Notícias

Faixas são pintadas para alertar motoristas e evitar atropelamento de capivaras em MS

Ao lado das faixas há uma placa com a imagem de uma capivara e os dizeres “Cuidado, vou atravessar”


“Capifaixas”, como foram denominadas faixas com marcas de patas, foram pintadas em ruas de Três Lagoas (MS) para alertar os motoristas sobre a travessia de capivaras e evitar o atropelamento desses animais.

Foto: Prefeitura de Três Lagoas

As sinalizações foram colocadas na quarta-feira (29) nos arredores da Lagoa Maior, onde vivem aproximadamente 130 capivaras. As informações são do G1.

A prefeitura informou que as “Capifaixas” não foram idealizadas para os animais atravessarem, mas para conscientizar a população. Ao lado das faixas há uma placa com a imagem de uma capivara e os dizeres “Cuidado, vou atravessar”.

“O nosso objetivo é reduzir ou até mesmo zerar o número de acidentes e atropelamentos de capivaras na Circular da Lagoa. Por isso, inovamos mais uma vez e usamos a criatividade para chamar a atenção dos motoristas em relação aos animais que trafegam nessa região”, explicou o Secretário de Meio Ambiente, Toniel Fernandes.

Outras “Capifaixas” ainda podem ser pintadas em outros locais. Quinze atropelamentos de capivaras foram registrados na região em 2019.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Coala
Notícias

Sinalização eletrônica alerta motoristas sobre presença de coalas em estradas australianas

Coala
Foto: Reprodução/Daily Telegraph

À medida que a temporada de reprodução do icônico e ameaçado marsupial australiano se inicia, a movimentação dos coalas aumenta.

A nova sinalização ocorre após uma série de mortes de coalas nas estradas da região de Macarthur na última quinzena.

Atualmente, o sinal eletrônico está localizado na Rua Georges River antes da intersecção com a Junction Rd, segundo o Daily Telegraph.

Sinalização eletrônica alerta motoristas sobre coalas
Foto: Reprodução/Daily Telegraph

Ricardo Lonza, fundador da organização Help Save the Wildlife and Bushlands, localizada em Campbelltown, disse que a iniciativa ajudará os motoristas a ficarem mais conscientes sobre a travessia de animais nas estradas durante a noite.

“Pelo que entendi haverá um [sinal] em Appin Rd em breve, o que, com esperança, ajudará a salvar mais coalas. Quanto mais luzes piscantes tivermos em pontos com maior presença de coalas melhor”, afirmou.

​Read More
Notícias

Em Petrolina, campanha conscientiza motoristas a frearem para os animais

Carro com adesivo da campanha "Eu freio para animai" (Foto: Tani Freire/Arquivo pessoal)
Carro com adesivo da campanha “Eu freio para animai” (Foto: Tani Freire/Arquivo pessoal)

Após receber inúmeros pedidos de resgate a animais atropelados em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, um grupo de protetores de animais decidiu criar a campanha “Atenção! Eu freio para os animais”. O objetivo é conscientizar motoristas a frearem para os animais que estejam atravessando ruas e avenidas da cidade.

A campanha foi pensada no mês de agosto deste ano quando uma protetora animal independente percebeu o alto número de resgate a animais vítimas de atropelamento. “Tivemos um período turbulento no número de atropelamentos. No normal temos de dois a três pedidos de resgate por semana. Em agosto chegamos a sete. Em uma semana foram três cavalos, com dois óbitos”, declarou a protetora, Tani Freire.

Os adesivos foram a maneira encontrada para fazer a ideia circular pela cidade. Eles custam R$ 3 e o dinheiro das vendas será destinado para o tratamento de animais resgatados. “Começamos a ir atrás de patrocinadores para que nos ajudassem a confeccionar os adesivos. Achamos uma maneira para auxiliar no tratamento dos animais, para comprar medicamento, ração e também custear a parte clínica”, disse a idealizadora da campanha. Atualmente seis animais estão em tratamento em clínicas e lares temporários, três deles vítimas de atropelamento.

Segundo Tani, a maioria das pessoas que atropelam os animais não presta socorro. “Muitas vezes quando chegamos o animal já está falecido. As pessoas vão embora e não fazem uma ligação. Às vezes demora para que alguém veja e peça ajuda. Nem todo mundo tem coragem e atitude para levar o animal para a clínica e abrir uma campanha”, lamentou a protetora animal.

