Notícias

Polícia investiga morte de cachorro que teve as patas cortadas, em Goiás

Foto: Divulgação/Polícia Militar
Foto: Divulgação/Polícia Militar

Um cachorro morreu após ter as duas patas traseiras cortadas em Pires do Rio, Goiás. Segundo informações da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, o animal foi encontrado se arrastando, sem as patas, pelo quintal da casa do tutor, que acionou a PM. O cachorro foi socorrido e encaminhado a uma clínica veterinária da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

O caso aconteceu no último dia 14 deste mês. Ainda de acordo com os policiais, neste dia, um homem solicitou ajuda da PM afirmando que tinha chegado em casa após o trabalho e se deparado com o animal agredido. O homem afirmou que criava o cachorro e não sabia quem tinha sido o autor da agressão.

Os policiais suspeitam que o crime tenha sido algum tipo de retaliação ao tutor do cachorro. A ocorrência foi encaminhada à delegacia de Pires do Rio, que vai investigar o caso.

“Quando cheguei lá, o cachorro olhou para mim com o olhinho triste e eu levei ele para o veterinário. O tutor ficou na residência porque é uma pessoa simples, não tinha como arcar com as despesas do tratamento. Eu mesmo entrei em contato com o veterinário e pedi ajuda”, relata o sargento da PM Miltair Damasceno.

Ainda segundo a Polícia Militar, os agentes identificaram, por marcas de sangue e relato de testemunhas, que as patas do cão foram cortadas em frente a uma casa localizada uma rua acima de onde ele foi encontrado.

Até esta terça-feira (22) as patas do cachorro e a arma do crime não haviam sido localizadas. Vizinhos da região não deram informações à PM sobre quem teria cometido a agressão.

Fonte: G1

 

​Read More