Notícias

Rede de hamburguerias do rapper Pitbull lança hamburguer vegano

Foto: Livekindly/Reprodução
Foto: Livekindly/Reprodução

A rede de hambúrgueres do cantor Pitbull, Miami Grill, está lançando seu primeiro hambúrguer vegano.

A cadeia de lanchonetes de pratos rápidos e casuais – que relaciona o rapper Pitbull como um importante parceiro de capital – está atualmente testando a mistura de elementos que causa o “sangramento” no hambúrguer baseado em vegetais da Beyond Meat em locais selecionados.

Inicialmente, apenas um restaurante estava testando o Beyond Burger. Devido à demanda de clientes interessados na novidade, a cadeia agora levou a carne vegana para mais seis locais.

“Começamos a testar o Beyond Burger em um de nossos restaurantes corporativos e as reações dos clientes e comentários sobre o sabor e a textura deste produto revolucionário excederam nossas expectativas iniciais, por isso adicionamos rapidamente mais seis locais de teste”, disse Jonathan H. Vogel, gerente de operações do Miami Grill, em um comunicado.

Ele acrescentou: “está bem claro que há uma verdadeira excitação em torno dos hambúrgueres vegetais”.

“Um produto revolucionário”

O Beyond Burger à base de proteína de ervilha, é mais amigável ao ambiente do que o seu homólogo de carne de vaca. Usa 99% menos água, 93% menos terra, 46% menos energia e emite 90% menos gases de efeito estufa do que um tradicional hambúrguer de carne bovina.

Foto: @vurgerguyz
Foto: @vurgerguyz

À medida que os consumidores aprendem mais sobre o impacto ambiental da carne, cada vez mais buscam opções baseadas em vegetais. O Beyond Burger está agora disponível em supermercados, cadeias de restaurantes e lanchonetes de fast-food em todo o mundo. Mais recentemente, a rede de lanchonetes Subway anunciou que estava adicionando um submarino vegano de almôndega Beyond Meat ao cardápio em 685 locais.

Sobre a mais recente parceria da marca com o Miami Grill, Tim Smith, vice-presidente de vendas de alimentos da Beyond Meat – disse: “sabemos que os consumidores estão procurando outras opções de proteína, mais diversificadas e estamos entusiasmados por fazer parceria com o Miami Grill para oferecer o Beyond Burger em seus menus. Juntos, esperamos levar este produto revolucionário a todos os clientes do Miami Grill”.

Fundado em 1980, o Miami Grill – anteriormente denominado Miami Subs Grill – tem 31 locais nos Estados Unidos. Pitbull – cujos sucessos incluem “Timber” e “Hotel Room Service” – tornou-se um participante e sócio da franquia Miami Subs Grill em 2012 “Foi um ponto crucial na evolução da marca Miami Grill”, afirma a rede em seu site.

Os restaurantes específicos para servir a nova opção de hambúrguer vegano ainda não foram revelados.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Histórias Felizes, Notícias

Pit bull puxa tutor desacordado para fora do carro após o veículo se chocar contra uma árvore

Foto: Jennifer Lenotte
Foto: Jennifer Lenotte

Depois que a irmã mais velha de Isaiah Lenotte foi para a faculdade, ele começou a se aproximar da cadela pit bull resgatada pela família, Athena, que estava chateada e confusa com a partida da irmã para a faculdade. O par encontrou conforto um no outro e passou a ficar mais tempo juntos, aproximando-se mais a cada dia.

“Ela nunca sai do meu lado em casa e está sempre esperando por mim quando eu chego da rua”, disse Lenotte ao The Dodo. “Não há ninguém em quem eu confie mais.”

No último fim de semana, Lenotte decidiu levar Athena para pescar com ele. Os dois passaram uma tarde maravilhosa juntos, relaxando e brincando, até que chegou a hora de ir para casa.

