos bebês aterrorizaram uma cabra perseguindo-a por um jardim, apesar de terem apenas semanas de idade.

Nunca tendo estado ao ar livre antes, o par curioso corre para encontrar o animal de aparência estranha para eles, e vê-lo de perto, mas acaba assustando-o.

O momento adorável foi capturado na área de Moses Lake, no estado de Washington, nos EUA.

Andrea Mills estava cuidando dos dois gatinhos recém-nascidos por apenas algumas semanas, quando chegou a hora de deixá-los se aventurar fora de casa.

Parecia mais sensato deixá-los correr livremente nos limites seguros de seu quintal, onde os únicos outros animais seriam os bodes familiares dóceis amigáveis, que não ofereceriam risco algum aos bebês inocentes.

Mas depois de ser liberado de dentro de casa, o par foi visto perseguindo obstinadamente uma das cabras, curioso e decidido a se aproximar dela.

Foto: ViralHog
Foto: ViralHog

A cabra, que a princípio parecia perplexa, rapidamente salta para fora do caminho quando vê os gatinhos se aproximarem.

Os minúsculos gatinhos perseguem o animal incansavelmente enquanto ela foge com medo. Os pequenos parecem decididos a correr atrás dela embora a cabra seja muito maior que eles.

O vídeo termina com o bode saltando um conjunto de escadas para sair do alcance dos pequenos inimigos felinos.

Foto: ViralHog
Foto: ViralHog

“Foi o primeiro dia dos gatinhos lá fora no quintal”, disse a tutora dos animais Andrea Mills.

“Eles estavam muito curiosos sobre o que eram as cabras. Eles decidiram correr atrás delas porque tinham quatro pernas também”, disse ela, “eu acabei de descobrir que as cabras têm medo de pequenas coisas correndo atrás delas”, concluiu ela de forma divertida”.

Foto: ViralHog
Foto: ViralHog

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Filhotes de urso aprendem a subir em árvores sob a supervisão da mãe

Foto: Valtteri Mulkahainen/Solent News
Foto: Valtteri Mulkahainen/Solent News

Filhotes de urso aprendem como subir em árvores enquanto suas mães assistem nessas incríveis fotos tiradas na natureza.

Um filhote de urso marrom parece ter dominado a arte da escalada, já que foi capaz de subir 15 pés (cerca de 4,5m), enquanto outro só conseguiu ficar a poucos metros do chão.

Essas fotos foram tiradas em Martinselkonen, um local selvagem no leste da Finlândia, popular para observação de ursos.

Valtteri Mulkahainen, 58 anos, que tirou a foto, disse: “Foi como uma aula no berçário”.

Foto: Valtteri Mulkahainen/Solent News
Foto: Valtteri Mulkahainen/Solent News

Mulkahainen, um professor do ensino médio da aldeia de Sotkamo, na Finlândia, assistiu à cena de um alojamento nas proximidades, enquanto os jovens ursos, que nasceram no inverno passado, estavam brincando na hora do jantar.

Ele disse que havia duas mães ursas que tinham três filhotes cada.

O Sr. Mulkahainen disse: “Os filhotes estavam brincando um com o outro no campo e então dois dos filhotes começaram a brincar com o menor deles”.

Foto: Valtteri Mulkahainen/Solent News
Foto: Valtteri Mulkahainen/Solent News

“Eles o fizeram subir na árvore e não o deixaram descer, mas a ursa adulta estava alerta para isso, então fez todos os filhotes escalarem as árvores.

A fêmea estava observando a área para ter certeza de que os filhotes estavam seguros e fora de perigo. Ela permaneceu perto de seus filhotes o tempo todo.

“Foi muito interessante ver a mãe protegendo seus filhotes, da mesma forma como nós humanos protegemos nossos filhos do perigo.”

Foto: Valtteri Mulkahainen/Solent News
Foto: Valtteri Mulkahainen/Solent News

Mães ursas zelosas e filhotes famintos

Uma mamãe ursa, desafiadora e corajosa, enfrentou uma família cujos gritos assustados espantaram seus três filhotes que correram de volta à floresta ao serem descobertos andando tranquilamente pela varanda da residência que fica na Carolina do Norte, EUA – e então a ursa roubou a tigela do cachorro cheia de comida e levou embora.

