Notícias

Anticoncepcionais podem causar danos à saúde dos animais

Muitos tutores de animais de estimação que não querem que eles procriem hesitam em castrá-los, por medo do procedimento cirúrgico ou porque é comum ouvir falar sobre problemas ligados à castração, como obesidade. Em busca de uma alternativa, essas pessoas podem optar pelos anticoncepcionais para animais, mas muitos veterinários não recomendam esse tipo de medicamento e alertam para os riscos sérios que eles podem trazer à saúde.

Existem anticoncepcionais injetáveis e em comprimidos para animais. Segundo a veterinária Paula Filipin, da Vet Care, em Ribeirão Preto, o uso deles a longo prazo pode causar problemas graves de saúde como diabetes, infecção de útero, tumores de mama e outros. Por isso, ela é contra o uso desses medicamentos. “Sou contra porque os danos são muitos e graves, não são danos facilmente tratáveis. Diabetes, por exemplo, tem tratamento muito difícil”, conta a veterinária.

Ela considera a castração o melhor método de controle da população animal. “Para mim, o mais indicado é a castração tradicional”, afirma. A veterinária diz ainda que tem ressalvas quanto à castração química. “Não indico a castração química. O procedimento é feito nos testículos dos animais e acarreta destruição celular, causando muita dor.”

Sobre a castração tradicional, a Dra. Filipin diz que é necessário fazer pelo menos um hemograma antes do procedimento, pois exige cuidados por se tratar de uma cirurgia. Ela afirma que a única consequência negativa é o ganho de peso, mas que é uma questão fácil de resolver. “Realmente o animal costuma ganhar peso após a castração, mas isso conseguimos controlar com a alimentação e exercícios.

Fonte: Ribeirão Preto On Line

​Read More