Notícias

Modelo é detida por aprisionar cobra e filhote de leão em casa na Turquia

Reprodução/Instagram/@qazalyadegarii

Uma modelo iraniana foi detida em Istambul, na Turquia, por aprisionar um filhote de leão e uma cobra da espécie píton em sua casa.

Em um ato de desrespeito aos direitos animais, Qazel Yadegari, de 22 anos, impedia que a cobra e o leão vivessem em liberdade para tratá-los como animais domésticos – o que eles não são, já que pertencem a espécies selvagens.

O crime cometido pela modelo foi descoberto, segundo o portal Hurriyet Daily News, após fotos dos animais, publicadas por ela nas redes sociais, chamarem a atenção das autoridades. Uma revista realizada na casa dela integrou uma operação que investigava o tráfico de animais pela internet.

Além da modelo, seus assistentes Mohammad Ali Rezvandoust e Kian Mohammadia também foram detidos pela polícia.

Ao ser questionada pelos agentes, Qazel Yadegari alegou que mantinha os animais em casa como um hobby, objetificando-os e ignorando a condição de seres sencientes de cada um deles. Segundo ela, a cobra vivia em sua residência há bastante tempo e o leão, comprado por US$ 9 mil, foi trazido do exterior.

Reprodução/Instagram/@qazalyadegarii

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por qazal (@qazalyadegarii) em


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Autoridades turcas encontram centenas de partes de animais selvagens em flagrante policial


A polícia turca encontrou centenas de partes de animais, como chifres de rinoceronte, presas de elefante, entre outras, estimadas no valor de 261 mil dólares, em uma operação realizada em apartamento no distrito de Kağıthane, em Istambul – informaram autoridades na quarta-feira (30).

De acordo com a polícia, o flagrante ocorreu em 23 de outubro e um total de 269 itens foram apreendidos, incluindo dezenas de partes de animais selvagens, como uma pele de píton de 4,6 metros, duas presas de marfim e um chifre de rinoceronte. A polícia também encontrou dezenas de itens feitos de partes de animais, como bijuterias e ornamentos.

Os oficiais responsáveis pela operação disseram que o suspeito era natural do Azerbaidjão e foi libertado sob controle judiciário após ser detido brevemente.

A Turquia é uma região de trânsito importante para espécies ameaçadas da flora e fauna. Embora os países africanos e asiáticos estejam associados ao tráfico de animais selvagens, a Turquia e outros países europeus são as principais rotas para os traficantes contrabandearem e venderem esses animais.

O país há muito tempo luta contra o tráfico de animais selvagens. Em 2013, foi realizada a quinta reunião do projeto de contrabando de vida selvagem coordenado pela coalizão Turquia e Espanha no âmbito da Convenção sobre Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas de Fauna e Flora Selvagens (CITES), na cidade de Rize, no norte.

Os rinocerontes são mortos por seus chifres, que se acredita terem benefícios medicinais ou são usados como afrodisíacos, especialmente na Ásia. Enquanto isso, o marfim é tido há séculos como símbolo de status, usado para fazer esculturas, joias, móveis, teclas de piano e outros itens.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Mulher é investigada por alimentar cobra com filhotes de cães e gatos

Por Sophia Portes / Redação ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais)

DR

Uma mulher está sendo investigada pela Guarda Civil de alimentar uma cobra píton com filhotes de cães e gatos. O caso aconteceu na Espanha.

As autoridades souberam da situação, quando a mulher publicou na internet uma píton à venda, de cinco anos e com um metro e meio de comprimento. O portal “La Vanguardia” diz que na foto abaixo, usada no site para vender a cobra, é possível ver o animal capturando um cão para se alimentar.

DR

Segundo um comunicado da Guarda Civil espanhola, uma pessoa, ligada a grupos de proteção animal, contatou a criminosa, fingindo ter interesse em comprar a píton. Durante as conversas, a mulher admitiu alimentar a cobra com filhotes de gato e cão e alguns pássaros pequenos.

A entidade localizou a criminosa, que confessou o teor da conversa com a suposta compradora. As autoridades instauraram um processo contra a mulher, que responderá judicialmente pelos seus crimes.