O momento em que os ursinhos curiosos passeavam pelo quintal da casa da família Loflin, em Banner Elk, foi filmado em vídeo minutos depois do cachorro começar a latir e implorar para deixarem ele entrar de volta.

Elizabeth Loflin disse que o incidente, em 18 de julho, aconteceu por volta das 3:30 da tarde – e ela não tinha conhecimento dos visitantes inesperados até que eles deixaram o cão sair para o quintal.

“No segundo em que ele saiu, ele começou a latir e implorar para entrar de volta. Achamos aquilo estranhamo, mas nem cinco minutos depois, uma mamãe ursa e três filhotes sobem na nossa varanda e roubam comida de cachorro”, disse Loflin.

No vídeo, a mãe caminha pela varanda dos fundos da casa da família, seguida por seus três filhotes.

A mãe imediatamente fareja alguns alimentos para cães que estão próximos e mergulha diretamente na direção da comida.

De dentro de casa, um homem tenta espantar os ursos gritando e fazendo barulhos altos.
Isso assusta a família de ursos momentaneamente, fazendo com que eles debandem.

Os filhotes, em seguida, seguem em direção a um caminho para a floresta nas proximidades, mas a mãe urso certifica-se de pegar a tigela de comida de cachorro antes de correr atrás de seus bebês.

Foto: Elizabeth Loflin/Storyful
Foto: Elizabeth Loflin/Storyful

Rindo, a família assiste enquanto os ursos desaparecem na floresta.

“Não importa!”, o homem diz de dentro da casa referindo-se a tigela.

Thomas Loflin disse à WSOCTV: “Eu achei a cena incrível. As pessoas imaginam que, no lugar onde vivemos, em meio a natureza e os animais selvagens, você os veria o tempo todo, mas isso é muito mais raro do que você pensa”.

A Carolina do Norte Wildlife Commission relata que os ursos são comuns na Carolina do Norte.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Príncipe Harry e Meghan Markle declaram apoio a ONG de proteção aos leões

Foto: AFP Getty Images
Foto: AFP Getty Images

O Duque e a Duquesa de Sussex revelaram que estão apoiando a ONG Lion Guardians por meio de sua conta no Instagram.

Em um post na mídia social publicado no sábado, o príncipe Harry, 34, e sua esposa Meghan, 38, postaram uma foto de um leão atravessando a grama ao lado da legenda: “Hoje é #WorldLionDay (Dia do Leão) e neste mês pedimos que você sugerisse organizações que você acha que “fazem a diferença”.

Eles passaram a explicar que agora estão seguindo e apoiando a organização, que visa incentivar uma coexistência sustentável entre pessoas e leões em toda a África.

Foto: Daniel Fisher/Rex
Foto: Daniel Fisher/Rex

O casal real também incentivou seus seguidores a patrocinar um leão ou a se envolver em trabalhos de conservação.

O post, que desde então foi curtido 246 mil vezes e é acompanhado por seis fotos de uma entidade de conservação da vida selvagem, dizia: “Trabalhando de perto para entender o contexto cultural na África, esta organização ajudou a transformar ex-matadores de leão em rastreadores qualificados e em 2018 eles foram responsáveis por impedir 24 caças de leões”.

“Lion Guardians entendem a importância da conexão entre os animais e a comunidade e trabalham incansavelmente para criar uma relação harmoniosa na base entre o homem e o leão, a comunidade e a vida selvagem”.

Foto: @Cory Richards e John Hilton
Foto: @Cory Richards e John Hilton

O príncipe Harry e Meghan acrescentaram que estão “honrando” o trabalho da organização no Dia Mundial do Leão e “todos os dias” em uma tentativa de proteger as “belas espécies” – antes de adicionar detalhes sobre como os outros também podem patrocinar um leão ou se envolver na causa.

O casal real demonstrou um profundo interesse pela vida selvagem nos últimos meses – com o Palácio de Buckingham confirmando em junho que o casal viajará para a África do Sul em uma excursão real neste outono – com o bebê Archie.

Autoridades revelaram anteriormente que o príncipe Harry fará visitas adicionais a outros três países africanos como parte da mesma viagem.

Foto: PA Wire/PA Images
Foto: PA Wire/PA Images

Viajando sozinho, o príncipe visitará Angola, Malawi e Botswana, enquanto acredita-se que o bebê Archie, que terá cerca de cinco meses, permanecerá na África do Sul com Meghan, enquanto seu pai realiza tarefas reais em outros lugares.