Foto: Jennifer Lenotte
Foto: Jennifer Lenotte

O dia estava perfeito, e os dois estavam apenas indo embora de carro, e quando chegaram na última colina antes de sua casa, repente Lenotte se sentiu fraco, sem forças – e antes que ele percebesse o que estava acontecendo, o carro saiu da estrada e foi direto para uma pedra, e em seguida para uma árvore.

“Até o carro bater na árvore eu esta consciente mas apaguei em seguida”, disse Lenotte. Acordei logo depois com o carro cheio de fumaça dos airbags e metade dele na água. Eu então comecei a tentar sair do carro, que pensei que poderia estar em chamas”.

Apesar de estar machucado e cheio de cortes, Lenotte sabia que tinha que sair do carro e levar Athena com ele o mais rápido possível. Mover-se, porém, era uma luta, e quando ele estava abrindo a porta do carro e tentando tirar ele e sua melhor amiga do perigo, Athena decidiu resolver o problema com suas próprias mãos.

Foto: Jennifer Lenotte
Foto: Jennifer Lenotte

“Eu abri a porta traseira do lado direito do passageiro e fui puxado para fora por Athena”, disse Lenotte. “Ela escapou da coleira enquanto me tirava do jipe, mas ficou do meu lado, embora quisesse sair do carro tanto quanto eu”.

O acidente de carro definitivamente tinha assustado Athena, mas ela não seu medo atrapalhar enquanto puxava seu irmão para a segurança. Ela sabia que ele precisava dela, e então fez tudo o que podia para ter certeza de que ele estava bem e o par conseguiu atravessar a rua e se afastar do carro.

Assim que os pais de Lenotte chegaram ao local, sua mãe tentou colocar Athena em sua caminhonete e longe de toda a comoção gerada – mas ela não havia terminado de proteger seu irmão ainda.

Foto: Jennifer Lenotte
Foto: Jennifer Lenotte

“Quando cheguei lá, ela estava sentada protegendo ele, mas tremendo toda”, disse Jennifer Lenotte, a mãe do casal, ao The Dodo. “Eu a peguei e coloquei na minha caminhonete, mas tive que levá-la de volta porque ela estava desesperada e continuava procurando pelo meu filho.”

Athena se recusou a sair do lado de seu irmão, mesmo quando as pessoas chegaram para ajudá-lo, e finalmente só se aceitou se separar dele quando os paramédicos chegaram para levá-lo ao hospital para que os dois fossem atendidos.

“Ela surpreendentemente não se incomodou com a quantidade de pessoas e caos que estava ao nosso redor e com certeza me confortou, já que eu estava confortando-a”, disse Isaiah Lenotte. “Ela parecia saber que todos estavam lá para ajudar.”

Foto: Jennifer Lenotte
Foto: Jennifer Lenotte

Atena foi abalada por toda a situação e o acidente, mas saiu milagrosamente ilesa do acidente. Ela podia obviamente sentir que estava bem e seu irmão não, e sabia que ela tinha que ser a única a assumir o controle.

Os pais de Athena a levaram para casa, onde ela esperou que seu irmão voltasse do hospital – e assim que ele voltou para casa, ela voltou a ficar ao lado dele.

Felizmente, Lenotte só sofreu ferimentos leves do acidente, e ele e Athena estão se recuperando maravilhosamente bem. Se Athena não estivesse com ele, a coisa toda teria sido muito mais difícil de lidar, e Lenotte é eternamente grato por sua melhor amiga.

“Eu não poderia estar mais agradecido ela amizade de uma companheira tão incrível”, disse Isaiah Lenotte.

​Read More
Histórias Felizes, Notícias

Cão se desespera ao perceber que rasgou seu travesseiro favorito

Foto: Allie O'Cain
Foto: Allie O’Cain

Draco, é um cão da raça pitbull, que não teve um começo de vida fácil, mas uma coisa foi responsável por proporcionar o conforto ao cachorro em tempos bons e ruins: um travesseiro em forma de coração com braços.

