Notícias

Associação Protetora dos Animais realiza castração de animais em Orlândia (SP)

Divulgação
Divulgação

Nos dias 11, 15 e 16 de setembro, a partir das 8 horas da manhã, a Associação de Proteção aos Animais (APA) de Orlândia (SP) estará nos bairros Jardim Boa Vista e Nova Orlândia (Gruta), promovendo uma mutirão castração de cães e gatos.

O valor popular para animais tutelados será de R$ 90,00 para gatos e R$ 130,00 para cães até 14 Kilos. A prefeitura informou que assumirá os gastos com a castração dos animais em situação rua.

Serviço
Dias 11 de setembro: Avenida D, 422 – Jd. Boa Vista
Dias 15 e 16 de setembro: Centro Social Josefina Scarparo – Rua 3, s/n
É obrigatório o agendamento através do telefone: 98161-4355

Fonte: ORC

​Read More
Notícias

Prefeitura de Orlândia resgata 10 animais soltos pelas ruas da cidade

03
Divulgação

Desde o mês de março, a Prefeitura de Orlândia (SP), na companhia de uma empresa veterinária, está realizando o trabalho de recolhimento de animais de grande porte que circulam pelas vias públicas do município.

Nessa última semana, cerca de dez cavalos foram encontrados e após receberem chip, os animais retornaram aos seus tutores que apareceram no momento da abordagem.

Assim, vale reforçar que o serviço continua a disposição da população e qualquer munícipe que avistar animais de grande porte soltos em via pública deve denunciar pelo telefone: 0800-772-1789. O tutor que tiver animal resgatado e quiser reavê-lo, deverá arcar com multa e custeio do local.

Fonte: Orc

​Read More
Notícias

Cachorros são envenenados em Orlândia (SP), denuncia ONG

Cinco cachorros foram envenenados por chumbinho em Orlândia (SP). Os animais comeram o veneno escondido em pedaços de carne que foram jogados nas ruas da cidade. Os tutores dos cães não registraram boletim de ocorrência, mas foram orientados por uma ONG a procurar a polícia para que os casos sejam investigados.

Segundo a integrante da ONG Grupo de Apoio Nova Chance, Márcia Belato, todos os cães envenenados têm tutores e comeram o chumbinho enquanto passeavam pelas ruas de Orlândia.

“Dois cães vomitaram tipo um papel alumínio. A suspeita é de que o veneno estivesse dentro de um pedaço de carne, enrolado com o papel. Os tutores não perceberam na hora. Mas chegando em casa, os sintomas apareceram. O efeito do chumbinho é muito rápido”, afirma Márcia.

Segundo ela, os cachorros apresentaram tremores, salivavam muito e estavam desorientados.

O morador do centro de Orlândia, Márcio Lima, de 32 anos, teve dois labradores envenenados pelo chumbinho. “Eu soltava eles de manhã pra dar uma volta e depois eles voltaram. Quando voltaram, a boca estava espumando e eles estavam tremendo. Eu dei leite e levei pro veterinário”, conta Márcio.

Márcia Belato orienta que os tutores não deem leite quando suspeitarem de envenenamento, pois o caso pode se agravar para uma pneumonia.

Os labradores de Márcio, Marley e Jeffi, ambos de 1 ano de idade, passam bem. “Não vou deixar eles saírem sozinhos. Só na coleira agora”, diz Márcio.

Fonte: Jornal A Cidade

​Read More
Notícias

Polícia investiga morte de cão em pet shop

A Polícia Civil da cidade informou que vai ouvir ainda nesta semana a proprietária do pet shop (Foto: Reprodução/ Facebook)

A Polícia Civil de Orlândia, município de São Paulo, vai investigar a morte de um cão de 11 meses em um pet shop da cidade, na sexta-feira (20). Há indícios de maus-tratos. A Polícia Civil da cidade informou que vai ouvir ainda nesta semana a proprietária do pet shop.

Andrade, tutor de Tony, diz que o cachorro foi levado para banho e morreu trancado no veículo da empresa, onde ficou horas esquecido. Já a proprietária do pet shop admite ter esquecido o animal, mas diz que ele ficou dentro da loja, não do veículo.

