Notícias

Luzes natalinas atrapalham animais no Parque Trianon em SP, diz cientista

Iluminação pode afetar metabolismo e reprodução das espécies no local.
Prefeitura alega que adereços não afetaram pássaros ou árvores até agora.

Luzes natalinas decoraram o Parque Trianon por quase um mês. (Foto: Eugene Harris / arquivo pessoal)

As luzes de Natal que enfeitam parques e avenidas de São Paulo podem afetar a vida dos animais em áreas verdes da capital. É o que afirma Eugene Harris, do departamento de Ciência Biológica e Geologia da City University de Nova York, ao analisar o caso do Parque Trianon, na região central da capital. “O problema da iluminação da Avenida Paulista é piorado com a presença dessas luzes artificiais”, afirma o professor.

Para ele, a quantidade, a intensidade e a duração da exposição – 33 dias, durante todas as noites – são os principais fatores que devem atrapalhar os bichos. “O metabolismo e a reprodução são afetados, assim como o relógio biológico dos animais, quando eles dormem, quando acordam para se alimentar”, afirma o cientista, que fez pós-doutoramento em biologia na Universidade de São Paulo (USP).

“Este é um problema geral de todas as cidades grandes, a poluição luminosa, mas se você for no Central Park, em Nova York, não irá encontrar tanta luz quanto em um espaço tão pequeno como o do Trianon.”

A retirada da decoração começa a partir desta sexta-feira (7). Luzes Trianon 1Intensidade, quantidade e duração da exposição são principais problemas aos animais, segundo o cientista Eugene Harris. (Foto: Eugene Harris / arquivo pessoal)

Tido como um dos últimos redutos de Mata Atlântica na capital paulista, o parque tem uma área de 48 mil metros quadrados e contém 38 espécies identificadas, 29 delas de aves, segundo informações do portal da Prefeitura.
Mesmo o barulho das luzes ligadas e a presença de humanos no período noturno são encarados como complicadores, prejudicando, por exemplo, o senso de localização dos bichos.

“A Prefeitura deveria ter responsibilidade ao colocar este tipo de iluminacão, com impacto no meio ambiente. E os cidadãos deveriam reclamar mais”, defende o norte-americano, que cita o local como “tesouro”, mostrado até a seu filho, tamanha a admiração dele pelo espaço verde.

Ao ser procurada pelo G1, a assessoria do parque afirmou que os adereços de Natal foram instalados “de forma segura e de modo a não oferecer risco às árvores e à fauna do local”. Não foram registradas ocorrências com os pássaros que habitam o parque e nenhuma árvore foi avariada até o momento.

Novos postes

O sistema de iluminação da Avenida Paulista passa atualmente por uma renovação estimada em R$ 3,5 milhões. O projeto, elaborado pelo Departamento de Iluminação Pública (Ilume) e executado pela Eletropaulo, prevê a substituição de 54 postes de concreto por 39 estruturas com projetores e 15 postes menores, todos equipados com lâmpadas de vapor metálico.

O aumento no nível de luminosidade deverá ser de 425% ao longo da avenida, com redução mensal de 70% no consumo de energia, segundo a Prefeitura.

Fonte: G1

​Read More
Você é o Repórter

Protetoras convidam tutores de cães para manifestação no Parque Trianon, em SP

Tilda Lax
tilda.lax@hotmail.com

Tudo começou com a mudança do administrador do Parque Trianon, em SP.

Convite para a manifestação

Em princípio ficamos muito felizes pois nossa nova administradora, Rita de Cássia Ferreira Nakamura, vinha do parque Buenos Aires, e lá os animais têm um espaço ótimo para ficarem soltos.

Amargo engano, ela odeia animais, lá tentou de tudo para acabar com o espaço feito pela gestão anterior, e assim iniciaram-se uma série de perseguições pelo Parque Trianon aos animais, sempre, desde que existe o parque, os animais fizeram suas necessidades no entorno do bosque, devidamente retirado pelo seu tutor, afinal fazer suas necessidades na terra é da natureza deles.

Seguranças andando atrás dos animais, apitos, proibições, brigas, nós usuários do parque perdemos a liberdade e a paz.

Quanto aos gatos, ficou proibido colocar comida, ela permite que se coloque no passeio, mas imediatamente que a protetora saia, é jogado fora.

Fizemos um abaixo assinado de 1173 assinaturas entregue ao sr. Eduardo Jorge, Secretário do Verde, nada, mas ainda nenhuma resposta nos foi dada. Estamos perdidos e nenhuma autoridade se pronuncia.

Solicitamos que todos os amantes e protetores de animais venham com seu animal, na passeata que faremos no entorno do Parque Trianon às 11h no dia 11 de dezembro próximo.

O ponto de encontro será o portão principal do Parque Trianon, na av. Paulista.

​Read More
Você é o Repórter

Dia Global de Soluções Climáticas terá ações no Parque Trianon (SP)

Guilherme Carvalho
gcarvalho4400@gmail.com>

Como parte das ações do Dia Global de Soluções Climáticas promovido pelo 350.org, a HSI promoverá a ação “Comendo Pelo Clima” no Parque Trianon (São Paulo) neste domingo, dia 10/10/10. A ideia deste dia, que englobará milhares de ação em todo o mundo e dezenas no Brasil, é mostrar que as pessoas estão, sim, prontas para as soluções climáticas necessárias para frear as mudanças climáticas.

No Parque Trianon haverá também ações de outros grupos, como o “Movimento Aquecimento Global: I Care/Eu me Importo”. Já a ação da HSI pretende mostrar que é possível combatermos as mudanças climáticas de forma eficaz simplesmente optando por refeições vegetarianas.

Os impactos do consumo global de produtos animais sobre as mudanças climáticas é evidente e bem documentado. Segundo o relatório “Livestock’s Long Shadow” publicado pela FAO (ONU) em 2006, a criação de animais para consumo é responsável por aproximadamente 18% das emissões globais de gases geradores do Efeito Estufa, estando portanto entre os maiores setores responsáveis pelo aquecimento global.

Esta grande quantidade de emissões não é por acaso. Atualmente, cerca de 67,5 bilhões de animais são criados e abatidos por ano para a produção de carne, leite e ovos. Só o Brasil é responsável por mais de 5,5 bilhões deste total. Os impactos negativos deste inimaginável número de animais sobre o solo, a água, o ar e o clima são igualmente vultosos. Optando por refeições centradas em alimentos de origem vegetal, nós podemos agir (três vezes por dia!) em defesa do meio ambiente e do clima – além de, claro, dos próprios animais.

Se você estiver em São Paulo, não deixe de participar desta celebração da alimentação consciente e do nosso planeta. Haverá distribuição de provinhas de comida vegana e, principalmente, educação das pessoas sobre a grande diferença que as nossas opções – a cada garfada – podem fazer para combater as mudanças climáticas.

Serviço:

Ação “Comendo Pelo Clima” – HSI no Brasil
Dia 10/10/10 (domingo)
Parque Trianon (Av. Paulista, 1700)
Das 10h às 17h
Contato: gcarvalho@hsi.org

​Read More