O travesseiro se transformou no porto seguro de Draco, em qualquer lugar que o jovem pitbull ia, o travesseiro de aparência engraçada estava junto, como uma âncora. “Se alguém pegar seu travesseiro, ele vai pular e agarrá-lo”, Allie O’Cain, a mãe de Draco, disse ao The Dodo. “Ele suga o companheiro de pan todos os dias para adormecer”.

Foto: Allie O'Cain
Foto: Allie O’Cain

Recentemente, no entanto, parecia que a almofada companheiro e intensamente valorizada do filhote estava destinada à lixeira – algo que Draco absolutamente não podia permitir.

Draco sempre tratou seu travesseiro com cuidado e carinho desde que O’Cain o resgatou ainda filhote e órfão, de um criador de pitbulls com apenas 2 semanas de idade.

“Draco é um amor e é muito agitado e nós nos tornamos uma casa só de brinquedos de borracha porque qualquer coisa com estofamento ele destruirá em menos de cinco minutos”, disse O’Cain. “Mas ele tem sido tão gentil e amoroso com este travesseiro, é impressionante”.

Foto: Allie O'Cain
Foto: Allie O’Cain

Mas quando o amigo canino de Draco, um labrador negro chamado Willow, quis compartilhar o travesseiro com ele, o pitbull ficou um pouco super protetor. Ele correu para pegar de volta seu travesseiro de estimação e, no processo, o objeto rasgou. Quando o enchimento começou vazar, parecia que o pior acontecera.

Felizmente, a avó de Draco viu o que estava acontecendo e entrou em ação.

“Achamos que [o travesseiro] estava tão desgastado pelo uso que simplesmente rasgou”, disse O’Cain. “Minha mãe se apavorou, agarrou o objeto e gritou: ‘Eu vou consertar isso, Draco!'”

A avó de Draco levou o travesseiro para sua máquina de costura e começou a “cirurgia”.

Foto: Allie O'Cain
Foto: Allie O’Cain

Mas Draco não podia ficar de braços cruzados enquanto seu verdadeiro amor estava sendo operado.

“Durante todo o tempo em que durou o processo de restauração do travesseiro, a cabeça e as patas de Draco estavam esticadas ao extremo para que ele pudesse acompanhar de perto o que acontecia”, disse O’Cain. “Ele estava choramingando, ganindo e tentando alcançar seu brinquedo com a boca”.

“Ele agia como se sua esposa estivesse em cirurgia”, escreveu O’Cain no Facebook.

Assim que o travesseiro foi consertado, Draco correu para acariciar seu brinquedo favorito, claramente aliviado por ter ele ficado inteiro novamente.

O’Cain e sua mãe continuarão consertando o travesseiro até que Draco supere seu brinquedo de infância – se esse dia chegar. Mas conhecendo Draco, isso parece pouco provável.

“Os valentões são exatamente o oposto do que as pessoas pensam”, disse O’Cain. “Eles permanecem grandes bebês para sempre!”

​Read More
Notícias

“Kitbull”: o novo curta da Pixar que mostra a amizade entre um gato e um pit bull acorrentado

Foto: Divulgação | Pixar

Os animais nos ensinam a cada gesto simples o verdadeiro significado de amor, respeito e amizade sem preconceitos ou interesses. Apesar de por vezes serem submetidos a condições extremas de maus-tratos, negligência ou falta de carinho, eles mantém a pureza em seus olhos e são capazes de perdoar, amar e confiar novamente nas pessoas.

Amizades improváveis também são comuns entre essas criaturas adoráveis e, frequentemente, vemos cadelinhas carentes que adotam gatinhos ou até mesmo filhotes de gambás e cães encantadores criam laços com elefantes, pássaros, cavalos, ursos e até mesmo com répteis. Eles são incríveis!

O filme da Pixar traz exatamente isso para as telas: o amor sem fronteiras entre espécies distintas de animais. Além disso, o curta põe em pauta os maus-tratos e a exploração vivida por milhares de cães em todo o mundo.

