Notícias

Organização Não Governamental debate Ética Biocêntrica

(Da Redação)

A Organização Não Governamental Ecoforça leva a Curitiba o debate sobre a Ética Biocêntrica*, no próximo dia 16 de abril de 2010. O evento será realizado no auditório do SENGE-Sindicato dos Engenheiros do Paraná. A palestrante convidada é a Prof. Dra. Sônia Terezinha Felipe**.

O debate sobre a necessidade de mudança de valores e atitudes para a consequente mudança de visão de mundo será aprofundado e buscará externalizar os processos pessoais de cada um dos participantes. 

O evento tem o objetivo de cumprir com uma das metas propostas ao longo do Seminário Internacional “Experiências de Agendas 21: Os Desafios do Nosso Tempo”, ocorrido em novembro de 2009. (Para conhecer o conteúdo da palestra apresentada pela prof. Sônia Felipe no Seminário Internacional acesse www.sema.pr.gov.br e busque “Anais do Evento” na aba Palestras).

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas antecipadamente até o dia 8 de abril de 2010, ou até que as 120 vagas estejam esgotadas. Para inscrever-se, devem ser enviados para o e-mail  ecoforca@gmail.com  os seguintes dados:

Nome completo
Fone
E-mail
Instituição que representa (se houver)

Mais informações com Rosana (41) 9676.4656 ou Valdir (43) 9627.3985, ou por e-mail.

* A concepção da ética biocêntrica elaborada por Paul W. Taylor  fundamenta a tese de que é possível propor a ampliação da noção de direitos fundamentais, ainda que no sentido moral do termo, para todas as formas de vida, considerando-se que a comunidade moral é constituída por agentes e pacientes morais e não apenas por agentes morais racionais. A vulnerabilidade iguala todos os seres viventes. Para seguir a ética biocêntrica é preciso operar caso a caso com os quatro princípios fundamentais: não maleficência, não interferência, fidelidade e justiça restitutiva. Por outro lado, a coexistência de tantos milhões de espécies vivas nesse planeta gera conflitos de interesses, classificados em básicos e não básicos, que requerem solução. Taylor apresenta regras de prioridade para dirimir tais conflitos, a saber: autodefesa, proporcionalidade, mal menor, justiça distributiva e justiça restitutiva.

** Sônia Terezinha Felipe, Doutora em Teoria Política e Filosofia Moral, com  pós-doutorado em Bioética-Ética Animal, cofundadora do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Violência, ex-voluntária do Centro de Direitos  Humanos da Grande Florianópolis, coautora de vários livros, professora e pesquisadora dos Programas de graduação e pós-graduação em Filosofia, e do Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas da UFSC, Investigadora Permanente do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa e Membro do Bioethics Institute da Fundação Luso-americana para o Desenvolvimento, Lisboa.

​Read More