 

​Read More
Notícias

Serpente que estava escondida em tubulação surpreende funcionários e pacientes de hospital nos Estados Unidos

Divulgação
Divulgação

Uma cobra do tipo píton albina causou comoção ao cair do teto de um hospital em Tacoma, nos Estados Unidos. O réptil havia sido levado por um paciente em uma gaiolinha daquelas que carregam gatos e cachorros de pequeno porte. Há cerca de um mês, quando recebeu alta, o paciente notificou o hospital sobre o desaparecimento do animal. O reaparecimento da cobra fez a instituição descobrir que ela esteve escondida esse tempo todo na tubulação de ar do local.

Segundo a emissora de TV “KCPQ”, os funcionários do hospital não estranharam a presença da serpente como “acompanhante” do paciente, pois estariam acostumados a várias bizarrices no dia a dia. Ainda de acordo com reportagem do canal, o proprietário do animal o recuperou após sua aparição no hospital.

A píton albina não é uma cobra venenosa, mas possui presa afiadas curvadas para dentro que agarram suas presas.

Fonte: Extra Globo

​Read More
Notícias

Cerca de 102 tartarugas e 17 serpentes píton são salva de traficantes no Camboja

Camboja confiscou carga de 102 tartarugas e 17 serpentes píton (Foto: Tang Chhin Sothy/AFP)
Camboja confiscou carga de 102 tartarugas e 17 serpentes píton (Foto: Tang Chhin Sothy/AFP)

As autoridades do Camboja confiscaram nesta terça-feira (29) uma carga de 102 tartarugas alongadas e 17 serpentes píton, que estavam sendo contrabandeadas em uma estrada da província de Kandal (sudeste) rumo a Phnom Penh.

“Nos avisaram sobre a rota do caminhão”, declarou à Agência Efe o chefe da guarda florestal do distrito de Kien Svay, E Sophy, ao se referir à operação que foi realizada na segunda-feira a cerca de 30 quilômetros da capital, em parceria com a polícia nacional.

O motorista do caminhão abandonou o veículo e conseguiu escapar, enquanto os animais resgatados com vida foram entregues à organização “Wildaid”.

A tartaruga alongada é uma espécie que se encontra em perigo de extinção, segundo organismos de conservação internacionais como o Fundo Mundial para a Natureza (WWF), por causa da demanda que existe para seu consumo e como animal de companhia.

Várias espécies de serpentes píton que habitam no Camboja são consideradas vulneráveis ou ameaçadas devido ao valor de sua pele/couro e de sua carne, e seu comércio está regulado pelo Convênio Internacional de Comércio de Espécies em Perigo (CITES, em inglês).

O contrabando de fauna dizimou a população de muitas espécies no Camboja, como o urso malaio, o tigre, o golfinho do rio Irrawaddy e o elefante asiático.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Cobra píton é encontrada dentro de casa de família na Austrália

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma píton gigante foi flagrada à espera de “dar o bote” em uma casa em Glenview, no estado de Queensland, na Austrália. A cobra esperava que uma presa surgisse bem no local onde a família costuma colocar ração para os pássaros e ficou à espera.

O especialista em comportamento animal Richie Gilbert foi chamado ao local pela família para resgatar a píton.

Segundo o especialista, provavavelmente o réptil sentiu o cheiro dos pássaros e deicidiu montar uma emboscada.

“Ela tinha uma grande chance de conseguir o jantar”, brincou o Gilbert.

No entanto, como não havia ração para os pássaros no momento, o “plano” do réptil fracassou, já que nenhum animal se aproximou.

Fonte: O Dia

​Read More
Notícias

Cobra criada em aquário mata duas crianças no Canadá

Por Patricia Tai (da Redação)

Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

Recentemente, mais um caso que mostra as consequências da teimosia por parte dos humanos em tutelar animais selvagens e exóticos ocorreu no Canadá.

Trata-se da tragédia ocorrida com Noah e Connor Barthe, os irmãos de 4 e 6 anos mortos por uma cobra de 45 quilos. As informações são da Globo.com e do News Ontário.

Os garotos foram encontrados mortos na manhã do dia 05 de Agosto. Como era de costume, eles estavam passando a noite na casa de Jean-Claude Savoie, um amigo da família. Savoie é dono de uma loja de animais especializada em répteis, que funciona embaixo do apartamento. A cobra que atacou os irmãos era criada em um aquário, dentro da casa.

Foto: Reprodução/ Facebook
Foto: Reprodução/ Facebook

A píton africana de 4,5 metros de comprimento escapou do aquário durante a noite e estrangulou os irmãos, que dormiam na sala-de-estar.