A história de “Kitbull” acontece em São Francisco, Califórnia, e gira em torno de um gatinho que vive na rua e tem apenas uma caixa de papelão como refúgio e de um pit bull acorrentado e cruelmente explorado por um humano.

Diferentes, mas ao mesmo tempo com muitos aspectos em comum, os dois animais acabam se tornando amigos inseparáveis. Apesar do âmago desta curta ser esse — a amizade entre eles — outras mensagens são passadas, desde os estereótipos negativos sobre os pit bulls e como o amor cura as feridas deixadas pelos abusos.

Desenhado à mão, Kitbull foi escrito e dirigido por Rosana Sullivan e dirigido por Kathryn Hendrickson. A música ficou por conta de de Andrew Jimenez.

Este é o terceiro curta do programa SparkShorts, em que a Pixar dá aos seus funcionários seis meses e um orçamento limitado para a criação de curtas-metragens. O objetivo desta iniciativa é cultivar projetos independentes dos artistas e diretores da empresa.

​Read More
Notícias

Cadela é morta por PM no quintal de casa e tutor diz que o policial mandou ‘cobrar do Estado’

Foto: Mario Cesar Silva/Reprodução

A cadela Meg, uma pitbull de 7 anos, morreu na última quinta-feira (21) após ser atingida por um tiro na região peitoral no quintal de uma residência em Mafra, no Norte catarinense. O tutor do animal, Mario Cesar Silva, registrou boletim de ocorrência do caso e afirma que um policial baleou a cachorra e não prestou socorro.

Por nota, o Comando da PM de Mafra disse que abriu inquérito e que a informação preliminar é que o policial “perseguia um marginal através do pátio de residências, ocasião na qual teria sido atacado pelo cão”. A corporação disse ainda que lamenta o fato e que vai prestar esclarecimentos após as investigações.

O delegado responsável pela investigação não foi encontrado.

De acordo com o tutor, a cadela foi atingida por volta do meio-dia no bairro Buenos Aires. O animal passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos. “Eu estava saindo de casa quando soltei a cachorra no pátio. Ela faz companhia para minha avó, que mora com a gente, e tem síndrome do pânico. Ela tem medo de ladrão, de alguma coisa acontecer, e sentia mais segura com a cachorra”, conta Mario.

Ele também contou que ouviu um barulho e na sequência muitos gritos da avó e a cadela agonizando. Quando voltou ao pátio, contou que viu um policial com as mãos para cima, uma delas com uma arma.

“Eu fui primeiro atender a minha avó, que estava muito assustada. Daí minha mulher pegou um cobertor e começou a fazer pressão contra o ferimento da cachorra, mas estava saindo muito sangue”, diz Mario.

Na sequência, o policial saiu do pátio. Segundo Mario, o batalhão estava em atendimento de outra ocorrência, quadras abaixo de sua casa. O dono da residência buscou os policiais e, depois, uma viatura parou em frente à casa.

O mesmo policial estava no carro. Peguei a cachorra ensanguentada e perguntei se eles podiam me ajudar, levar a cachorra no veterinário. Não sabia o que fazer. O policial riu da minha cara. Ele disse que não iria colocar a cachorra na viatura e ainda falou: cobra do Estado”, disse o tutor da cadela Meg.

Ainda segundo o homem, a cachorra estava muito próxima à sua avó, o que ainda poderia ter aumentado o risco da senhora ser atingida. Após o atendimento no veterinário, o homem foi à Polícia Civil registrar a ocorrência e policiais militares foram até a sua casa registrar o boletim de ocorrência.

“Eles tentaram amenizar, dizendo que por ser dessa raça o policial tentou se defender. Mas a cachorra estava a três metros dele. Não tem que entrar e invadir a minha casa e sair dando tiro”, disse Mario.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Bombeiros resgatam pitbull em fossa séptica em Barbacena (MG)

O Corpo de Bombeiros resgatou nesta quarta-feira (28) um cão da raça pitbull que caiu em uma fossa séptica em um sítio na cidade de Barbacena (MG). O animal se encontrava em quadro de hipotermia quando foi resgatado.

