Notícias

Projeto resgata 29 tartarugas ameaçadas de extinção no Rio Grande do Sul

As tartarugas, da espécie verde, foram encontradas encalhadas na praia


O Projeto Pinípedes do Sul, patrocinado pela Petrobras, resgatou 29 tartarugas-verdes no Rio Grande do Sul. Os animais, que estão ameaçados de extinção, foram encontrados entre Cassino, Barra do Chuí, Rio Grande e Barra da Lagoa nos dias 23 e 25 de outubro.

Divulgação / NEMA

Encontradas encalhadas, as tartarugas foram resgatadas e levadas para o Centro de Recuperação de Animais Marinhos (Cram), da Universidade Federal do Rio Grande (Furg).

O número é considerado alto. Em 2018, 13 tartarugas-verdes foram resgatadas em outubro, quatro em novembro e uma em dezembro. As informações são do GaúchaZH.

A repetição do efeito de possível hibernação desses animais pode explicar esse caso, segundo o coordenador do projeto, Sérgio Estima. Isso porque as tartarugas foram encontradas em condições que indicam imobilidade por bastante tempo. Com peso abaixo do normal, elas apresentavam elevada cobertura de macroalgas, mexilhões, cracas e hidrozoários.

“Além disso, esta situação pode ter sido proveniente da característica das tartarugas marinhas de serem animais ectotérmicos, com capacidade limitada em baixas temperaturas. Com as temperaturas das águas do litoral gaúcho, as tartarugas podem ter entrado em hipotermia durante o período do inverno e, agora, no início da primavera, com as águas mais quentes, elas saíram da possível hibernação muito fracas e encalharam nas praias, sendo encontradas em estado de letargia pela equipe”, explicou.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More