Notícias

“Tráfico de animais selvagens está organizado em larga escala”, diz ONU

Divulgação
Foto: Divulgação

O diretor executivo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), Yury Fedotov, pediu que os países fortaleçam os esforços globais para combater a caça e o tráfico ilícito de animais selvagens.

Falando durante uma reunião paralela à sessão da Assembleia Geral da ONU, Fedotov alertou que a caça e o tráfico de animais selvagens se constitui hoje como um crime organizado transnacional que está sendo realizada em uma “grande escala”. O evento foi organizado pelo presidente do Gabão, Ali Bongo Ondimba, e o ministro das Relações Exteriores alemão, Guido Westerwelle.

“Os caçadores e outros criminosos estão conduzindo os elefantes, rinocerontes, tigres e muitas outras espécies à beira da extinção, em todo o mundo”, disse ele. “Esses criminosos estão destruindo a subsistência local, perturbando os frágeis ecossistemas e impedindo o desenvolvimento social e econômico. Eles estão alimentando a violência e a corrupção, e minando o Estado de Direito”, declarou.

Fedotov chamou os países a considerar a caça e o tráfico de animais selvagens como infracções penais graves. “Sistemas de justiça criminal e legislativos devem ser reforçados, e é preciso fazer mais para reduzir a demanda pelo comércio de animais selvagens”, acrescentou.

“Precisamos aumentar a conscientização sobre a devastação causada pelos mercados de marfim, chifre de rinoceronte, carne de caça, papagaios exóticos e barbatanas de tubarão. Temos que conscientizar os consumidores de que este crime possui muitas vítimas”, disse Fedotov.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores 

Fonte: Primeira Edicão

​Read More
Notícias

ONG de proteção animal é convidada a palestrar em evento organizado pelo CCZ, no ES

(Da Redação)

O Centro de Controle de Zoonoses de Aracruz, no Espírito Santo, realizará um seminário no dia 03/06 em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. A coordenação está por conta do Sr. Vicente, daquela entidade. Conforme Dra. Carla/CCZ Vitória-Serra, haverá palestrantes de São Paulo (do CCZ de São Carlos e do CCZ/Guarulhos). A ONG SOPAES (Sociedade Protetora dos Animais do ES) também foi convidada para palestrar, e o médico veterinário Dr. Bruno Hosken/SOPAES já confirmou presença no evento.

A ONG ressalta a importância do apoio a esse tipo de ação, que pode indicar uma aproximação importante para solucionar o problema da superpopulação animal sem crueldade, e sim com projeto de castração em massa, conceitos de posse responsável, parceria CCZ-ONG e outras iniciativas no mesmo sentido.

Quem quiser comparecer pode entrar em contato com a ONG, com antecedência, pelo e-mail administrativo@sopaes.org.br .

(Com informações da Sociedade Protetora dos Animais do ES)

​Read More