Notícias

Cadela morre dias depois de cair em galeria pluvial em Novo Horizonte (SP)

Uma cadela morreu dias depois de cair em uma galeria pluvial em Novo Horizonte (SP). No entanto, a queda, que aconteceu na última semana, não foi o que motivou a morte. Diagnosticada com cinomose, a cadela morreu por causa da doença.

Foto: Reprodução / Bom Dia Cidade Rio Preto / TV TEM

O acidente aconteceu no bairro Jardim das Oliveiras. A cadela caiu em uma galeria com mais de dois metros de profundidade. As informações são do G1.

Moradores da região ouviram latidos do animal e acionaram o Corpo de Bombeiros. Não se sabe por quanto tempo a cadela ficou presa no local.

“Ela tinha cinomose e chegou até nós muito debilitada. Tratamos os ferimentos nos olhos, mas ela teve várias convulsões por causa da doença e não resistiu”, afirmou ao G1 a veterinária Viviane Cristina da Silva, que socorreu o animal.

Os militares levaram quase uma hora para conseguir tirar a cadela da galeria. Para isso, eles precisaram usar uma ferramenta hidráulica para cortar barras de ferro existentes no local. Um dos bombeiros entrou na tubulação e pegou a cadela, que estava encolhida e assustada.

Foto: Kall Rigamonte

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Cachorro é encontrado dentro de saco de lixo em Novo Horizonte (SP)

Um cachorro foi encontrado debilitado dentro de um saco de lixo por protetores de animais de Novo Horizonte (SP) na última sexta-feira (14).

Foto: Marco Antônio Rodrigues/Arquivo Pessoal

O animal foi levado para uma clínica veterinária da cidade onde foram constatados ferimentos, falta de pelos provocada por sarna, desidratação e desnutrição.

De acordo com as informações do protetor Marco Antônio Rodrigues, uma coletora de materiais recicláveis percebeu que o cão estava dentro do saco de lixo na Vila Orestina, em Borborema (SP), e acionou a polícia.

O tutor do animal foi identificado pela polícia e foi multado em R$ 3 mil. Segundo a Polícia Militar Ambiental, caso o animal não resista aos ferimentos, o valor da multa dobra.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Filhote de cachorro abandonado na rua dentro de saco de lixo é adotado

O filhote de cachorro, com menos de um mês de vida, que foi abandonado dentro de um saco de lixo no bairro Jardim Europa, em Novo Horizonte, no interior de São Paulo, foi adotado por uma moradora da cidade.

(Foto: Marco Antônio Rodrigues)

“Fiquei muito emocionada e também triste quando soube da história do cachorrinho e quis adotar na hora. Como alguém pode ter coragem de fazer isso? Com um animal tão indefeso”, disse ao G1 a vendedora Laysa Silva, 34 anos, nova tutora do filhote. Na casa da vendedora, Zyan passou a ter a companhia de outros quatro cachorros.

“Algumas pessoas estavam na frente na fila de adoção, mas não deu certo. Digo sempre que o animal que escolhe o tutor, não o contrário. Ele já está em casa e pegou amizade com os outros cães que tenho”, contou.

O filhote foi encontrado por uma moradora do bairro Jardim Europa. A ação da mulher, que resgatou o animal e o levou para casa, salvou a vida dele, já que o saco de lixo no qual o cão estava já havia sido colocado no meio da rua para que fosse coletado pelos lixeiros.

(Foto: Laysa Silva/Arquivo Pessoal)

A moradora cuidou do cachorro até um protetor de animais buscá-lo. O filhote foi submetido a exames, além de ter sido vacinado e vermifugado.

De acordo com o protetor Marco Antônio Rodrigues, há a suspeita de que o cachorro seja irmão de outros dois filhotes encontrados em situação de rua no município no mesmo dia em que Zyan foi abandonado. Isso porque além da coincidência da data do abandono, os cachorros são parecidos fisicamente.

Os outros dois filhotes, que receberam os nomes de Bacon e Amora, também já foram adotados.

​Read More
Notícias

Polícia investiga caso de cachorro morto a tiros em Novo Horizonte (SP)

Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

A Polícia Civil está investigando e espera identificar o autor de atirar em um cachorro no dia 8 de julho, em uma chácara no Bairro Estiva, em Novo Horizonte.

O animal foi atingido por dois tiros e morreu sete dia depois.

