Notícias

Paróquia realiza missa especial com bênção de animais neste domingo em Presidente Prudente (SP)

Paróquia de Nossa Senhora do Carmo realizará neste domingo (19), a partir das 10h30, uma missa especial com bênção aos animais. A celebração já está no 6º ano consecutivo e a expectativa é de que mais uma vez os fiéis lotem a igreja, que fica na Vila Maristela, em Presidente Prudente.

A organização é responsabilidade da Pastoral dos Agentes de Proteção aos Animais e, neste ano, a missa foi inserida na programação da 1ª Semana de Restauração das Famílias.

Reprodução | G1

“Resolvemos inserir esta celebração na Semana da Família, pois é assim que todos os animais precisam ser tratados, como parte da nossa família que chamamos de comunidade”, explica o padre Rodrigo Gomes.

“Ficamos muito felizes que os animais terão o seu momento na Semana da Família. É mais uma oportunidade de realizarmos o nosso trabalho de conscientização, pois todas as criaturas de Deus merecem amor, respeito e carinho”, aponta uma das coordenadoras da pastoral, Vanessa Cintra.

Os fiéis comparecem à missa com as mais diferentes espécies de animais, como gatos, cachorros, tartarugas, pássaros, coelhos e hamsters. Em alguns anos, o padre já chegou a abençoar cobras, sapos e lagartos.

“Desta vez, me perguntaram se poderia levar um cavalo e eu disse que com certeza. Todos os animais são bem-vindos”, conta Vanessa.

Reprodução | G1

A pastoral realiza há cinco anos trabalhos de divulgação de adoções e procura de animais desaparecidos pelas redes sociais, campanhas de castração, encaminhamento de animais abandonados para vacinação e cuidados em clínicas veterinárias parceiras e aulas de conscientização em escolas.

Para a missa deste domingo (19), a pastoral ressalta alguns cuidados que devem ser tomados pelos tutores para segurança dos animais e todos os participantes: é de extrema importância que cachorros de grande porte estejam com focinheira; é recomendado que os gatos estejam na caixa de transporte; todos os animais devem estar com coleira e guia, nunca soltos.

“Procuramos realizar uma missa mais curta, para não estressar os animais, mas não podemos nos esquecer da missão que é confiada a nós. Assim como São Francisco de Assis, precisamos zelar pela nossa natureza e pelas criações de Deus”, finaliza o padre.

​Read More
Você é o Repórter

Cadelinha é sequestrada de tutora na Av. do Estado, em SP, e família quer encontrá-la

Uma senhora teve a sua cachorrinha tirada de suas mãos enquanto andava a pé pela Av. do Estado, próximo ao metrô Dom Pedro (porém do outro lado da Av), em SP. Um ponto de referência é a Rua Alexandria. Isso tudo aconteceu no dia 15/07/2018.

Dois homens cometeram o crime, um de mais ou menos 1,75 de altura e outro com menos de 1,70. Pessoas disseram ter visto o homem de 1,70 passeando com a cachorra pela região da Sé. A última vez em que foi visto foi no dia 16/07/2018, e ele estava pela Sé e pelo Glicério.

Toda a família está devastada, já que a cadelinha já havia sido adotada pela segunda vez.
Quem tiver mais alguma informação, é só entrar em contato com o Re Nato pelo Facebook.

​Read More
Notícias

Mulher salva elefante do trabalho escravo e é ‘adotada’ pela manada

A beleza da floresta ao Norte da Tailândia esconde alguns perigos. Por lá circulam elefantes selvagens, animais que podem pesar até cinco toneladas. Ninguém gostaria de cruzar com um gigante destes na mata fechada. Porém a relação de Lek, uma mulher local, com os animais é diferente.

Ela se aproxima se aproxima sem medo de um dos maiores animais do mundo.

Foto: Reprodução

Ela toca o animal que emite um som assustador. Porém, o encontro entre os dois é de puro carinho.