Tony foi levado para o banho às 9h segundo Andrade, horas se passaram, e sua irmã resolveu ligar para o pet shop, por volta das 16h, e que chegou a ser informada que o animal já havia sido entregue.

Mais tarde, contou Andrade, a família conseguiu falar com a veterinária responsável pelo pet shop, e ela disse que Tony havia sido esquecido na caixa de transporte dentro do carro e que havia morrido.

Ainda segundo o tutor, a veterinária assumiu o erro e disse que lhe daria um novo cachorro. A família ainda não se decidiu se aceitará a proposta. “Não é a mesma coisa. Mas imagina se fosse uma criança? Ela me daria outra de volta?”, afirmou o consultor.

Em entrevista à Folha a médica veterinária Cíntia Fonseca, proprietária do pet shop, negou que o cachorro tenha sido esquecido dentro do carro. Porém admitiu que Tony foi esquecido no banho e tosa dentro do pet shop. Disse ainda que foi um “erro imperdoável” de sua parte e que cometeu uma “falha gravíssima”.

Fonte: Bem Paraná

​Read More
Notícias

Morte de cachorro esquecido em pet shop vira polêmica nas redes sociais

(Foto: Reprodução/ EPTV)

A morte de um cachorro de nove meses da raça shih tzu virou polêmica na rede social Facebook. Uma montagem mostrando uma foto do animal vivo e outra morto está circulando pela internet e já tem cerca de mil compartilhamentos. O caso aconteceu na sexta-feira (20), quando o cão chamado Tony não resistiu ao ser esquecido dentro de uma caixa de transporte, no setor de banho e tosa, de um pet shop, no centro de Orlândia.

De acordo com um dos tutores do animal, Marcelo Manso de Andrade, a veterinária passou em sua residência para pegar Tony e levá-lo para tosar e tomar banho às 9h de sexta-feira em sua clínica.

Ao perceber que o animal demorava para voltar, Andrade ligou no pet shop e foi informado de que Tony já havia sido entregue. Ele negou e esperou até às 16h quando ligou novamente para a veterinária e foi informado que o cão estava morto.

Ainda segundo Andrade, a veterinária disse que foi um acidente e que estava disposta a dar outro animal para ele. O cão era tratado no pet shop há quatro meses.

Outro lado

Procurada pela equipe do EPTV.Com, a veterinária Cíntia Fonseca assumiu que errou de forma irreparável e que está “chateada” com a situação. De acordo com Cíntia, essa foi a primeira vez que uma fatalidade como essa ocorreu em anos de trabalho. “Poderia ter inventado que o cachorro fugiu, mas assumi o meu erro, sou humana e estava sobrecarregada”, disse.

Ainda segundo a veterinária, um filhote novo já foi comprado, mas só será entregue mediante um advogado de testemunha.

Polícia

A Polícia Civil vai intimar a veterinária para prestar depoimento. A ocorrência será encaminhada para o Juizado Especial Criminal de Orlândia. Se condenada, a pena de Cíntia será de, no máximo, dois anos. Não foi instaurado inquérito policial para investigar o caso.

(Foto: Reprodução/ EPTV)

Fonte: EPTV

​Read More
Notícias

Cão morre após ser esquecido em carro de pet shop

Um filhote de cão da raça Shih-tzu morreu na última sexta-feira (20) depois de ser esquecido no porta malas do carro de um pet shop, em Orlândia.

Segundo Rodrigo de Sousa, noivo da tutora do cachorro, o animal foi levado pela manhã para fazer banho e tosa. Como por volta das 16 horas o animal não tinha sido entregue, eles entraram em contato com a loja e foram informados de que o animal tinha sido entregue na hora do almoço.

“Nós insistimos que o cachorro não tinha sido entregue, eles foram verificar e encontraram o animal morto no porta malas do carro”, explicou Sousa.

A reportagem tentou entrar em contato com o pet shop, mas não teve retorno até o fechamento da edição.

A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar o caso e a veterinária será intimada para prestar esclarecimentos. O caso pode ser enquadrado como crime contra a fauna e o inquérito será encaminhado para o juizado especial criminal de Orlândia.

Fonte: Jornal A Cidade

​Read More