Sussex Royal também confirmou que o menino vai se juntar aos seus pais na turnê, escrevendo em um post de Harry e Meghan: “Esta será sua primeira turnê oficial como uma família!”.

A região é um lugar querido do coração do casal que após seu casamento em maio de 2018, o duque e a duquesa passaram a lua de mel na África Oriental.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Empresa de tecnologia desenvolve linguiça a partir de células de porco cultivadas em laboratório

Salsichas feitas a partir de células de porco cultivadas em laboratório | Foto: New Age Meats
Salsichas feitas a partir de células de porco cultivadas em laboratório | Foto: New Age Meats

Empresa de tecnologia de alimentos New Age Meats desenvolve salsichas partir das células de um porco chamado Jessie.

Ao contrário de milhões de porcos que são mortos na indústria da carne a cada ano, Jessie – nomeada no site da New Age como Chief Sausage Officer – não é machucada ou prejudicada no processo de fazer as salsichas.

Os cientistas extraíram e depois multiplicaram as células de seu corpo. Estas células foram induzidas em músculo e gordura. O resultado final é um produto que parece, tem o mesmo sabor e textura que uma tradicional linguiça de porco, mas é livre de morte ou crueldade.

De acordo com o site This Is Money, a New Age Meats é a primeira empresa de carne limpa (termo usado para produção de carne que não envolve morte ou crueldade) a desenvolver linguiça.

Foto: StoryBlocks
Foto: StoryBlocks

A Agronomics – uma empresa de investimento em carnes limpas, presidida pelo fundador da Innocent Drinks, Richard Reed – investiu na empresa, avaliando-a em 10 milhões de dólares.

“A carne cultivada aborda simultaneamente três grandes questões: a saúde humana, o meio ambiente e o bem-estar animal”, disse o fundador da New Age, Brian Spears, em um comunicado, de acordo com o This Is Money. “Este é o primeiro pequeno passo que estamos dando para reverter a mudança climática, parar de criar animais em uma vida que não vale a pena viver e ajudar os seres humanos a se tornarem mais saudáveis”.

Espera-se que as linguiças da New Age Meats estejam comercialmente disponíveis até 2021. Mas elas já foram testadas com sucesso, com jornalistas e colegas cientistas concluindo que as linguiças à base das células de Jessie têm o mesmo sabor da carne tradicional.

O site da New Age Meats diz: “Cerca de 7,4 bilhões de humanos vivem na Terra. Nós mantemos cerca de 40 bilhões de animais para alimentação. Alguns deles vivem vidas felizes, mas a grande maioria não. Nossas primeiras linguiças de porco foram feitas a partir de algumas células de uma porca chamada Jessie. No futuro, não precisaremos de células ou carne de animais, permitindo que eles vivam suas próprias vidas, livres na natureza”.

A ascensão da carne limpa

A indústria de carne limpa está se expandindo, mais e mais empresas estão investindo no desenvolvimento do cultivo de carne animal sem matar ou ferir nenhum animal.

A Agronomics espera construir um portfólio de dez a 15 empresas de carne limpas A New Age é seu segundo investimento, o primeiro foi a BlueNalu, uma empresa de carnes limpas especializada em frutos do mar.

A BlueNalu espera atender este ano peixes silvestres e mahi-mahi cultivados em laboratório, e espera ser a primeira empresa a lançar produtos de frutos do mar limpos em escala industrial. Lagosta, caranguejo, peixe-relógio e robalo chileno são os próximos na agenda da empresa.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Los Angeles está a um passo de proibir as corridas de cavalo

Foto: Livekindly
Foto: Livekindly

Los Angeles pode em breve se tornar a maior cidade dos Estados Unidos a proibir corridas de cavalo depois de uma série de mortes de cavalos em uma das maiores pistas do sul da Califórnia.

O comissário Roger Wolfson apresentou recentemente uma moção ao Conselho de Serviços Animais de Los Angeles pedindo a proibição. A moção, intitulada “Oposição à Corrida de Cavalos no Estado da Califórnia”, aparece na agenda de terça-feira para votação.

“Espero que possamos tomar uma posição real e definitiva – nenhuma cidade que eu conheça tomou uma posição sobre isso”, disse Wolfson ao City News Service.

