Notícias

Dono de pet shop confessa agressão a animais no Rio de Janeiro

O juízo da 31ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro ouviu nesta terça-feira (01), uma testemunha de defesa e os réus do processo que apura maus-tratos contra animais ocorridos no Pet Shop Quatro Patas, no Engenho de Dentro, Zona Norte Fluminense.

Durante o seu depoimento o acusado Daniel Henriques admitiu ter agredido dois cachorros: Thor e Pink. Daniel disse que estava nervoso devido a brigas constantes com dois ex-sócios da loja. “Infelizmente descontei nos dois cães. Fui irresponsável, mas não sou esse monstro que a televisão mostrou”, disse. O réu se refere às imagens que foram divulgadas por um telejornal, em outubro de 2012, e que mostram o réu agredindo cães com socos e tapas e jogando água nos focinhos.

A outra ré do processo é Solange Barroso Ferreira, dona do estabelecimento e mãe de Daniel Henriques. Solange afirmou que não sabia das agressões e que ficou surpresa quando as imagens foram divulgadas. “A loja tinha mais de três mil clientes. O ambiente era limpo e organizado. Não recebi reclamações desse tipo, nunca imaginei que algum dia fosse passar por essa situação”. A ré acrescentou que a loja não vendia nenhum tipo de medicamento, limitando-se a oferecer serviços de banho e tosa e venda de brinquedos para cães.

O ex-funcionário da pet shop, que prestou depoimento como testemunha de defesa, afirmou que desde que foi contratado pela loja, em junho de 2012, nunca viu Daniel dar banho nos cães.

Os réus Solange Barroso Ferreira e Daniel Henriques respondem por catorze acusações de maus-tratos a animais domésticos (art. 32 – Lei 9.605/98), e por construir/reformar/ampliar/instalar ou fazer funcionar serviços poluidores (art. 60 – Lei 9.605/98. Agora, o processo entra em fase de alegações finais.

Fonte: Âmbito Jurídico

​Read More