Ela não é uma domadora, muito pelo contrário. Eles são velhos conhecidos. Lek o resgatou de uma vida de muito sofrimento e exploração.

A derrubada de florestas de madeira nobre já foi uma coisa natural na Tailândia. E os elefantes eram usados como tratores.

Hoje, Lek trabalha no resgate de animais usados em acampamentos ilegais de extração de madeira ou em circos.

Ela criou um santuário onde eles podem circular sem correntes e criar novos laços, e ofereceu aos gigantes uma nova vida. Elefantes asiáticos vivem em grupos familiares, mas esses adotaram Lek como parte de sua manada.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Tutor fala sobre Chica, a búfala encontrada na piscina de um sítio em Tietê

Após ser encontrada e resgatada na piscina do vizinho, a búfala que vive em uma propriedade no município de Tietê (SP) passa bem e recebe os carinhos do tutor, o empresário Sérgio Torrezan. Em entrevista ao G1 nesta quarta-feira (15), Sérgio contou que “Chica”, como ela é chamada, está bem tranquila depois da terça-feira “agitada”. “Chica é muito dócil”, diz Sérgio, que mantém a propriedade rural no Parque dos Lagos, zona rural de Tietê.

No sítio, Chica convive com um parceiro: o búfalo Chico. Torrezan conta que tem o casal há pouco mais de um ano. “Na época, cada um pesava aproximadamente oito arrobas (120 kg). Atualmente, a Chica pesa uns 250 kg. Apesar do tamanho, ambos são muito dóceis.”, afirma.

A docilidade dela já tinha sido percebida pelo sargento do Corpo de Bombeiros, Adriano Marques, responsável pela operação de resgate. Segundo ele, enquanto o animal estava na piscina, estava tranquila. “Deu até para fazer carinho”, comentou, em entrevista ao G1.

O empresário afirma que os búfalos não foram adquiridos para fins comerciais. “Eles vivem livremente na propriedade, que possui um tanque para o casal se refrescar. É um hábito comum dos búfalos”, diz o tutor. Na terça-feira (14), quando a búfala caiu na piscina de uma chácara vizinha, o tutor disse que ela deve ter conseguido passar pela cerca e foi para a água.

Um vídeo gravado durante o resgate do animal mostra que pelo menos nove pessoas participaram da ação para remover Chica da piscina (veja acima). Bombeiros e voluntários usaram cordas e uma rampa de madeira improvisada por onde a fêmea subiu. O tutor do animal afirma que ela não sofreu nenhum ferimento.

Entenda o caso
Na terça-feira (14), André Amaral, que vive em uma chácara no Parque dos Lagos, em Tietê, foi surpreendido ao encontrar um búfalo na piscina nas primeiras horas da manhã. O morador chamou o Corpo de Bombeiros.

O caso surpreendeu o sargento Marques. Ele afirmou que foi a primeira vez que participou desse tipo de socorro. “Em meus dez anos como bombeiro, nunca tinha resgatado um animal de grande porte nadando em uma piscina”, disse. Um dos bombeiros entrou na água, laçou o animal e o conduziu para uma rampa improvisada colocada na beira da piscina. Para retirar o bubalino da água, foram usadas cordas, além da rampa.

Para o veterinário Luís Felipe Roberto, especialista em bubalinos, o que pode ter ocorrido é que o animal foi em busca de água para se refrescar. Ele explica que durante o calor um dos comportamentos naturais dos búfalos é a busca por água. Eles normalmente procuram por rios e açudes. Ainda segundo o especialista, o animal tem maior facilidade para ficar estressado quando a temperatura aumenta ou diminui muito.

'Chica' foi resgatada e passa bem (Foto: Arquivo Pessoal / André Amaral)
‘Chica’ foi resgatada e passa bem (Foto: Arquivo Pessoal / André Amaral)

Fonte: G1

 

​Read More