“Somos o departamento de serviços de animais, não o departamento de serviços de animais domésticos, e qualquer coisa que afete o bem-estar dos animais em Los Angeles está sob nossa alçada”, disse Wolfson.

Mortes de cavalos em Santa Anita

O movimento segue as mortes de 30 cavalos nos últimos seis meses na pista de corridas de Santa Anita, localizada em Arcadia. Santa Anita tem sido considerada uma das pistas mais prestigiadas do país. A causa das mortes de cavalos ainda está sob investigação, mas especialistas do setor acreditam que pode ter algo a ver com o inverno excepcionalmente chuvoso da Califórnia e seu impacto na superfície da pista.

Foto: Livekindly
Foto: Livekindly

“Santa Anita teve 111 corridas em sua pista principal quando a superfície estava classificada como ‘barrenta’, ‘desleixada’ ou ‘fora de serviço’, em comparação com apenas 18 durante o mesmo período do inverno anterior, de acordo com registros da indústria”, de acordo com relatos do The New York mês passado.

“Sessenta e duas dessas corridas foram executadas quando a pista estava selada, o que significa que trenós pesados comprimiram a superfície para evitar que a umidade penetrasse nos níveis mais baixos, criando uma superfície mais dura. Isso pode significar uma enorme dificuldade de pisar para os frágeis cavalos de 490 kg com tornozelos tão finos quanto as garrafas de Coca-Cola”.

A medida tornaria Los Angeles a maior cidade dos EUA a se posicionar contra as corridas de cavalos, um esporte já denunciado por ativistas pelos direitos animais como cruel e desumano. Fraturas e lesões são as principais causas de morte de cavalos de corrida.

E apesar de Los Angeles não ser o local onde fica a pista em que ocorreram as mortes, Wolfson enfatizou a importância do movimento. “Veja, 30 cavalos morreram em Santa Anita; essa é uma cidade próxima de nós. Estamos preocupados com isso”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Primeira mulher eleita presidente da Eslováquia é ativista ambiental

Foto: Petr David Josek/AP
Foto: Petr David Josek/AP

A primeira mulher presidente da Eslováquia, Zuzana Čaputová, advogada e ativista ambiental, foi empossada no sábado, prometendo combater a impunidade e restaurar a justiça em um país amplamente afetado pela corrupção política em larga escala.

“Ofereço minha experiência, emoção e ativismo. Ofereço minha mente, meu coração e minhas mãos”, disse ela em sua cerimônia de posse.

“Eu quero ser a voz daqueles que não são ouvidos”.

Čaputová, advogada e novata na política, além da primeira mulher é também a pessoa mais jovem a ser presidente da Eslováquia. Ela é às vezes chamada de “Erin Brokovich da Eslováquia” por sua luta de uma década para fechar um aterro sanitário tóxico em sua cidade natal, o que ela conseguiu fazer, ganhando o Prêmio Goldman de 2016 para o meio ambiente.

Foto: Goldman Prize
Foto: Goldman Prize

Em um país católico romano conservador, Čaputová, mãe divorciada de dois filhos, apóia os direitos LGBT e o acesso aos cuidados de saúde reprodutiva.

“Sob a constituição, as pessoas são livres e iguais em dignidade e em direitos, o que significa que ninguém é tão irrelevante para ter seus direitos comprometidos, e ninguém é poderoso para se posicionar acima da lei”, disse ela em seu discurso de posse.

Embora o papel presidencial na Eslováquia seja principalmente cerimonial – o primeiro-ministro supervisiona a maioria dos assuntos do país – Čaputová tem poderes de bloqueio, é comandante-chefe das forças armadas e pode nomear os principais juízes.

Čaputová assume a presidência após o assassinato do jornalista Ján Kuciak, 27 anos, e de sua noiva, Martina Kušnírová, que foram encontrados mortos a tiros na casa que dividiram no ano passado. Kuciak cobriu histórias de evasão fiscal para o site de notícias Aktuality.sk, onde sua última peça foi publicada em 9 de fevereiro de 2018. Ele relatou principalmente casos de fraude envolvendo empresários com conexões políticas, incluindo líderes partidários do governo na época.

