Notícias

Usina inaugurada em Cingapura põe em risco espécies como orangotango e rinoceronte

A companhia petrolífera finlandesa Neste Oil inaugurou em Cingapura a maior usina de produção de biocombustível do mundo, que teve investimento de 550 milhões de euros (mais de US$ 800 milhões), informou a imprensa local nesta quarta-feira.

A usina tem capacidade para produzir 800 mil toneladas anuais de biodiesel, a partir de óleo de palma da Malásia e Indonésia e também de gordura animal, para exportar para Europa, Canadá e Estados Unidos.

A Neste Oil escolheu a Cingapura por ser o terceiro maior centro de refino de petróleo do mundo e pela proximidade com a principal zona produtora de óleo de palma do mundo. A companhia finlandesa desenvolveu sua própria tecnologia para produzir biocombustível de nova geração, chamada NExBTL, que permite utilizar como matéria-prima qualquer tipo de gordura vegetal ou animal.

Os grupos ambientalistas acusaram a indústria do óleo de palma na Malásia e na Indonésia de acelerar o desmatamento das selvas de Bornéu e Java, colocando em perigo espécies como o orangotango e o rinoceronte de Java. A Neste Oil, no entanto, assegura contar com o certificado alemão ISCC (International Sustainability and Carbon Certification), que garante que a empresa cumpre com as exigentes normas ambientais.

Com informações de Terra

​Read More
Notícias

Empresa que destrói habitat de orangotangos é eleita como uma das piores do mundo

Os orangotangos estão desaparecendo por perda de habitat

Por Lobo Pasolini (da Redação)

Uma empresa que consome uma enorme quantidade de óleo de palmeira, conhecido por substituir florestas que servem de casa para orangotangos na Ásia, foi eleita uma das piores empresas em termos de direitos humanos e destruição ambiental.

Neste Oil produz biodiesel com óleo de palmeira, o que tem causado a destruição de florestas tropicais na Indonésia e Malásia, o que tem dizimado os primatas.

A finlandesa Neste Oil foi eleita em uma votação online organizada pelo Greenpeace e Berne Declaration para coincidir com o Fórum Econômico Mundial que acontece em Davos na Suíça entre os dias 26 e 30 de janeiro. A outra empresa escolhida foi a empresa de mineração AngloGold/Ashanti. Mais de 50 mil pessoas participaram do voto.

As duas empresas receberam um ‘prêmio’ chamado Public Eye People’s Award. Neste Oil foi alvo de 17.385 votos, ultrapassando vilãs tradicionais como BP (13 mil) e Philip Morris (8.052).

Para saber mais sobre a questão dos orangotangos e óleo de palmeira, assista ao filme: Green, The Movie.

​Read More