Notícias

Os golfinhos mais pequenos do mundo correm risco de extinção

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

É o veredicto da associação ambientalista Nabu: se nada for feito, a espécie de golfinho Maui tem os dias contados e acaba dentro de 15 anos.

Neste momento, já só existem perto 50 golfinhos dessa espécie e 10 deles são fêmeas.

Esta é uma espécie que só existe nas águas da Nova Zelândia.

Barbara Maas, da organização Nabu, diz que são os golfinhos “mais raros e mais pequenos de todo o mundo” e que “muita gente nunca ouviu falar deles”.

“Eram 2 mil, agora são só 50”, diz a bióloga, sublinhando a necessidade de proteger a espécie. Barbara Maas sugere, segundo a BBC, que a Nova Zelândia ponha de lado os interesses da indústria pesqueira a favor da preservação da biodiversidade.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

 Fonte: TSF

​Read More
Você é o Repórter

Cadela e filhotes de pequeno porte vivem em gaiola, em SP

Paula Oliveira
paula.patricia@gmail.com

Foto: Divulgação

Preciso da ajuda de vocês na divulgação desta família. Estão castrados, vermifugados e vacinados, prontinhos para ganhar um novo lar.

A mãezinha tem aproximadamente 1 ano, é pequena e muito dócil, se dá bem com outros cães e pessoas. Tem um temperamento bem tranquilo, excelente para apartamento.

Os bebês são meninos, brincalhões e com estas carinhas de pestinhas, ficarão pequenos também.

Por favor, divulguem! Eles merecem um lar!

Contato: Paula – paula.patricia@gmail.com

Foto: Divulgação
​Read More
Imagens

Pequenos, desengonçados e… filhotes!

Alguns tem as pernas desproporcionais ao corpo; outros mal conseguem equilibrar a cabeça. Alguns filhotes dão os primeiros passos de forma totalmente desengonçada, outros só querem saber de dormir o dia inteiro. Há até os que sofrem por nascerem patinhos “feios”. É… vida de filhote não é fácil. Confiram as imagens!

​Read More
Notícias

Vítimas do modismo: operação resgata cães abandonados na Califórnia

O fato de celebridades como Paris Hilton popularizarem o uso de cachorros de porte pequeno como mero acessório fashion levou a Califórnia a sofrer nos últimos anos com uma superpopulação de cãezinhos abandonados, mas uma operação de resgate internacional, batizado de operação Air Chihuahua, é esperança de um lar decentes para esses bichinhos.

Candy, Kobe, Sadie, Winnie, Taylor e Troudy são alguns dos 60 passageiros que na sexta-feira subiram a bordo do jato privado de Jan Folk, empresária e filantropa canadense, que emprestou seu avião para que estes chihuahuas e outras raças de cães pequenos fossem levados para Edmonton, na província canadense de Alberta.

“É o primeiro Voo da Liberdade que vai levar esses cães de raças pequenas para uma família em outro país”, explica Folk.

A operação Air Chihuahua teve um custo calculado em 40.000 dólares e foi financiada pela sociedade The Orange Dog de Folk para resolver o problema da superpopulação de cãezinhos em Los Angeles.

“Existem mais de 60.000 chihuahuas abandonados em Los Angeles e o número continua crescendo”, afirmou Madeline Bernstein, presidente da Sociedade para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (SPCALA).

Segundo Bernstein, este fenômeno aumentou na Califórnia depois de filmes como ‘Legalmente loura’ e ‘Beverly Hills Chihuahua’, que popularizaram a ideia de ter um cachorro como um mero acessório da moda.

“A aparição de celebridades como Paris Hilton e Britney Spears, que começaram a ser fotografadas com cachorrinhos, também ajudou no problema”, acrescentou.

“O problema é que eles não são acessórios, são cachorros, que fazem cocô, xixi, e precisam de cuidados… As jovens os compram como se fossem uma linda carteira, e por isso se cansam muito rápido deles”, explica ainda.

Para Folk, a operação Air Chihuhua garante para esses bichinhos o direito a uma nova vida, em uma família com condições de cuidar de suas necessidades.

Promovida pela SPCALA, a operação começou primeiramente apenas Estados Unidos, onde até agora dezenas de cachorrinhos foram embarcados rumo ao Colorado, Houston e Flórida. Esta é a primeira vez que promovem uma adoção internacional coletiva.

Fonte: AFP

​Read More
Você é o Repórter

Cães que vivem em baias aguardam uma chance de ter um lar de verdade em SP

Elisabete Sarran
sarran@uol.com.br

Essas gracinhas estão na clínica do Dr. Pedro no Butantã, em SP. Alguns foram resgatados com alguns dias de vida  e até agora não conseguiram uma família. Isso nos deixa profundamente tristes.

Quando resgatamos um animal sonhamos  com um futuro diferente para eles, mas, infelizmente já faz meses que aguardam adoção e ninguém se interessa. Vejam como estão ficando grandes!  Isso é de cortar o coração. Precisamos muito de ajuda para doá-los, pois ninguém merece viver em uma baia.

São animais saudáveis, dóceis  e que querem muito brincar, correr e ter um lar de verdade. Estão todos vacinados e castrados. Divulguem por favor.

Contatos:

Bete Sarran – sarran@uol.com.br
Carolina Fontes – carolinafontes@hotmail.com
Dinorah Ereno – dinorah.ereno@gmail.com
Mariana Dalmaso – marianaprotetora@gmail.com

​Read More