O escândalo levou à demissão do primeiro-ministro Robert Fico no ano passado. E o assassinato de Kuciak levou a um enorme protesto na Eslováquia, onde dezenas de milhares de pessoas foram às ruas para protestar contra a corrupção do governo.

Foto: Vladimir Simicek/AFP
Foto: Vladimir Simicek/AFP

Čaputová fez campanha em uma plataforma anticorrupção e foi eleita vice-presidente da Progressive Slovakia, um partido liberal estabelecido há apenas dois anos, que então não tinha cadeiras no parlamento, fazendo com que ela ganhasse depois de um segundo turno ainda mais notável.

Sua eleição contrastou com a mudança européia em direção a partidos populistas e nacionalistas.

“Eu vejo um forte apelo por mudanças nesta eleição após os trágicos acontecimentos da última primavera e uma reação pública muito forte”, disse Čaputová após sua vitória na eleição presidencial em março, referindo-se ao assassinato de Kuciak. “Estamos numa encruzilhada entre a perda e a renovação da confiança pública, também em termos da orientação da política externa da Eslováquia”.

Em seu discurso de posse, Čaputová sugeriu que os funcionários que não combatessem a corrupção deveriam ser removidos de seus cargos. Ela prometeu tornar o sistema de justiça mais igualitário para todos.

Sua presidência pode representar um ponto decisivo para a Eslováquia, que se classificou em 83 dos 149 países no Relatório Global sobre Intervalo de Gênero de 2018, atribuindo uma pontuação muito baixa à participação das mulheres na política.

​Read More
Histórias Felizes, Notícias

Cachorro abandonado em abrigo por anos finalmente encontra uma casa só sua

Foto: Humane Society of Preble County
Foto: Humane Society of Preble County

“Por que vocês simplesmente não colocam ele para dormir?”

Esse era o refrão interminável que Leslie Renner, diretora executiva do abrigo da The Humane Society de Preble County, em Ohio (EUA), ouvia como sugestão infeliz quando o assunto “Higgins” surgiu. O morador mais antigo do abrigo passara quase toda a sua vida atrás das grades do canil – mas Renner não ia desistir do mestiço de pastor alemão.

Foto: Humane Society of Preble County
Foto: Humane Society of Preble County

Mais importante ainda, Higgins não queria desistir de encontrar uma casa também.

Higgins veio para o abrigo ainda filhote como um cachorro bem jovem, onde ele foi adotado imediatamente. No entanto, a vida em sua primeira casa estava longe de ser a ideal. Em 2012, Higgins foi devolvido ao abrigo.

“Ouvimos dizer que ele não passava de um cachorro que vivia acorrentado a uma casa de cachorro”, disse Renner ao The Dodo. “Cerca de um ano depois, alguém deu entrada no abrigo com um cachorro perdido – e era ele.”

Foto: Humane Society of Preble County
Foto: Humane Society of Preble County

“Ninguém nunca veio procurá-lo”, acrescentou ela, “ninguém se importou”.

Higgins ficava mais à vontade sem outros animais por perto, o que limitava seu grupo de possíveis adotantes. Renner sabia que ela só tinha que ser paciente até que a pessoa certa aparecesse, mas de novo e de novo, Higgins foi preterido.

“As pessoas estão procurando filhotes ou cachorros com até seis meses”, disse Renner.

Foto: Humane Society of Preble County
Foto: Humane Society of Preble County

“Quando ele voltou, tinha um ano e depois dois e depois três e o tempo continuava a passar”.

Depois de tanto tempo no abrigo, os potenciais adotantes assumiram que havia algo errado com Higgins. Por que mais ele ainda estaria lá todo esse tempo, ano após ano?

“O rosto dele sempre parecia tão preocupado que ele parecia um pouco intimidado quando estava em seu canil”, disse Renner. “As pessoas simplesmente passavam por ele.”

Então, no dia de número 2.381 no cãozinho no abrigo, Brendon Reed entrou e disse: “Estou aqui para levar Higgins para casa”.

Renner ficou chocada.

Foto: Humane Society of Preble County
Foto: Humane Society of Preble County

O rapaz de 22 anos tinha acabado de comprar sua primeira casa, e depois de ver a foto de Higgins on-line e ouvir sua história, Reed sabia que Higgins seria o único cachorro para ele. “Ele era apenas um cachorro lindo”, Reed disse ao The Dodo. “Ele parecia tão fofo eu não sei como ele não foi adotado”.

