Destaques, Notícias

Nestlé e Nike são acusadas de exploração e tortura de animais

Por Doris Lin, da About.com Guide
Tradução por Vanessa Perez (da Redação)

Na foto, ratos são torturados para testes em laboratórios (Foto: Reprodução/PETA )

Em 2007, a Nike tirou Michael Vick como porta-voz após ele ter admitido que organizava rinhas de cães. Em 2009, negaram que o haviam contratado novamente mas assumiram que estavam dando-lhe mercadoria grátis. E agora em 2011, não há mais desculpas, porque a Nike declarou publicamente que Michael foi oficialmente recontratado por uma quantia não revelada.

Eu disse antes que não se trata de continuar punindo Vick. Não estou dizendo que ele deveria voltar para a prisão. Eu estou dizendo que ele não deve ser idolatrado como um herói, que é o que a Nike está dizendo quando assinou um contrato de patrocínio com ele. As pessoas têm notado que outros atletas profissionais que já cometeram crimes violentos continuam a assinar contratos com empresas de grande porte, mas eu acho que qualquer pessoa pública, que comete um crime violento, não deva continuar a jogar ou endossar produtos.

Empresa é acusada de torturar animais (Foto: Tim Boyle / Getty Images)

E apenas no caso de você ainda não estar boicotando os produtos Nestlé, a PETA nos dá uma outra razão para boicotar. Mais especificamente, um de seus produtos: Nestea. Caso você não saiba, a Nestlé está testando em animais para tentar provar os benefícios em sua saúde ao beber chá. Lipton, Arizona, Snapple, Temperos Celestial, Luzianne Tea e outros não testam em animais, de acordo com a PETA. A Nestlé, fabricante do Nestea, está testando e pagando outras pessoas para realizar testes dolorosos e mortais em animais. A empresa tem causado sofrimento aos animais apenas para investigar os possíveis benefícios à saúde relacionados com os produtos e ingredientes do chá, embora nenhum desses experimentos seja legalmente exigido para os fabricantes de bebidas, e os reguladores têm afirmado que os testes em animais não são suficientes para provar um benefício de saúde sobre um produto.

Se você está imaginando ratinhos felizes bebendo chá ao invés de água, a verdade é que os experimentos são muito horríveis. Por exemplo, “experimentadores injetam produtos químicos tóxicos em camundongos para destruir células produtoras de insulina, levando os animais a desenvolverem o diabetes. Após esse procedimento cruel, os camundongos são alimentados à força com extratos de chá e depois mortos.” Mais informações estão disponíveis no site da PETA.

O mais conhecido boicote à Nestlé começou há 25 anos, por causa da falta de ética em práticas de marketing em relação a comida para bebês. De acordo com a Baby Milk Action, os coordenadores internacionais do boicote à Nestlé, as práticas antiéticas continuam até hoje, bem como o boicote.

​Read More