Após a morte do animal, a tutora procurou a Polícia Civil e registrou o Boletim de Ocorrência, onde afirma que no dia do disparo o animal estava na chácara, quando vizinhos ouviram os disparos, em seguida, o cachorro conseguiu voltar para casa e foi socorrido até um veterinário.

Foram dois tiros, um atingiu a perna e o outro de raspão na boca. O projetil foi retirado, mas, o animal não resistiu e morreu.

As investigações esperam identificar o autor dos disparos e caso seja localizado, a pessoa responderá por maus-tratos a animais.

Fonte: Região Noroeste

​Read More
Notícias

Sucuri de 2 metros é encontrada por moradores da Vila Real

Fotos: Redes Sociais/Divulgação
Fotos: Redes Sociais/Divulgação

Uma Sucurui de aproximadamente dois metros foi encontrada por moradores, na última quinta-feira, dia 16, dentro do rio da marginal da avenida Domingos Baraldo, na Vila Real, em Novo Horizonte.

A cobra foi retirada do local pelos próprios moradores e entregue à Polícia Ambiental que avaliaram se a cobra possuía algum ferimento.

Os policiais levaram a sucuri até um local afastado da cidade e a soltaram em seu habitat natural.

Matar, ou agredir um animal que pertence a fauna silvestre, mesmo que esteja na área urbana, como a sucuri é crime ambiental.

Fonte: Região Noroeste

​Read More
Notícias

Um cachorro do mato foi resgatado no quintal de uma casa

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Um cachorro do mato foi resgatado pela Policia Ambiental em Novo Horizonte. O animal estava no quintal de uma casa no bairro Jardim IV Centenário.

O morador ao encontrar o bicho, escondido atrás de latas de tintas, ligou para a Polícia e disse que havia um lobo na residência. Ao chegarem ao local, policiais constataram que era um cachorro do mato.

O animal precisou ser sedado com tranquilizantes para ser resgatado. Logo após o resgate foi constatado que o animal não apresentava ferimentos e foi solto em seu habitat natural.

Fonte: O Regional

​Read More
Notícias

Peixes e armas são apreendidos pela PMA de Novo Horizonte (SP)

Armas, munições e facões seriam usadas para caçar animais silvestres (Foto: Divulgação)
Armas, munições e facões seriam usadas para caçar animais silvestres
(Foto: Divulgação)

Um veículo com duas espingardas calibre 32, cinco munições, duas lanternas e um facão foram apreendidos na segunda-feira (9) pela Polícia Ambiental no bairro Ponte Alta, em Novo Horizonte. Três homens que também estavam no carro foram levados para a Delegacia.

Segundo a Polícia, o motorista do carro, ao avistar a viatura começou a acelerar e tentou fugir por um canavial. Ao pararem o veículo, e durante a vistoria foram encontradas as armas, as munições e os demais objetos. A suspeita é de que o material apreendido seria usado para caçar animais silvestres.

Três homens que estavam dentro do veículo foram até a delegacia. O motorista, que assumiu a responsabilidade das armas, foi preso em flagrante, mas pagou fiança e foi liberado em seguida. Ele vai responder em liberdade por porte ilegal de arma. Os outros dois ocupantes prestaram depoimento e foram liberados.

A Polícia Ambiental também apreendeu mais de 50 kg de peixes, da espécie Curvina. Os peixes estavam em um barco. Três pescadores foram autuados. A multa é de R$ 70 mais R$ 20 por kg de peixe. Segundo a Polícia, a lei permite pescar 10 kg da espécie mais um peixe por pescador. Os peixes foram apreendidos.

Um homem, de 68 anos, foi levado para a Delegacia de Irapuã depois de ser flagrado na beira da represa de Promissão, próximo ao rio Cubatão com uma arma calibre 22 e quatro munições. O suspeito prestou depoimento e foi liberado em seguida.

Fonte: O Regional

Nota da Redação: Em relação aos peixes, vale a mesma informação sobre qualquer tipo de caça de animais, ou seja, não há como realizar uma divisão da quantidade correta a ser caçada. O correto é não haver a caça e nem mesmo a comercialização dos animais. A caça, seja ela de qualquer quantidade, é um assassinato cruel de uma vida.

