Notícias

Mulher procura cão desaparecido após desabamento de prédios no RJ

A tutora do cachorro Bernardo, desaparecido desde o desabamento de prédios na última sexta-feira (12), na comunidade da Muzema, no Rio de Janeiro, está angustiada e procura pelo animal, que ela trata como um filho. Ela morava em um dos prédios que desabaram.

“Eu perdi tudo, mas agora só interessa o meu cachorro. O resto a gente vai reconstruindo, mas o meu cachorro é como um filho pra gente”, disse Raquel Freire ao G1.

Foto: Arquivo pessoal

Raquel e a família não estavam em casa no dia do desabamento. “A gente morava no prédio branco que desabou. No dia da chuva, a gente veio dormir no prédio do meu tio que também é aqui. [No dia do desabamento] meu pai já tinha voltado e levou meu cachorro pra casa. Eu sou asmática e não voltei porque ainda estava com muito cheiro de mofo”, contou a moradora.

“A gente acordou com o barulho [do desabamento], meu pai tinha saído pra trabalhar, mas do meu cachorro a gente não tem notícia”, completou Raquel.

Desde sexta-feira, ela e a família vão ao local para buscar informações sobre o cachorro. Raquel acredita que ele pode ter fugido e sobrevivido.

“Eu acredito que ele possa ter saído, que esteja em algum lugar. Tem pessoas que dizem ter visto ele. Ele é preto e tem uma mancha branca no peito. É bastante dócil e atende pelo nome de Bernardo”, contou a moradora. Bernardo foi adotado na Suipa há cinco anos, quando ainda era um filhote.

Labradora é levada pela enxurrada

Outro caso que aconteceu na cidade do Rio de Janeiro foi o desaparecimento da cadela Gaia. A labradora foi levada por uma enxurrada que atingiu a cidade, no último dia 8 de abril, após uma tromba d’água derrubar o muro da casa onde ela morava, no Jardim Botânico, na Zona Sul.

O desaparecimento de Gaia mobilizou as redes sociais e uma campanha de busca foi iniciada. Três dias depois, a cadela foi encontrada na trilha dos Primatas, perto da casa dos tutores. A labradora tem 14 anos e está quase surda, o que aumentou a preocupação da família.

​Read More