O resultado preliminar da autópsia nos corpos revelou que os dois garotos morreram asfixiados. A cobra foi morta por um veterinário após o incidente. A legislação proíbe a tutela dessa espécie na região.

Os irmãos foram enterrados no mesmo caixão. Segundo o vice-prefeito da cidade, a mãe decidiu enterrá-los juntos pois eles eram inseparáveis enquanto viveram.

Como resposta ao caso, os Ministros Madeleine Meilleur, da Segurança Comunitária e Serviços Correcionais, Linda Jeffrey, de Assuntos Municipais e Habitação, e David Orazietti, Ministro dos Recursos Naturais, divulgaram o seguinte comunicado:

“Os recentes acontecimentos em New Brunswick tocaram muitas famílias de Ontário que desejam saber quais as regras para evitar tais tragédias em nossa província.

Atualmente, a responsabilidade por lidar com animais exóticos recai sobre autoridades municipais, que têm a sua própria abordagem aos estatutos sociais e sua execução.

Como resultado, o Governo de Ontário irá rever as regras vigentes a respeito da tutela de animais exóticos na província. Nossos três ministros criarão uma força tarefa para examinar a estrutura corrente e se quaisquer mudanças precisam ser feitas. O governo também buscará ouvir as principais partes interessadas, incluindo moradores, e apresentará um relatório com as opções que forem levantadas.

A segurança e o bem-estar de todos os cidadãos de Ontário é da maior importância”.

​Read More
Notícias

Francês encontra serpente de 2,5 m de comprimento na porta de casa

Um morador de Avignon, cidade do sudeste francês, encontrou na porta de sua casa uma serpente píton de 2,5 metros de comprimento, um animal com força suficiente para estrangular uma pessoa, informou nesta quarta-feira o jornal La Provence.

Por volta das 3h local (22h, horário de Brasília) de terça-feira, o morador pediu auxílio aos bombeiros, formados espeficamente para manipular animais exóticos.

A delegação do Governo de Vaucluse estabeleceu que se trata de uma “python molurus bivittatus” ou píton de Mianmar de entre 3 e 4 quilos, uma espécie que precisa de uma regulamentação especial e que requer que seu tutor a declare às autoridades.

Esses répteis, que podem chegar a medir até oito metros de comprimento, não são venenosos, mas podem transmitir infecções e, sobretudo, podem estrangular uma pessoa.

Na semana passada, uma serpente píton matou no Canadá duas crianças de cinco e sete anos.

O corpo de bombeiros de Avignon espera agora que as autoridades encontrem o tutor desse singular animal de estimação, embora não haja nenhuma serpente desse tipo registrada oficialmente na região.

Fonte: Terra

Nota da Redação: É uma grande irresponsabilidade das autoridades permitir que pessoas mantenham como animais domésticos serpentes como a píton. Mesmo que o tutor declare às autoridades que tutela o réptil, isso não garante que um acidente fora ou dentro de sua própria residência aconteça. De maneira alguma o animal deve ser considerado culpado. A culpa é das leis que permitem este absurdo, e das pessoas que aprisionam estes animais como se fossem donos deles. As serpentes devem viver livres em seu habitat natural, para que tenham uma vida plena e não coloquem as pessoas em risco.

​Read More
Notícias

Píton de 4 m é capturada em piscina de casa de Miami

Uma cobra píton birmanesa de cerca de quatro metros de comprimento foi capturada numa piscina de uma casa nos arredores de Miami, no estado da Flórida, nos Estados Unidos, informou nesta segunda-feira (26) o corpo de bombeiros local. O réptil foi recolhido no domingo por membros da unidade especial Venom.

Os proprietários da casa, localizada em Palmetto Bay, encontraram a píton birmanesa na manhã de Natal e em seguida chamaram a polícia. Esse tipo de réptil não venenoso se adaptou às condições de vida nos pântanos da região e começaram a se reproduzir rapidamente. Calcula-se que existam mais de 50 mil espécimes desse réptil no Estado.

Sua disseminação na região pode ter sido causada por pessoas que adquiriram os pítons como animais domésticos mas que os soltaram nos pântanos quando eles cresceram.