​Read More
Notícias

Conheça o 'anjo da guarda' do cachorroTitã

A veterinária Viviane Cristina da Silva em entrevista ao BOM DIA
Veterinária Viviane Cristina da Silva cuida do cachorrinho desde quando ele foi encontrado enterrado. (Foto: Sidnei Costa/Agência BOM DIA)

Se antes o vira-lata Titã vivia abandonado, agora o cachorrinho ganhou mais que uma veterinária para salvar a vida dele, ganhou um “anjo da guarda”. E o nome desse anjo é Viviane Cristina da Silva, 29 anos, de Novo Horizonte.

“Foi amor à primeira vista. Não vou esquecer o olhar dele quando chegou na clínica. Estava muito debilitado e com infecções graves. Eu não conseguia dormir pensando no que poderia fazer para acelerar sua recuperação”, disse a veterinária, que comemora o fato de Titã ter ganho um quilo durante o rígido tratamento.

Viviane nasceu em Barretos e se formou na Unirp de Rio Preto. “Depois da faculdade, resolvi montar uma clínica em Novo Horizonte. Não imaginava que ficaria tão conhecida na mídia”, disse. Além do carinho dedicado ao Titã, e dos animais que vão à clínica, ela ainda arruma tempo para cuidar de três cachorros e dois gatos em casa. “Todos foram adotados e estavam doentes como o Titã”.

O Natal

O vira-lata vai festejar o Natal e o Ano Novo na casa do seu “anjo da guarda”. “Titã é meu presente de Natal. Vê-lo andando é algo gratificante. Mas, se pudesse pedir algo ao Papai Noel queria que fossem criadas leis mais severas para quem comete maus-tratos contra os animais.”

O vendedor Alexandre Rodrigues, integrante da Associação de Proteção aos Animais, de Novo Horizonte, afirma que encontrou Titã respirando depois de passar 12 horas enterrado no quintal da casa onde o ex-“dono” mora. A polícia acredita que o cão não foi enterrado. “Cabe à perícia dizer se Titã estava enterrado ou não. Mas, estava sofrendo maus-tratos. Isso foi comprovado pelo estado de saúde do Titã”, disse Viviane.

Fonte: Rede Bom Dia

​Read More
Notícias

Cachorro com cinomose é encontrado amarrado em poste com o corpo banhado de óleo diesel

O vereador Laércio Trevisan Júnior (PR) acompanhou, na manhã desta quinta-feira (9), o trabalho da Guarda Municipal na apuração de uma denúncia contra maus-tratos a animal.

Foto:Cabinete do vereador

Uma viatura da corporação passava pela região do Novo Horizonte, SP, quando observou um cachorro amarrado a um poste, estendido no chão com o corpo banhado de óleo diesel. Os guardas, então, recolheram o animal em uma caixa de papelão e o levaram à clínica dos médicos-veterinários Plínio de Sordi e Luiz Zan Angelo Franco, que trabalham como voluntários no atendimento a animais vítimas de maus-tratos.

Foto:Cabinete do vereador

Após análise médica, Plínio e Luiz constataram que, além dos ferimentos sofridos, o cachorro apresentava cinomose, doença que afeta o sistema nervoso e desencadeia infecções. Por causa do estado de saúde debilitado, o animal teve de ser sacrificado.

A GM deteve um homem e uma mulher suspeitos de terem cometido o crime. A identificação dos agressores veio depois de boletim de ocorrência feito por Claudete, voluntária que atua de maneira independente na proteção dos animais em Piracicaba.

De acordo com Trevisan, o caso no Novo Horizonte reforça a necessidade de as pessoas denunciarem práticas de maus-tratos na cidade. “Esse tipo de atitude perversa precisa acabar em Piracicaba”, exigiu o vereador. Para ele, o combate a crimes contra animais depende de três fatores. “É preciso haver maior conscientização da população, investimentos em campanhas públicas –que, infelizmente, não estão ocorrendo– e estímulo a parceiras público-privadas que visem à proteção dos animais”, afirmou.

Embora o episódio da manhã desta quinta-feira não tenha apresentado um final feliz, Trevisan enalteceu o trabalho dos médicos veterinários Plínio e Luiz, pela prontidão no atendimento ao cachorro. “Eles sempre estão socorrendo os animais da cidade e agindo pelo bem da sociedade, sem cobrar nada”, concluiu o vereador.

Fonte: JusBrasil

​Read More