Com os adesivos, não apenas o motorista proprietário do veículo, como os demais poderão conscientizar-se sobre a situação “Hoje em dia quando a gente freia, o carro de trás sempre buzina. Quando você adesiva e freia, a pessoa começa a ter mais consciência. Tem cidades que apresentaram mudança de comportamento e até pessoas que não freavam entraram na onda. As pessoas começam a ver que existe uma preocupação com relação a isso. Porque não se preocupar também?”, disse Tani. Os pedidos de adesivos podem ser feitos pela página de Tani Freire e em pontos de venda.

Onde encontrar?
– Academia Espaço Fitness ( Praça das Algarobas, Petrolina).
– Clínica Vet Pop (Caminho do Sol, Petrolina)
– Clínica Arca de Noé (Juazeiro, BA)

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Evento tenta sensibilizar motoristas para o atropelo de animais no Rio Vermelho, Salvador (BA)

Divulgação
Divulgação

A advogada especialista em direito ambiental Ana Cláudia Andrade perdeu as contas de quantas vezes foi obrigada a assistir aos atropelos de cães e gatos da janela do seu apartamento. Pensando em sensibilizar os motoristas para essa questão, ela e algumas entidades de proteção animal estarão nas ruas do Rio Vermelho, lembrando a todos que ‘Motorista legal: respeita gente e animal’.

Com esse mote, a mobilização reuniu neste sábado (23), na Avenida Lusíadas, protetores e defensores da causa animal. “Salvador tem o dobro da média mundial de acidentes no trânsito e esse é um dos locais da cidade onde há maior número de atropelos e acidentes da metrópole, de acordo com o Setor de Estatística e Acidentologia da Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador – Transalvador, por esta razão a escolha do ponto para realização do evento”, explica Ana Cláudia.

Para justificar a iniciativa, a advogada ressalta que ao longo de 2014 foram registradas 89 mortes e 1.592 feridos. Em 2015, ocorreram 40 mortes por atropelamento na capital baiana. “É preciso fazer algo para educar os motoristas para a necessidade de preservação da vida, sejam estas quais forem, diante destes números alarmantes”, completa.

A gerente de educação de educação para o trânsito da Transalvador, Míriam Bastos, afirma que muito ainda precisa ser feito na legislação para que a vida animal passe a ser respeitada como se deve. “O código aborda a questão do direito animal apenas quando se refere ao transporte, tanto nos artigos 235 e 252, lembrando que o motorista incorre em infração grave quando realiza o transporte de animais de forma inadequada, sem que eles estejam nas caixas de transporte e afivelados em equipamentos de segurança mesmo dentro das cidades”, explica a especialista em gestão de trânsito.

No entanto, ela mesma reconhece que o atropelamento do animal não está previsto no Código. “As orientações sempre dizem respeito ao fato de que o motorista precisa respeitar à vida do pedestre e, nas ruas, o animal é um pedestre daí a necessidade de ser paciente nas travessias, evitar buzinar para não assustar o animal e dar sempre preferência”, completa a representante da Transalvador.

Miriam faz questão ainda de ressaltar que o problema de atropelamento de animais não se resume aos cães e gatos, mas também atinge animais de grande porte, como os cavalos, que ainda são criados soltos e até mesmo abandonados nas vias, a exemplo da Avenida Suburbana e nas imediações do Parque da Cidade. “Essa é, sem dúvida, uma questão que vai exigir muito debate e trabalho, pois além de um problema social e de saúde pública, os animais em situação de rua são potencializadores de acidentes de trânsito”, diz.

A Campanha “Motorista Legal:respeita gente e animal” contará com as participações da Federação Baiana de Entidades Ambientalistas e Protetoras dos Animais, das ONGs da causa Animal, Entidades da Sociedade Civil, Empresas Privadas localizadas no entorno, bem como de ciclistas, atletas e comunidade local, todos de amarelo pedindo respeito aos motoristas.

Fonte: Correio 24 Horas

​Read More
Notícias

Estudantes conscientizam motoristas sobre animais na via

Nesta quinta-feira, dia 11, estudantes da Escola Básica Municipal Visconde de Taunay vão conscientizar motoristas a respeito dos bugios que se encontram na região. A ideia é alertar a comunidade para que trafeguem com cautela nas proximidades da unidade, pois os animais costumam atravessar a via. A ação acontece das 7h15 às 8h15 e das 12h45 às 14h. A unidade está situada na rua Franz Volles, na Itoupava Central.

A diretora da unidade, Sinclair Ferreira, explica que a ação faz parte da programação especial da escola para a Semana do Meio Ambiente, promovida de 1 a 7 de junho pela Prefeitura de Blumenau. “Queremos orientar os motoristas para que cuidem ao transitarem pela região, pois temos uma família de bugios que vivem no bosque da nossa escola”, reforça.

