Notícias

Touradas estão proibidas na cidade de Póvoa de Varzim, em Portugal

Apenas os deputados do partido CDS e três do PSD votaram contra o projeto que proíbe a realização de touradas na cidade de Póvoa de Varzim, em Portugal. PS, CDU, Bloco, Pan e o resto da bancada do PSD votaram a favor. A proposta foi aprovada.

(Foto: Divulgação)

Entretanto, a Pró-Toiro informou, através de um comunicado, que irá “avançar com todos os meios legais contra a autarquia, contra o autarca e contra todos os que se associaram a este ataque vil à liberdade dos espetáculos culturais na cidade” e disse que as proibições de espetáculos que envolvem animais são “violações à cultura portuguesa”. O sofrimento dos animais, contudo, falou mais alto do que a confusão entre tortura animal e cultura.

Com a decisão tomada pela Assembleia Municipal de Póvoa de Varzim, a partir de janeiro de 2019, as corridas de touros estão proibidas na cidade.

Nota da Redação: a alegação de que determinada prática faz parte da cultura de um país não pode, em hipótese alguma, ser utilizada como justificativa para a manutenção de atividades que exploram e maltratam animais. Tentar legitimar uma prática exploratória sob a justificativa de que ela representa uma cultura é defender que o que é cultuado pelo país é a dor e o sofrimento animal. Um país ético deve se opor a toda e qualquer opressão e exploração, entendendo que não há o que justifique manter práticas cruéis aos animais, nem mesmo diversão, cultura, esporte, ou qualquer outra suposta justificativa.

Fonte: Esquerda Net

​Read More
Notícias

Partido critica Câmara por permitir touradas em cidade de Portugal

O Bloco de Esquerda, partido de esquerda socialista em Portugal, criticou nesta quarta-feira (19), a Câmara Municipal da cidade de Póvoa de Varzim, no Norte do país, por permitir que continue ocorrendo práticas exploradoras, como as touradas, na cidade.

Partido julgou a decisão de continuação da prática exploratória das touradas na cidade
Partido de esquerda em Portugal busca o fim das touradas na cidade de Póvoa de Varzim (Foto: Global Imagens)

“A decisão da Câmara, em deixar de ceder gratuitamente a praça de touros para os espetáculos tauromáquicos, apesar de interessante, continua a permitir, efetivamente, a realização destes tristes eventos, com a agravante de, ao cobrar pela sua realização, passar a ganhar dinheiro à custa do sofrimento dos animais”, afirmou o partido.

O Bloco de Esquerda julgou a medida como “absolutamente inadmissível”. Além disso, eles também criticaram a RTP (Rádio e Televisão de Portugal), empresa estatal portuguesa que inclui estações de rádio e televisões públicas, por transmitir este tipo de evento explorador e abusivo com os animais.

“Grave é também ser retransmitida pela televisão pública, que banaliza esta violência em todo o país, incluindo para as crianças”, disseram no comunicado.

Para o partido esquerdista, “a tourada é uma exibição pública do sofrimento e maus-tratos dos animais que não pode ter lugar na sociedade”. Os bloquistas lembraram ainda que o programa de partido do município para as eleições de 2017 defendiam “o fim das touradas na cidade”.

Após as discussões na Câmara Municipal da cidade portuguesa, o Bloco de Esquerda decidiu promover uma manifestação nesta sexta-feira (21), em frente à Praça de Touros da Póvoa de Varzim, pedindo o fim da prática cruel contra animais na cidade.

O objetivo é que o movimento anteceda a realização da XXI Corrida de Touros TV Norte que vai ocorrer no local no mesmo dia, às 22h.

​Read More
Notícias

Dois golfinhos mortos aparecem em praia de Portugal

Dois golfinhos mortos deram ontem à costa na praia da Estela, na Póvoa de Varzim, cidade portuguesa.

Os animais foram encontrados por volta das 11h por alguns populares que  passeavam pela orla.

A Polícia Marítima foi chamada ao local e os dois animais acabaram por ser retirados cerca de duas horas depois.

Fonte: Correio da Manhã

​Read More