Depois de seis anos e meio, Higgins finalmente está desfrutando de uma família e uma casa só dele, as mordomias de dormir no sofá, assistir TV, correr em volta do seu próprio quintal e rolar na grama.

Foto: Humane Society of Preble County
Foto: Humane Society of Preble County

Longe do estresse da vida em abrigos, Higgins está aprendendo o que significa ter um pai que o ama e que o faz se sentir seguro e desejado todos os dias.

“Ele é tão feliz, e animado”, disse Reed. “Ele só gosta de brincar.”

​Read More
Notícias

Primeira visita colaborativa e monitorada do Santuário Terra dos Bichos acontece em São Paulo

Por Vanessa Norcia Serrão – Redação ANDA

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Neste domingo, dia 18/12, o Santuário Terra dos Bichos abrirá as portas para a 1a Visita Colaborativa e Monitorada em São Paulo.
Será uma oportunidade única de conhecer de perto o trabalho da ativista pelos Direitos Animais Cintia Frattini, fundadora do Santuário, onde estão abrigados mais de 500 animais vítimas de maus tratos, exploração e abandono.

Além de também colaborar com a manutenção do local e dos animais através da contribuição mínima de R$ 170,00 que inclui: três refeições veganas, transporte de van, incluindo ida e volta a partir da Estação Butantã do Metrô.

Para participar da visita é necessário preencher o formulário de inscrição, prazo até dia 14/12, através do link: Inscrição Visita Colaborativa e Monitorada Santuário Terra dos Bichos.
Em seguida pagar a taxa e enviar o comprovante, com seu nome completo e telefone, para o email: terradosbichossantuario@gmail.com. A confirmação da inscrição e as instruções para visita serão enviadas por email.

O pagamento da taxa pode ser feita através de depósito:
Banco Itaú
Ag.: 3740
Conta Poupança: 29.930-4/500
Cintia Frattini
CPF: 022.631.788-99
Boleto, Cartão de Debito ou Crédito via Pag Seguro através do link: www.santuarioterradosbichos.org
Mais informações http://tinyurl.com/visitasantuario

​Read More
Notícias

Cão idoso descobre a alegria de brincar pela primeira vez em sua vida

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Patricia C.
Foto: Patricia C.

É incrível o quanto um pouco de amor pode mudar um animal. Quando Benji estava morando em um abrigo francês, ele estava desanimado. O cão de 11 anos mal se mexia e parecia estar pronto para desistir.

Agora, um mês depois, ele está correndo, pulando e brincando, tudo graças à decisão de uma família de lhe oferecer um lar. Patricia e sua família sabem a importância de adotar animais domésticos mais velhos.

“Eu queria dar uma chance a um cão idoso para que ele pudesse terminar sua vida em uma cama quente e saber a felicidade de ter uma família como todo mundo”, explicou à Fundação 30 Million d’Amis.

Foto: Patricia C.
Foto: Patricia C.

Assim que conheceram Benji, souberam que ele era o cão perfeito para eles. Quando o levaram para casa, ele estava hesitante e calmo, mas não tinha vontade de brincar. Depois de um mês de amor e cuidados, ele agia como um filhote de cachorro novamente.

Ele fez amizade com os animais da casa: outro cão e três gatos. Benji adora brincar de esconde-esconde no jardim com seus familiares humanos e rolar no sofá.

Esta mudança milagrosa é o que todos os cães idosos merecem e a 30 Million d’Amis patrocina um programa chamado “Operação Idosos” para cobrir os custos de cuidados veterinários para cães mais velhos que foram adotados.

Nos 11 anos em que o programa tem atuado, eles conseguiram salvar 5800 cães. Se a face adorável de Benji não o convencer a adotar um animal idoso, talvez as palavras de Patricia façam isso:

“Dê-lhes uma chance, lhes ofereça uma aposentadoria feliz … É inestimável e eles irão recompensá-lo tanto quanto um filhote. Cães mais velhos são queridos”, disse ela ao Holidog Times.

​Read More
Notícias

Rio de Janeiro ganha primeira loja vegana com centenas de produtos sem origem animal

Divulgação
Divulgação

A terceira loja do Empório Veganza foi inaugurada na última sexta-feira (9) em um dos bairros mais conhecidos do Rio de Janeiro, Ipanema.