Ela ressalta ainda que promover a valorização do meio ambiente é um dos lemas da unidade. “Buscamos sempre incentivar a comunidade escolar a estar engajada na causa sustentável. Sabemos que as nossas ações se tornarão um reflexo positivo no futuro, contribuindo para a formação de cidadãos conscientes”

Fonte: Prefeitura de Blumenau

 

​Read More
Videos, Videos [Destaque]

Motoristas se unem para salvar cadela em rodovia

Vários motoristas escoltaram uma cadela que tinha entrado em uma movimentada rodovia de Los Angeles, nos EUA. A reação dessas pessoas foi tão espontânea quanto espetacular: vários condutores usaram os veículos para formar um círculo em volta do animal e evitar que ele fosse atropelado. Andie Valerio, uma das condutoras que participou na manobra coletiva, saiu do carro e conseguiu capturar a pit bull, que foi levada para um abrigo em Downey, no estado da Califórnia, e as autoridades estão agora tentando identificar quem abandonou o animal em plena rodovia.

​Read More
Notícias

Cão é salvo por motoristas em rodovia

rodovia

Uma rodovia em Los Angeles, quase parou por causa de um cão. Foi na hora de maior movimento que o animal apareceu no meio dos carros.

Como se tivessem combinado, os motoristas abrandaram e formaram uma espécie de barreira para impedir que o cão fosse atropelado.

Finalmente, algumas pessoas saíram dos carros e conseguiram apanhar o animal.

Fonte: Portal Bragança

​Read More
Notícias

Iguana tenta atravessar viaduto e chama a atenção de motoristas em Teresina

Iguana chamou atenção dos motoristas em Viaduto na Zona Sul de Teresina (Foto: Gil Oliveira/ G1)
Iguana chamou atenção dos motoristas em Viaduto na Zona Sul de Teresina (Foto: Gil Oliveira/ G1)

Uma iguana que tentava atravessar a Avenida Barão de Castelo Branco, nas proximidades do viaduto na Zona Sul de Teresina chamou a atenção de motoristas que trafegavam pelo local na manhã desta quinta-feira (26). O bicho não se intimidou com o grande tráfego de veículos na região e percorreu todo o viaduto. O Batalhão de Polícia Ambiental chegou a enviar uma viatura ao local, mas o animal não foi encontrado.

Iguana tentou atravessar avenida na Zona Sul de Teresina (Foto: Gil Oliveira/ G1)
Iguana tentou atravessar avenida na Zona Sul de Teresina (Foto: Gil Oliveira/ G1)

Fonte: CBN

 

​Read More
Notícias

Seriema atropelada em rodovia ganha prótese para andar novamente

Ela foi encontrada em uma rodovia com a asa e a perna quebradas. Em um ano, mais de 100 animais foram atropelados nas rodovias de MT.
Foto: Reprodução/ G1

Uma seriema que foi atropelada em uma das rodovias de Mato Grosso recebeu prótese para voltar a andar novamente. Ela foi tratada e conseguiu sobreviver, mas, nem sempre é isso que acontece com os animais que são atropelados nas estradas mato-grossenses.

A seriema vive solta pelo jardim do Hospital Veterinário da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) há cinco anos. Ela foi encontrada em uma rodovia com a asa e a perna esquerda quebradas.

Lobo morto na beira da estrada. Mais vítima de motoristas descuidados. Foto: Reprodução/ G1

No ano passado a Polícia Rodoviária Federal registrou um total de 108 atropelamentos de animais silvestres nas rodovias federais do estado e nesse ano já foram contabilizados 26 animais atropelados. Um dos trechos com maior índice de acidentes com animais é o da BR-174, que vai de Cáceres até a divisa com Rondônia. Nesse trecho 28 atropelamentos foram contabilizados em 2010.

A estimativa é de que esse número seja ainda maior porque os atropelamentos de animais registrados pela PRF são apenas dos motoristas que tiveram algum tipo de prejuízo e registram o boletim de ocorrência para depois acionar o seguro.

Alessandro Barbosa Dorileo, que é chefe do núcleo de registro de acidentes da PRF, aponta alguns dos motivos dos atropelamentos. “Nós temos um grande transporte de soja e milho praticamente o ano todo. Esses grãos vão caindo na margem das rodovias e esses animais se acostumam a se alimentar desses grãos”, explica.