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

De acordo com os bombeiros, a equipe foi acionada por uma mulher, de 34 anos, que relatou que um cão havia caído em uma fossa séptica, no fundo do quintal da casa dela. O animal é tutelado por uma vizinha.

Quando chegaram ao local, os bombeiros se depararam com o cachorro se debatendo, pois corria risco de afogamento. A equipe realizou uma análise do local e utilizou uma técnica de resgate para retirar o cachorro.

O cão foi entregue à tutora dele para as demais providências.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Cachorro é resgatado após ser baleado no rosto nos EUA

Pit bull foi baleado e encontrado lutando por sua vida (Foto: One Green Planet)

Um cãozinho foi covardemente alvejado no rosto na cidade de Laurel, no estado do Mississippi (EUA). Ele foi resgatado pela organização sem fins lucrativos Southern Cross Animal Rescue após moradores o encontrarem agonizando de dor e muito assustado.

Após o salvamento, ele recebeu atendimento veterinário emergencial e um raio-X mostrou que o projétil entrou pelo interior da boca do cachorro, quebrou seu dente canino e explodiu, causando um enorme ferimento de saída.

Spurlin está recebendo medicação e cuidados especiais (Foto: One Green Planet)

Por causa do ângulo de entrada, foi estimado que provavelmente a pessoa mirou em seu rosto e atirou. Todos os ossos e tecidos afetados estavam podres e inchados, o que era um sinal de que o cachorro estava nesse estado há muito tempo.

O cão da raça pit bull foi carinhosamente batizado de Spurlin e está recebendo tratamento intensivo, tomando remédios para dor, antibióticos e anti-inflamatórios. Ele já está muito melhor, mas ainda tem uma longa reabilitação pela frente.

Spurlin está melhor, mas ainda precisa passar por cirurgias arriscadas (Foto: One Green Planet)

A infecção causada pela bala poderia ter levado o cachorro à morte, pois o edema poderia ter atingido seu cérebro e causado sequelas irrecuperáveis. Entretanto, seu pé está gravemente ferido com vários dedos quebrados. A organização contou três cirurgias e uma possível amputação.

O preconceito contra cães da raça pit bull é uma realidade lamentável em todo mundo. Não existem raças ou espécies naturalmente violentas. Os animais são transparentes, puros e transmitem apenas aquilo que aprenderam ou a que foram submetidos.

​Read More
Histórias Felizes

Cão perdido reaparece um ano depois a 110 km de distância de casa nos EUA

O cão Ratchet, que estava perdido havia um ano, reapareceu nesta quinta-feira (2) em Greenville, no estado americano da Carolina do Sul, a cerca de 110 km de sua casa, em Greenwood, no mesmo estado.

Reprodução | G1

Esther Atkins encontrou o cachorro e, graças ao microchip, conseguiu devolvê-lo para sua família, que já pensava que o pitbull estava morto. O reencontro ocorreu na sexta-feira.

Fonte: G1

​Read More
Você é o Repórter

PitBull mansa procura novo lar na cidade do Rio de Janeiro

Chico RJ

chico.doggielover@gmail.com

Essa PitBull da foto procura um novo lar. Ela tem dois anos e é conhecida como Shi HA. Extremamente mansa com pessoas e animais, está sendo doada por ser muito brincalhona e fazer bagunça no quintal.

Ela está no bairro Jardim America, na cidade do Rio de Janeiro. Quem tiver interesse em dar um novo lar com muito amor para ela, entre em contato com Miriam, através do (21)96725-3952 ou com Fernando, através do (21) 972392305 FERNANDO

​Read More
Histórias Felizes

Quatro cães são resgatados de casa onde viviam presos sem comida e água

Um supervisor do departamento de construção fazia inspeções de rotina em propriedades de aluguel, na vila de Newburgh Heights, em Ohio, EUA. Tudo parecia normal, até deparar-se com uma casa que possuía dois cães amarrados no porão e dois filhotes presos no sótão.