Com informações do Terra

​Read More
Home [Destaque N2], Notícias

A atriz e ativista pelos animais Reese Witherspoon é flagrada usando bolsa com pele de cobra

Por Karina Ramos (da Redação)

Foto: Reprodução/Daily Mail

Assim como sua personagem Elle Woods em “Legalmente Loira”, a atriz norte-americana Reese Witherspoon também gosta muito de bolsas. Porém a nova aquisição de Reese provocou a ira de ativistas pelos direitos animais. Ela foi flagrada com uma bolsa de pele de cobra píton, o que é ilegal na Califórnia. A bolsa vale $ 4.000. A atriz não deve ter comprado o item na Califórnia, pois lá esse comércio está proibido desde 1970. As informações são do jornal Daily Mail.

Uma porta-voz da PETA deu a seguinte declaração: “Não importa quanto Reese tenha pago pela bolsa, os animais certamente pagaram um preço muito mais alto. Todos os anos, milhares de cobras são espetadas em anzóis ou pregadas em árvores pela cabeça e têm suas peles arrancadas com vida. Mangueiras são introduzidas nas bocas dessas cobras grandes, como as pítons, e seus corpos são bombeados com água para afrouxar a pele, facilitando sua remoção. Os animais, já sem pele e com muita dor, são depois descartados e podem levar dias até morrer devido ao choque e à desidratação.” A porta-voz também acha que, no caso de Reese, pode tratar-se de um caso de ignorância dos fatos e não de maldade. “Não achamos que ela tenha conscientemente contribuído para uma crueldade como essa, ainda mais tratando-se de um algo tão frívolo como um acessório de moda, que pode ser facilmente copiado sem que haja morte de animais. Hoje em dia já estão disponíveis vários acessórios que imitam pele de cobra, pele de crocodilo, entre outros, prestando uma homenagem à beleza desses animais, mas sem massacrá-los”.

Ironicamente, Reese havia sido votada pela PETA como a vegetariana mais sexy do mundo. O grupo prometeu que vai enviar um vídeo a ela que expõe os bastidores da indústria de peles. Esse vídeo é narrado pelo seu colega no filme “Johnny e June”, o vegano Joaquin Phoenix.

De acordo com uma lei californiana, é proibido importar pitons para a Califórnia com motivos comerciais.

Outros famosos já foram criticados pelo uso de pele de cobra, como Kylie Minogue e Eva Longoria.

​Read More
Notícias

Americano é preso por tirar pedaços de cobra com mordidas

Um americano da cidade de Sacramento, na Califórnia, foi preso sob a acusação de deixar uma cobra, sob sua ‘tutela’, seriamente ferida após mordê-la duas vezes.

Píton levou duas mordidas. (Foto: Gina Knepp/Sacramento Animal Care Services/AP)

A polícia foi chamada a um local no norte da cidade na noite de quinta-feira (1) pensando que se tratava de um caso de ataque a uma pessoa.

Mas enquanto os policiais conversavam com David Senk, de 54 anos, encontrado caído no local, uma testemunha o acusou de tirar pedaços da cobra píton a dentadas.

O homem acabou detido sob a acusação de mutilar o animal.

Operação de emergência

A píton foi submetida a uma operação de emergência e está se recuperando do ataque.

Segundo o serviço de atendimento a animais de Sacramento, a cobra ficou gravemente ferida e perdeu algumas costelas, mas foi salva pela cirurgia.

As mordidas na cobra de um metro de comprimento eram suficientemente grandes para expor o fígado do animal.

Da prisão, Senk afirmou à mídia local que não lembrava do incidente e que tem problemas com o consumo de álcool.

“O que foi que eu fiz?”, perguntou Senk. “Se vocês encontrarem o ‘tutor’ da cobra, digam a ele que eu sinto muito… Eu me disponho a pagar pelos custos do tratamento”, afirmou.

Fonte: Terra

Nota da Redação: Animais selvagens devem viver livres em seus habitats. Domesticá-los é um crime contra a natureza.

​Read More
Notícias

Serpente de 4 m é encontrada na piscina de um clube na Malásia

Os sócios de um clube da Malásia saíram apavorados da piscina quando um deles descobriu uma píton de quatro metros no fundo, informou o diário The Malay Mail.

Foto: Reprodução/ thesundaily.my

O caso ocorreu na terça-feira, quando oito pessoas, incluindo crianças, se refrescavam na piscina do Sungai Ujong Recreation Club, a cerca de 60 km de Kuala Lumpur. Durante um mergulho, uma das sócias do clube encontrou a gigantesca serpente enrolada debaixo de uma das escadas da piscina.

Os bombeiros foram acionados e retiraram a serpente do local, indicando que o animal provavelmente provinha das florestas próximas e que entrara na água para se refrescar.

Fonte: Terra

​Read More