A loja é a primeira totalmente vegana da cidade maravilhosa e a inauguração contou com dezenas de veganos felizes com a novidade.

Entre os clientes da loja que estiveram prestigiando a inauguração, estava a ex-levantadora da seleção brasileira de vôlei, medalha de ouro nas olimpíadas de 2012, Fernandinha do Vôlei. Nesta terça-feira, foi a vez da atriz e modelo Yasmin Brunet visitar o novo estabelecimento.

O Empório Veganza iniciou suas atividades em 2014 na cidade de Vitória, no Espírito Santo, com uma loja e lanchonete vegana (relembre aqui). Em abril de 2016, a segunda loja foi aberta em Vila Velha, também no Espírito Santo.

No Rio de Janeiro, o Empório Veganza conta também com uma lanchonete que oferece salgados, sanduíches e sucos e também com uma loja completa, com centenas de produtos de prateleira e também congelados e resfriados. E não é só comida. Tem produtos cosméticos, de higiene pessoal e muitos outros.

Queijos e linguiças vegetais, pratos prontos e outros produtos sem nada de origem animal estão disponíveis para o público carioca em horário estendido. Em dias úteis funciona até 21 horas e aos sábados a loja fica aberta até 20 horas.

A loja carioca é a primeira aberta fora do estado de origem da empresa, mas está longe de ser a última. Ainda em 2016 a franquia deve desembarcar em pelo menos três outros estados. Interessados em abrir uma franquia do Empório Veganza, que tem padronização de identidade e de fornecedores bem estruturada, devem entrar em contato pelo e-mail veganzaemporio@gmail.com.

Serviço
Empório Veganza – Unidade Rio de Janeiro
Endereço: Rua Aníbal de Mendonça, 111 – Ipanema – Rio de Janeiro-RJ
Referência: fica no Top Center, esquina com a rua Visconde de Pirajá
Facebook Veganza
Telefone: (21) 3085-0174
Horário de funcionamento:
De segunda a sexta-feira das 9 às 21 horas
Sábado das 10 às 20 horas
Domingo é fechado

36
Divulgação
​Read More
Notícias

Britânico cria a primeira exposição de arte especialmente para cães

Telas criadas para os cães. (Foto: Reprodução / Facebook / Dominic Wilcox)
Telas criadas para os cães. (Foto: Reprodução / Facebook / Dominic Wilcox)

Os cachorros estão cada vez mais inseridos em nosso cotidiano. Por isso, é possível encontrar padarias, hotéis, creches, academias, salões de beleza e até parques de diversões para cães. Pensando nisso, o artista britânico Dominic Wilcox criou a primeira exposição de arte para cães em parceria com a More Than Pet Insurance.

Ele criou três esculturas enormes e interativas:

Simulador de carro com vento na cara. (Foto: Reprodução / Facebook / Dominic Wilcox)
Simulador de carro com vento na cara. (Foto: Reprodução / Facebook / Dominic Wilcox)

‘Cruising Canines’ – Um simulador de carro com ventilador, afinal os cães adoram ficar com a cabeça para fora da janela para sentir o vento na cara.

‘Dinnertime Dreams’ – Uma tigela gigante com bolinhas que imitam a ração dos cachorros. É uma incrível de piscina de bolinhas.

‘Watery Wonder’ – Uma série de jatos dançantes, como uma fonte d’água onde os cães podem passar e se divertir.

Uma escultura interativa que promete muita diversão para os cães. (Foto: Reprodução / More Than)
Uma escultura interativa que promete muita diversão para os cães. (Foto: Reprodução / More Than)

Além disso, Dominic selecionou alguns artistas para fazerem pinturas com as cores do espectro visível para cachorros. Todos os quadros foram pendurados na altura ideal para os cães enxergarem.

A exposição foi criada como parte da campanha #PlayMore, que tem como objetivo incentivar os tutores passarem mais tempo brincando com os animais e inspira-los a encontrar novas maneiras de garantir que eles mantenham a felicidade e fisicamente com saúde. Além disso, haverá uma arrecadação de fundos para ajudar a RSPCA.

Essa mostra acontece em Londres, apenas nos finais de semana. Quem mora ou está passeando na cidade britânica, a exposição fica na Rua Tanner.

Fonte: Portal do Dog

​Read More