Recentemente, duas onças foram encontradas atropeladas em estradas de Mato Grosso. Uma onça parda, encontrada a 30 quilômetros do município de Campo Verde, chegou a ser socorrida pelos bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A outra onça, uma pintada, foi encontrada perto da cidade de Lucas do Rio Verde, no norte do estado. Ela estava com a cabeça machucada, foi atendida por veterinários da universidade e em breve poderá voltar à natureza.

Siriema não poderá ser solta na natureza. Foto: Reprodução/ G1

De acordo com Pedro Eduardo Brandini Néspoli, chefe do setor de diagnóstico por imagens da UFMT, os animais atropelados já chegam em estado muito grave. “Geralmente os animais chegam num estado de saúde bastante ruim. Nós fazemos um tratamento veterinário quando esses animais nos são encaminhados e apenas parte desses animais é que sobrevive”, lamenta.

A Polícia Rodoviária Federal pede que os motoristas tenham mais atenção , já que a maioria dos animais atropelados é de grande porte. “São animais que têm um porte significativo e dependendo da velocidade do veículo vai causar uma colisão muito grande. A gente faz um alerta para que as pessoas sigam a sinalização e nos locais onde tem a travessia desses animais que diminuam a velocidade para prevenir esse tipo de acidente”, finaliza Alessandro Dorileo.

Nas rodovias federais, o atropelamento de animais silvestres deve ser comunicado à PRF pelo telefone 191. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) também precisa ser informado da ocorrência pelo telefone (65) 3648-9161.

Foto: Reprodução/ G1

Assista ao vídeo.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Placas alertam motoristas à presença de animais silvestres em Embu das Artes

Moradores do bairro Chácaras Bartira, de Embu das Artes, SP, instalaram, no local, placas que alertam sobre a presença de animais silvestres na região. “Eles estão investindo em informações para os próprios moradores e também para os turistas, visando conscientizá-los sobre a importância desses bichos”, diz o internauta Marcos Ita. Aos finais de semana, o município costuma receber um grande número de turistas que visitam a tradicional Feira de Embu das Artes, realizada no centro histórico.

Foto: Marcos Ita
Foto: Marcos Ita

Afixadas em diversos pontos do bairro, as onze estruturas trazem a foto e dados sobre 21 espécies de hábito terrestre, frequentes nas matas da região. Tatu-galinha, lontra, paca, tapiti, veado-catingueiro, gato-mourisco, lagarto-teiú, sapo-cururu, quati, preá e o macaco-bugio são alguns dos animais.

Com a proposta de alertar os motoristas para trafegar em baixa velocidade, a sinalização educativa foi inaugurada no dia 13 de dezembro do ano passado. Cerca de 60 pessoas participaram do evento. Uma caminhada iniciada na Sete de Setembro percorreu os locais onde as placas foram instaladas.

Os moradores responsáveis pela ação fazem parte da Associação Amigos de Bairro Chácaras Bartira, criada em setembro de 1990 com o intuito de promover a preservação de seu patrimônio natural, histórico, artístico e cultural.

Fonte: Terra

​Read More
Notícias

CEA faz campanha educativa para salvar animais de atropelamentos em rodovias

O Centro de Educação Ambiental (CEA), da Polícia Militar, realizará, nos próximos meses, uma longa campanha educativa nas rodovias de Mato Grosso. A meta é alertar e conscientizar os motoristas para evitar atropelamento de animais.

O coordenador do CEA, cabo-PM Benedito Teixeira, constantemente vem recebendo informações sobre mortes de animais em razão de atropelamento em rodovias.

As mortes acontecem principalmente nas rodovias que ligam à Capital ao norte do Estado – trechos entre a localidade da Guia e a cidade de Rosário Oeste –, e a principal causa dos atropelamentos é o desenvolvimento de alta velocidade dos veículos.

Os acidentes, segundo ainda o CEA, acontecem, basicamente nas ultrapassagens, principalmente m trechos onde existem curvas.

Os desmatamentos e as queimadas também contribuem para a mortandade dos animais. A situação se agrava ainda mais nos finas de semanas e feriados.

A CEA alerta que, com a redução da fauna na região do cerrado, ocorre a perda da biodiversidade, pois os animais são responsáveis pela dispersão de sementes.

Segundo ainda o coordenador do CEA, além de reduzir a velocidade, os motoristas podem ajudar a fauna e a flora informando quando houver atropelamentos, ou até mesmo queimadas pelo 0800-653939 ou pelo site www.ceamtpm.com (JRT).

Fonte: 24HorasNews

​Read More