Foto: Newburgh Heights Police Department

Nenhum dos quatro cães tinha acesso a comida ou água, e tanto o sótão como o porão estavam completamente sujos. Os animais estavam extremamente necessitados e tristes, então o homem entrou em contato com a polícia local, na esperança que eles pudessem ajudar.

Preocupados com o bem-estar dos cães, os oficiais do Departamento de Polícia de Newburgh Heights responderam ao chamado o mais rápido possível, mas ficaram chocados com o que encontraram dentro da casa.

Foto: Newburgh Heights Police Department

Os dois PitBulls mais velhos estavam sendo mantidos presos no porão por uma só coleira, que estava enrolada em torno de uma pilastra. Isso dava aos cães poucos centímetros de espaço para que se movimentassem.

Além disso, todo o porão estava sujo e não havia comida, água, brinquedos, camas ou qualquer outra coisa que desse o mínimo de conforto aos animais.

Enquanto os oficiais inspecionavam o resto da casa, encontraram um homem que afirmou morar no local, Dion Harris. Harris alegou que os cães não eram seus e que ele nem havia percebido que ainda estavam lá.

Os policiais então resgataram os cachorros da casa e levaram-os para instituição Cleveland Animal Protective League. Lá, os quatro PitBulls foram examinados e receberam cuidados e carinhos necessários.

Um dos animais foi diagnosticado com vermes, porém todos os outros apresentaram uma saúde surpreendentemente boa. Os funcionários do abrigo decidiram chamá-los de Elaine, Louise, Phineas e Candace.

Tanto Harris quanto Jasmine Grays, outra moradora da casa na época em que os cães permaneceram presos, receberam quatro acusações de crueldade contra animais.

Louise, Phineas e Candace já foram adotados, e agora estão em lares onde receberão carinho e os cuidados necessários.

Um supervisor do departamento de construção deparou-se com uma casa que possuía dois cães amarrados no porão e dois filhotes presos no sótão.
Foto: Newburgh Heights Police Department

Elaine ainda está se recuperando do tratamento contra vermes, e assim que estiver saudável será colocada para adoção, para que também possa encontrar uma família e receber todo o amor que merece.

​Read More
Notícias

Pit bull salva bebê de casa em chamas na Califórnia

Sasha, uma pit bull de oito meses alertou sua família de que a casa estava em chamas e em seguida correu para o quarto da bebê de sete meses para resgatá-la. O caso ocorreu no último domingo (3) em Stockton, na Califórnia.

“Eu a ouvi latir muito alto e pular na porta, e comecei a pensar no que poderia estar acontecendo. Assim que abri a porta ela correu para dentro de casa e começou a latir sem parar”, contou Chai, a tutora do animal, à KCRA.

A pitbull salvou a vida da bebê
Se não fosse pela cachorra, o incêndio poderia ter sido trágico. Foto: Tom Miller/Instagram

Segundo Chai, se não fosse por Sasha ela nunca teria percebido o incêndio que se alastrava na casa vizinha, e na dela também. Durante a entrevista, ela revelou que quando se dirigiu para o quarto de sua filha, a cadela já estava tentando resgatar a menina.

“Significa muito. Eu devo tudo a ela. Se não fosse por Sasha, eu teria ficado deitada sem perceber o perigo que corríamos”, disse.

Fonte: CM

​Read More
Você é o Repórter

Cachorrinha maltratada precisa de resgate em Guarulhos (SP)

Abigail Andrade
abigail.andrade@hotmail.com

Essa pit bull da foto foi abandonada e está passando fome e sofrendo maus-tratos em Guarulhos, Grande São Paulo, e precisa de resgate urgente. 

cachorra precisa de resgate em Gru Sp

Elá já deu cria, mas perdeu todos os filhotes. Agora, precisa ser resgatada dessa situação, e receber vacinas, castração e um lar.

Caso possa ajudar ou tenha interesse no adote, entre em contato com Luiza, através do telefone (11) 2438-3638.

​Read More