Notícias

Animais cometem suicídio?

Por Giovanna Chinellato (da Redação)

Quatro anos atrás, Richard O’Barry assistiu Kathy, um golfinho do seriado dos anos 60 Flipper, suicidar-se. Ou pelo menos é o que ele diz. Ele o olhou nos olhos, afundou num tanque de aço e parou de respirar. O momento transformou o treinador de golfinhos em ativista pelos animais para a vida toda, e seu papel em The Cove, o documentário vencedor do Oscar sobre a matança de golfinhos no Japão, transformou-o numa celebridade.


Richard O'Barry (Foto: Time)


“O suicídio foi o que me fez mudar”, diz O’Barry. “A indústria de entretenimento animal não quer que as pessoas pensem que golfinhos são capazes de se suicidar, porque são criaturas autocientes, com um cérebro maior que o humano. Se a vida se torna tão insuportável, eles simplesmente não inspiram o ar. É suicídio”.

Suicídio animal pode parecer absurdo, mas o conceito é tão antigo quanto a filosofia. Aristóteles contou a história de um cavalo que pulou num abismo depois de descobrir que acasalou com sua mãe, e o assunto foi discutido pelos primeiros teólogos cristãos e acadêmicos vitorianos.

“O questionamento de suicídio animal é essencial para as pessoas delinearem o que é ser humano”, diz Duncan Wilson, um médico historiador da Universidade de Manchester e coautor do estudo publicado em março na revista Endeavour, sobre animais autodestrutivos.

O estudo de Wilson proporcionou informações sobre a possibilidade de suicídio animal – incluindo patos, gatos, pelicanos, escorpiões – mas não leva em conta a questão técnica de até que ponto são capazes de terminar a própria vida.

Jonathan Safran Foer, autor do livro Eating Animals (Comendo Animais), acha a referência ao suicídio de animais duvidosa. “Eu acredito que nossas conversas sobre animais tendem a ir a esses extremos, em vez de decidirem o que faremos diariamente. Não precisamos aproximar animais de humanos para tratá-los decentemente. Se apenas tratarmos porcos como porcos e vacas como vacas, será o suficiente”.

Com informações de Time

​Read More